terça-feira, 31 de agosto de 2010

Tiririca faz 'deboche com a democracia', diz ministro da Cultura

Ministro Juca Ferreira criticou candidato a deputado Tiririca, que tem o slogan 'Vote Tiririca, pior que tá não fica'

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, criticou, nesta terça-feira, o candidato a deputado federal Francisco Everaldo Oliveira Silva, o palhaço Tiririca (PR-SP). Ele aparece na TV com o slogan "Vote Tiririca, pior que tá não fica".

"Respeito muito o Tiririca por ser um artista de circo e conseguir se firmar nos meios de comunicação de massa", disse. "Mas acho que ele não está prestando um bom serviço à democracia. Acho que é um deboche com a democracia", completou, após ser questionado por jornalistas sobre o slogan.

O ministro disse que, se tivesse a oportunidade de falar com o candidato do PR, pediria a ele que alterasse seu slogan. "Não tem graça."

HUMOR
Juca Ferreira defendeu o fim da censura a programas humorísticos. Na semana passada, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Ayres Britto suspendeu parte da legislação eleitoral que proibia "trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo" que ridicularizasse candidatos, partidos ou coligações. Pela lei, piadas e paródias ficariam vedadas a partir de 1º de julho do ano eleitoral.

A questão ainda será levada ao plenário do STF, para que os demais ministros do tribunal referendem ou anulem a decisão. O pedido para suspender o veto a piadas e paródias foi feito pela Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão).

"Cercear o humor é cercear parte da cultura brasileira. A censura não é a saída", disse o ministro, ao receber o manifesto de artistas do movimento Humor sem Censura.

No último domingo, cerca de 500 pessoas participaram de passeata no Rio para pedir liberdade para criticar os políticos. "Se a proibição não cair amanhã (quarta-feira) no Supremo, vamos atrás de outra estratégia", disse o cineasta Fabio Porchat, um dos líderes do movimento. (R7.com)

CEF pagará multa de 40% do FGTS porque aposentadoria não extingue contrato de trabalho

A Caixa Econômica Federal terá que pagar multa de 40% sobre a totalidade dos depósitos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) feitos durante o contrato de trabalho com ex-empregado que se aposentou. A maioria dos integrantes da Seção I Especializada em Dissídios Individuais do Tribunal Superior do Trabalho entendeu que o empregado não acarretou o fim da relação de emprego, logo tinha direito ao recebimento da multa.

A relatora dos embargos do trabalhador, ministra Rosa Maria Weber, explicou que é devida a multa compensatória porque se trata de rescisão contratual sem justa causa, por iniciativa do empregador diante da aposentadoria. Ainda de acordo com a relatora, a partir do julgamento de duas ações diretas de inconstitucionalidade, o Supremo Tribunal Federal declarou a inconstitucionalidade dos parágrafos 1º e 2º do artigo 453 da CLT, com o fundamento de que a aposentadoria espontânea não é causa de extinção do contrato de trabalho.

Por consequência, o TST editou a Orientação Jurisprudencial nº 361 da SDI-1 segundo a qual “a aposentadoria espontânea não é causa de extinção do contrato de trabalho se o empregado permanece prestando serviços ao empregador após a jubilação. Assim, por ocasião da sua dispensa imotivada, o empregado tem direito à multa de 40% do FGTS sobre a totalidade dos depósitos efetuados no curso do pacto laboral.”

Durante o julgamento na SDI-1, o ministro João Batista Brito Pereira discordou da relatora em relação à possibilidade de conhecimento do recurso e também quanto ao mérito. Ao final das discussões, ficaram vencidos os ministros Brito Pereira, Renato de Lacerda Paiva, Aloysio Corrêa da Veiga, Maria de Assis Calsing e o juiz convocado Flávio Sirangelo.

A tese vencedora no Tribunal do Trabalho da 12ª Região (SC) tinha sido no mesmo sentido da interpretação majoritária da SDI-1, ou seja, de que o desligamento do empregado ocorrera por iniciativa do empregador tendo em vista a aposentadoria. E como o Supremo Tribunal Federal considera que a aposentadoria espontânea não é causa de extinção do contrato de trabalho, era devida a multa de 40% do FGTS como no caso de uma demissão sem justa causa.

No entanto, a Oitava Turma do TST tinha reformado essa decisão para isentar a Caixa do pagamento da multa. O colegiado concluiu que o processo em discussão não dizia respeito à continuidade na prestação dos serviços ao empregador após a aposentadoria, como previsto na Orientação Jurisprudencial nº 361 da SDI-1 e que garantiria ao trabalhador o recebimento da multa compensatória de 40% do FGTS em caso de dispensa imotivada. Para a Turma, a hipótese era de afastamento por aposentadoria sem continuidade na prestação de serviços, sendo indevido o pagamento da multa.

Agora com a interpretação da SDI-1, prevalece a obrigação da Caixa de pagamento da multa de 40% do FGTS. (RR-633700-11.2007.5.12.0034)(Lilian Fonseca/TST)

Sistemas eleitorais receberão assinatura digital no dia 2 de setembro

Urna do TSE com leitor biométrico

Em cerimônia que será realizada no próximo dia 2 de setembro, às 18h30, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluirá o processo de lacração de todos os sistemas eleitorais que serão utilizados no pleito de outubro. Iniciado no dia 24 de agosto, o procedimento será encerrado com a assinatura digital dos programas, medida imprescindível para garantir a segurança do processo eleitoral, evitando qualquer tentativa de fraude nas eleições e violação nas urnas eletrônicas.

Na solenidade, os programas serão assinados digitalmente pelo presidente do Tribunal, ministro Ricardo Lewandowski, pela vice-presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, e por representantes dos partidos políticos, do Ministério Público (MP) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que puderam acompanhar, desde o início, o processo de lacração, inclusive por meio de auditorias.

O evento será aberto ao público e acontecerá no auditório do edifício-sede do TSE.

Lacração
No dia 24 de agosto, todos os sistemas eleitorais, em suas versões finais, começaram a passar pelos processos de compilação – que busca transformar códigos-fonte em arquivos executáveis – e lacração. Desde esse dia, os programas estão disponíveis, das 9h às 17h, para consultas e auditorias por parte de interessados.

Durante o processo de lacração é feita a geração de resumos digitais (hashs) dos programas, um primeiro passo para a assinatura digital, técnica criptográfica que identifica especificamente uma urna eletrônica por meio de um algoritmo único de 128 dígitos. O objetivo é assegurar a autenticidade e a integridade do software da urna, que não pode ser modificada a despeito de a assinatura tornar-se inválida.

Depois dos procedimentos de lacração e assinatura digital, os sistemas são distribuídos pela rede privativa da Justiça Eleitoral aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). Como mais uma medida de segurança, tais programas, no entanto, somente funcionam nos computadores da Justiça Eleitoral e são ativados por senhas geradas pelo TSE. Dessa forma, mesmo que os sistemas sejam interceptados, não há possibilidade de instalação dos arquivos em computadores externos.

Saiba mais sobre os mecanismos utilizados pelo TSE para garantir a segurança e a confiabilidade do sistema de votação brasileiro no site www.tse.jus.br/urnaeletronica. (LC/LF/TSE)

TSE garante às pessoas com deficiência autonomia, independência e liberdade para fazer as próprias escolhas

Há um ano, em 25 de agosto de 2009, os eleitores portadores de necessidades especiais brasileiros foram presenteados com a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, assinada em Nova York. Este tratado, que versa sobre direitos fundamentais, foi aprovado pelo Congresso Nacional e integra os direitos e garantias individuais inscritos em nossa Constituição Federal de 1988.

Ao considerar que as pessoas com deficiência devem ter a oportunidade de participar ativamente das decisões relativas a programas e políticas, inclusive aos que lhes dizem respeito diretamente, o governo brasileiro atribuiu a este documento internacional o status de norma constitucional. Portanto, as pessoas com deficiência agora têm seus direito assegurados pela própria Constituição brasileira.

Por sua vez, o Tribunal Superior Eleitoral tratou de garantir aos eleitores com deficiências o pleno exercício do direito ao voto. A resolução 23.218/2010 apresenta dois artigos que visam auxiliar na superação das barreiras impostas pela deficiência.

Auxilio de pessoa de confiança

No artigo 51 é garantido ao eleitor com deficiência o auxílio de pessoa de sua confiança para votar, ainda que não o tenha requerido antecipadamente ao juiz eleitoral. A pessoa que prestar o auxílio poderá, além de entrar na cabina de votação, junto com o eleitor, digitar os números na urna.

Recursos auxiliares

Sistema de áudio, identificação em braile e a marca de identificação da tecla 5 são recursos auxiliares que a Justiça eleitoral coloca a favor dos eleitores que possuem deficiência visual, conforme o artigo 52 da resolução.

Seções especiais
Em 2002, o TSE editou a resolução 21.008/2002 que determinou a criação de seções eleitorais especiais destinadas a eleitores com deficiência. Segundo a resolução, estas seções devem ser instaladas em locais de fácil acesso, com estacionamento próximo e instalações, inclusive sanitárias, que atendam às normas da ABNT.

Os eleitores que desejam votar nestas seções especiais tiveram até o dia 5 de maio para solicitar a transferência. Entretanto, os eleitores com deficiência que votarão em seções não adaptadas podem informar sua condição ao mesário de sua seção e solicitar auxílio.

Direitos políticos
A convenção, assindada em Nova York, tem o intuito de assegurar que as pessoas com deficiência possam participar efetiva e plenamente na vida política e pública, em igualdade de oportunidades com as demais pessoas, diretamente ou por meio de representantes livremente escolhidos, incluindo o direito e a oportunidade de votarem e serem votadas.

Para tanto, os estados signatários devem adotar procedimentos, instalações, materiais e equipamentos para votação apropriados, acessíveis e de fácil compreensão e uso.

A garantia da livre expressão de vontade das pessoas com deficiência como eleitores e, para tanto, sempre que necessário e ao seu pedido, permissão para que elas sejam auxiliadas na votação por uma pessoa de sua escolha também estão resguardadas no texto que amplia o rol de direitos e garantias constitucionais.

Outra importante consideração relevante constante no Tratado refere-se à proteção do direito das pessoas com deficiência ao voto secreto em eleições e plebiscitos, sem intimidação, e a candidatar-se nas eleições, efetivamente ocupar cargos eletivos e desempenhar quaisquer funções públicas em todos os níveis de governo, com auxílio de novas tecnologias.

Estatura constitucional
A Emenda Constitucional 45 determinou que os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos membros, serão equivalentes às emendas constitucionais.

A Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, assinada em Nova York, é o primeiro e único, até então, documento inserido no texto constitucional por meio deste dispositivo.

Ao tratar de tema sensível aos direitos humanos, a convenção reconhece que a deficiência resulta da interação entre pessoas com deficiência e as barreiras devidas às atitudes e ao ambiente que impedem a plena e efetiva participação dessas pessoas na sociedade em igualdade de oportunidades com as demais pessoas.

Ressalta ainda, a importância de trazer questões relativas à deficiência ao centro das preocupações da sociedade como parte integrante das estratégias relevantes de desenvolvimento sustentável.

Por fim, salienta as valiosas contribuições existentes e potenciais das pessoas com deficiência ao bem-estar comum e à diversidade de suas comunidades, e que a promoção do pleno exercício, pelas pessoas com deficiência, de seus direitos humanos e liberdades fundamentais e de sua plena participação na sociedade resultará no fortalecimento de seu senso de pertencimento à sociedade e no significativo avanço do desenvolvimento humano, social e econômico da sociedade, bem como na erradicação da pobreza. (LF/TSE/)

DUTRA IMOBILIÁRIA CRECI nº 5440


VENDE-SE - casa residencial Rua C, 486 em Parauapebas. Ótima localização. Bom pra residência e escritório. Preço de mercado. Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

VENDE-SE - em Parauapebas, Prédio Comercial Rua E, próx. a Revemar. Preço excelente. Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

ALUGA-SE - Ponto sala c/ banheiro p/ escritório, Rua nove, entre as Ruas B e C – C. Nova. R$ 450,00 Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

ALUGA-SE - Ponto comercial p/ restaurante e Bar. Rua nove Localização excelente, entre as Ruas B e C. Preço a combinar. Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

VENDE-SE - URGENTE Área de 720 m², documentada toda murada (02 lotes de 12X30), no Bairro Caetanópolis, Rua Artur Azevedo. Preço super barato. Falar c/ Dutra, . Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

VENDE-SE - Casa de Alvenaria, 02 quartos, banheiro, sala, cozinha, quintal. Rua Murici, Qd. 101, Lt. 07 - Liberdade II.
Valor R$ 28.000,00 Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

VENDE-SE - Casa grande, 02 pontos comerciais, 03 quartos, duas suítes, sala, cozinha, área de serviço, garagem. Rua 10, 306 – União. Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

ALUGA-SE - Salas comerciais, excelente para escritórios no melhor local da cidade, Rua 06, entre C e B – C. Nova Preço convidativo.
Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;


VENDE-SE - Lote urbano, 11 x 25mts, Vale dos Carajás, na Rua dos Topázios. Preço excelente. Confira
Falar c/ Dutra, Tel. 3346- 6513 ou no Cel. 9157- 9527;

VENDE-SE - Prédio pronto para Comercializar e morar na Rua A, 326 – Cidade Nova. No point da Rua “A”. Imperdível! Confira!
Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157- 9527;

VENDE-SE - Seis alqueires de terra c/ casa pasto, muita água, estrada, energia. 6 Km da Palmares II. R$ 60.000,00 - Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157- 9527;

VENDE-SE - Casa construída 6x8 – 2 quartos, sala, cozinha. Na Rua Perimetral, Norte, 137 – Liberdade I. Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157- 9527;


VENDE-SE - 06 alqueires de área rural:
05 alqueires de pasto formado, pastaria nova.
1 galpão para 30 vacas leiteiras, casa de madeira nova, com água, energia, sitio com manga, cajú, goiaba,
22 kms da cidade, 1,5 Km de estrada de chão. R$ 150.000,00 - Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157-9527;

VENDE-SE - 04 Lotes Urbanos no Parque dos Carajás, 1.200M² . Excelente para instalação de empresa. R$ 130.000,00 / Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157- 9527;

VENDE-SE - Na Colônia Paulo Fonteles
02 lotes rurais medindo cada um 15,00 x 30,00 = 900m² / R$ 25.000,00 / Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157- 9527;

VENDE-SE - Casa em construção, 300,00M² no Bairro Betânia, Tv. Nicodemos, QD. 72, Lt. 09. R$ 35.000,00 / Falar c/ Dutra, Tel. 3346-6513 ou no Cel. 9157- 9527.

Brasileira com mais de 2 m é uma das mais altas do mundo

Elisany brinca com suas irmãs e um amigo em uma praia de Bragança, no Pará; com 2,06 m, ela quer ser modelo (Foto Paulo Santos/Reuters

A paraense Elisany Silva, 14 anos, seria uma adolescente normal, não fosse por sua altura. Com 2,06 m, ela é considerada uma das jovens mais altas do mundo. Os médicos suspeitam que Elisany tenha um tumor na glândula hipófise e ela precisa ser submetida a um exame caro que ainda não pôde fazer.

A altura incomum, no entanto, tem imposto algumas restrições para a jovem, que sofre com frequentes dores musculares e de cabeça e precisa se abaixar toda vez que entra em casa. A garota, que que sequer consegue ir à escola, já que não cabe no ônibus, diz que quer seguir a carreira de modelo.

A mãe, Ana Maria Cruz, no entanto, está mais preocupada com a saúde da menina do que com seu sucesso nas passarelas.

- Eu queria que ela parasse de crescer, para ser como as outras meninas, porque eu sei que ela se sente esquisita às vezes e gostaria de ser como as outras.

Há poucos meses, ela era conhecida apenas na sua cidade, ao norte de Belém, mas acabou ficando famosa graças a um vídeo publicado no Youtube. Sites de moda escreveram sobre a jovem e arriscam que pode se tornar famosa nas passarelas internacionais.

Isso a tem ajudado a aceitar a altura.

– Agora, eu gosto de ser uma garota alta. Chama a atenção das pessoas. Todas as pessoas me olham, tiram fotos, filmam. (R7.com)

Vale assina contrato recorde com a Gerdau Açominas


A Vale assinou contratos com a Gerdau Açominas para a movimentação de produtos siderúrgicos e carvão pela Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) e pelo Terminal de Praia Mole, no Complexo de Tubarão, (ES).

Este ano, o contrato prevê o transporte de 4,5 milhões de toneladas dos insumos, que tem origem na usina da siderúrgica em Ouro Branco (MG).

O volume de transporte pode chegar a 6 milhões de toneladas em 2012. É o maior já feito para a Gerdau Açominas, uma das três maiores siderúrgicas clientes da mineradora. (Autor: Guilherme Barros)

Sair de férias sem receber pagamento dá direito a remuneração em dobro

Se pagou um dia ou trinta dias após o início das férias não importa. O pagamento em dobro das férias é sempre devido pelo empregador se for realizado após o prazo prescrito em lei – ou seja, até dois dias antes de o trabalhador começar a usufruí-las. Para fazer valer esse direito a uma empregada da Sociedade Educacional Tuiuti Ltda. (SET), a Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho reformou decisão que condenava a instituição apenas ao pagamento de multa administrativa.

No Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) foi mantida a sentença que negava o pedido de pagamento em dobro feito pela trabalhadora. Ela reclamou que em suas férias referentes a 2005/06 recebeu o pagamento somente após cinco dias do início da fruição e, nas férias relativas a 2006/07, um dia depois do início. No TST, porém, o entendimento é de que não apenas as férias usufruídas fora do prazo, como também aquelas usufruídas no prazo, mas pagas fora do tempo devido, obrigam a indenização em dobro.

Segundo o relator do recurso da trabalhadora na Sexta Turma, ministro Aloysio Corrêa da Veiga, os artigos 142 e 145 da CLT determinam que o pagamento da remuneração das férias e do respectivo abono “deve ser efetuado até dois dias antes do início do período correspondente, sem, contudo, fixar expressamente qualquer penalidade para o descumprimento desse prazo, o que, na forma do artigo 153 também da CLT, importaria em mera infração administrativa”. No entanto, ressalta o ministro, “a SDI-1 já se posicionou sobre a matéria, por meio da Orientação Jurisprudencial 386”.

De acordo com essa OJ, “é devido o pagamento em dobro da remuneração de férias, incluído o terço constitucional, com base no art. 137 da CLT, quando, ainda que gozadas na época própria, o empregador tenha descumprido o prazo previsto no art. 145 do mesmo diploma legal”, ou seja, até dois dias antes do início das férias do empregado. Assim, aplicando a orientação jurisprudencial, o voto do ministro Aloysio, seguido pela Sexta Turma, foi para “determinar o pagamento em dobro das férias usufruídas, que foram pagas a destempo”. (RR - 2037300-03.2005.5.09.0004)
(Lourdes Tavares/TST)

Lula agora prioriza eleição de bancada forte

Confiante que a candidata petista, Dilma Rousseff, vencerá no primeiro turno, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está centrando fogo para ampliar ao máximo a base governista no Congresso, principalmente no Senado. Nos últimos comícios ao lado de Dilma no Nordeste, Lula fez discursos emocionados, pedindo aos eleitores e políticos locais que elejam candidatos a deputado e a senador da base aliada. Lula disse que não deseja que Dilma sinta na pele o que ele sofreu no Senado. Em 2005, disse, a oposição tentou derrubá-lo, no auge da crise do mensalão. Também lembrou o fim da CPMF, que rendia aos cofres públicos cerca de R$ 40 bilhões por ano. Na última sexta-feira, em Recife, ele afirmou que o eleitor tem o compromisso de reeleger o governador Eduardo Campos (PSB) e deputados aliados para que "não venha nenhum picareta" lhe criar dificuldade. - É importante votar nos deputados federais para ajudar a companheira Dilma, porque não tem nada pior que você precisar de voto e algumas pessoas ficarem te chantageando. Portanto, é importante votar nos companheiros dos partidos que estão apoiando Dilma - pediu Lula. (Brasília em Tempo Real)

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

‘Mais pessoas estão ligando Dilma a Lula’

Mantida a tendência de crescimento da candidata Dilma Rousseff (PT), que só mudará se ocorrer um fato muito relevante, a eleição presidencial terminará no primeiro turno, avalia o diretor do Datafolha, Mauro Paulino.

Segundo ele, o crescimento da candidata é impulsionado pelo reconhecimento da ligação dela com o presidente Lula e seu governo, muito bem avaliado:

— Essa tendência é de continuidade do crescimento porque mais pessoas estão tomando conhecimento da ligação de Dilma com Lula. Como o governo é muito bem avaliado, ainda há potencial para crescer mais.

Segundo Paulino, a tendência de crescimento de Dilma só deverá parar se ocorrer algo que cause comoção nacional, ou se houver mudança significativa nos programas eleitorais de PT PSDB:

— Essa vinculação da candidata ao presidente foi concretizada a partir da TV. Não só pelo horário eleitoral, mas, antes, pela participação de Dilma em telejornais. Ela participou de várias entrevistas.

O diretor do Datafolha disse ser pouco provável que haja uma ação capaz de deter essa tendência:

— Se a campanha continuar como está, a probabilidade é que a eleição seja decidida no primeiro turno.

Paulino frisou a solidez do crescimento de Dilma.

— O crescimento acontece em todos os segmentos, em todos os setores, em todas as regiões. (O Globo)

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Parauapebas participa da 5ª Feira Internacional de Turismo

Classificada entre os 14 municípios do Pará como cidade turística avaliada pelo Ministério do Turismo, Parauapebas participou da 5ª Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), entre os dias 12 e 15 de agosto, no Hangar, em Belém, divulgando as belezas naturais e potencialidades turísticas do município. A Fita é uma grande oportunidade para que o trade mundial possa conhecer os diferentes produtos e serviços da atividade turística dos estados e países que compõem a Pan-Amazônia.

Parauapebas participou do evento juntamente com o Pólo Araguaia-Tocantins, que compreende aproximadamente 12 municípios das regiões sul e sudeste do Pará, entre estes, Marabá, Canaã dos Carajás, Eldorado do Carajás, Água Azul do Norte, Piçarra, Xinguara, Rio Maria e Tucuruí.

Segundo Abrão Lopes Pimentel, secretário municipal de Desenvolvimento e vice-presidente do Pólo Araguaia-Tocantins, no estande de Parauapebas foram apresentados os pontos turísticos, toda a rede hoteleira, clubes, balneários, turismo rural, ecológico e de negócios.

O estande foi bem visitado por pessoas do Pará, de outros estados, alunos da Universidade Federal do Pará (UFPA), da Universidade da Amazônia (Unama), do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem) da escola técnica de Bragança, e até mesmo cônsules de Venezuela e Alemanha.

"Diante da nossa participação, do grande atrativo do nosso estande, estamos fechando parcerias com empresas de viagens de São Paulo e do Rio de Janeiro e pacotes turísticos com a Venezuela e Alemanha", disse Abrão Pimentel.

A equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden) participou da oficina de turismo e ressaltou a importância de se discutir os problemas dos pólos do Araguaia-Tocantins, Amazônia-Atlântica e Marajó.

Parauapebas foi considerada uma das prioridades do seu pólo pelo Ministério do Turismo e Companhia Paraense de Turismo (Paratur), pois o município está acreditando no turismo como fonte de renda para a população.

"Iremos buscar esses investimentos em parceria com a Paratur e Ministério do Turismo para aplicarmos no município, construindo praças, escolas, pavimentação, orla, restauração de pontos históricos, pórtico da entrada da cidade, beneficiando não só Parauapebas, mas também os municípios vizinhos", prometeu Abrão Pimentel.

A Seden, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), já está realizando trabalhos na área do turismo, como o inventário turístico, calendário de eventos, formação dos guias turísticos e divulgação do potencial turístico do município.

(Texto: Cristhianne Cardoso; fotos: Seden)

Prefeitura e Vale assinam convênio para melhoria no trânsito

A Prefeitura de Parauapebas e a empresa Vale S/A firmaram convênio de parceria mútua que objetiva desenvolver ações de melhoria da segurança e fiscalização de trânsito na área urbana do município de Parauapebas, bem como o controle de tráfego e redução de acidentes nas rodovias Raimundo Mascarenhas, PA-275 e PA-160. A assinatura do termo foi realizada no gabinete do prefeito, no dia 17 de agosto, às 17 horas.

O convênio, que tem duração prevista para 60 meses, regulamenta a colaboração das partes para que o objetivo seja alcançado. A empresa Vale se compromete no termo assinado com as seguintes responsabilidades:


•Manter operando o sistema de sinalização na área do núcleo urbano e rodovia Raimundo Mascarenhas, informando qualquer alteração ao DMTT (Departamento Municipal de Trânsito e Transporte).

•Promover e participar de projeto e programas de educação e segurança de trânsito, em conjunto com a prefeitura, na região de Carajás, sempre que necessários.

•Coletar dados estatísticos sobre os acidentes de trânsito ocorridos na rodovia, trocando informações para viabilizar a solução dos problemas.

•Planejar, em conjunto com a prefeitura, medidas para otimizar a circulação de veículos e reorientação do tráfego, com o objetivo de preservar as vias locais e diminuir a emissão global de poluentes, com base em orientações do DMTT.

•Planejar e executar a revitalização da sinalização externa da portaria de Parauapebas, sendo que nas placas deverão constar indicação da Floresta Nacional de Carajás e outras informações em consonância com o ICMBio.

•Repassar ao DMTT, durante a vigência do convênio, os seguintes equipamentos: dois radares móveis (tipo tripé), um veículo caminhonete cabine dupla com carroceria, equipado com giroflex padrão para fiscalização de trânsito e duas motos MBX 150, no mesmo padrão das já utilizadas pelo DMTT.

•Recomendar aos prestadores de serviços contratados por si e suas contratadas o cumprimento das leis e normas de trânsito federais, estaduais e municipais.

A contrapartida da prefeitura é se responsabilizar pelas seguintes ações:

•Cumprir e fazer cumprir a legislação e as normas de trânsito, no âmbito de todo o município, conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e convênios vigentes com o Detran-PA.

•Executar a fiscalização de trânsito, autuar e aplicar as medidas administrativas cabíveis, previstas no CTB e resoluções do Contran, no exercício do poder de polícia de trânsito, na região de Carajás, restrita ao município de Parauapebas.

•O DMTT disponibilizará na área de Carajás um posto de serviço fixo, composto de dois agentes, de segunda a sexta-feira, e nos finais de semana atenderá todas as emergências solicitadas.

•Promover e participar de projetos e programas de educação e segurança no trânsito, em conjunto com a Vale, de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Contran, na área de proteção ambiental e na área urbana do município.

•Fornecer à Vale HT para facilitar as comunicações durante os acionamentos e operações.

•Enviar periodicamente à Vale relatórios contendo informações de trânsito de interesse dela, sem ferir a privacidade dos condutores assegurados em lei.

•Executar mensalmente seis grandes blitze de trânsito na área de preservação ambiental e fiscalizações de trânsito extras.

•Atendimento na análise de todos os acidentes ocorridos no âmbito de Carajás ou dentro da área de preservação ambiental.

•Atendimento de fiscalização e sinalização nos grandes eventos realizados em Carajás e nas interdições da rodovia Raimundo Mascarenhas.

•Realização de fiscalização de trânsito na área de proteção ambiental, incluindo as portarias de acessos, com a utilização de radares, etilômetros e outros equipamentos de uso do DMTT.

•Fiscalizar a emissão de CO2 dos veículos que circulam na estrada Raimundo Mascarenhas.

(Texto e foto: Karine Gomes)

Cultura em praça pública

A Semana da Cultura terminou no sábado, 21, e aproximou o público das artes

Durante oito dias a cidade respirou cultura. De um sábado ao outro, a Semana da Cultura levou o universo das artes para a praça pública e encantou quem esteve presente. Marcelo Bratke e a orquestra Camerata Vale Música, Lia Sophia, Dudu Lima, Sebastião Tapajós, Ney Conceição, entre outros grandes artistas dividiram o palco com os nossos músicos, com o teatro e o cinema.

“Uma das pessoas que estava nos ajudando a montar o palco me disse que nunca tinha visto um piano de perto, quanto mais alguém tocando ao lado de uma orquestra”, afirmou Cláudio Feitosa, Secretário Municipal de Cultura. Para ele, a semana foi um sucesso e possibilitar esse acesso já valeu todo o esforço.

A semana ainda contou com feira de artesanato, exposição de artes plásticas, performances de dança e campeonato de xadrez, em parceria com a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. O encerramento ficou por conta do Trio Manari, do grande violonista Sebastião Tapajós e do contrabaixista Ney Conceição.

Após essa semana intensa de atividades, os esforços voltam-se para o IV Fempa – Festival de Música de Parauapebas e o II Curta Carajás – Festival de Cinema de Parauapebas, que ocorrem ainda este ano. As inscrições para os dois festivais já estão abertas. Mais informações nos sites www.fempa.com.br, www.curtacarajas.com ou pelo fone 3346 – 8186.

(ASCOM/PMP).

Nota do Blog - assiste e participei de várias noites deste evento muito importante para o nosso Município e após o show do violonista paraense Sebastião Tapajós, que faz sucesso no Brasil e em vários paises da Europa, ele me falou do seu entusiasmo deste evente e disse que são poucas as cidades do interior de vários Estados do Brasil que tomam esta iniativa e não parou de enaltecer a figura do Secretário de Cultura - Cláudio Feitosa, por tal iniciativa.

Campanha educativa em combate às queimadas está nos bairros

Iniciada no mês de julho, as atividades educativas da campanha de combate às queimadas urbanas têm conscientizado a comunidade sobre a ilegalidade das queimadas urbanas. Nos últimos dias 23 e 24, o trabalho educativo foi realizado nas vilas Sanção e Palmares Sul, de porta a porta, pela equipe de educadores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

De acordo com a coordenadora de Educação Ambiental, Mágela Mulato, as atividades educativas estão sendo feitas nos bairros com maior índice de queimadas, com a extensão da campanha para toda a população, por meio da divulgação no rádio, panfletagem, cartazes e outdoor.

“É interessante esclarecermos que as nossas atividades educativas são voltadas para o combate das queimadas na área urbana. Levamos a campanha para os bairros com maior índice de queimadas, como Casas Populares, Bela Vista, Liberdade I e II, Primavera, com vistas a esclarecer a comunidade sobre a proibição de queimadas urbanas e a nocividade da fumaça à saúde, bem como as penalidades cabíveis”, informou.

Segundo Mágela, também foram realizados mutirões educativos nos novos loteamentos onde praticamente todos os servidores da Semma se mobilizaram para conscientizar a comunidade sobre a proibição de incineração de resíduos sólidos, galhadas e capim na área urbana. A conscientização ambiental foi feita de porta a porta em alguns bairros e tem como meta ser realizada em todos os novos loteamentos.

Ilegalidade de queimadas
O Código de Posturas do Município proíbe expressamente as queimadas urbanas, isto é, a queima de galhadas, capim, lixo doméstico e produção de carvão (caieiras).
No combate a essa prática, é muito importante que a comunidade denuncie. Às denúncias podem ser feitas para a Semma, pelo telefone 3346-1456; Corpo de Bombeiros (3356-4010) ou na central de denúncias (3346-2250).

(Texto e fotos: Beatriz Sales)

LEIA ABAIXO O QUE PUBLIQUEI NO ÚLTIMO DIA 17.08.2010 NO 1º PROGRAMA DA JUSTIÇA ELEITORAL

PROGRAMA DA JUSTIÇA ELEITORAL DESTA TERÇA-FEIRA (17)

Assisti o programa da Justiça Eleitoral desta terça-feia (17) e pela apresentação dos programas de todos os candidatos a presidência da República Federativa do Brasil para as eleições de 2010, pude notar uma grande diferença do programa da Dilma (PT) - com a participação do atual presidente da República Lula (PT)- em comparação com programa do candidato José Serra (PSDB)- devo dizer sem medo de errar - que ele Jose Serra (PSDB) já se encontra com os dias contados para viajar para os Garimpos do Anun ou do Cuiu-Cuiu - ambos se encontam localizados no Estado do Pará. Em outras palavras a candidata Dilma (PT) vai ser a 1ª mulher a ser eleita presidenta da República Federativa do Brasil, com o apoio total do atual presidente da República Lula (PT).

Obs.: Vale informar ainda, que com a eleição da Dilma (PT) no 1º turno ela - junto com o atual presidente da República Lula (PT) - vão ter disponibilidade de tempo para apoiar a atual governadora do Estado do Pará Ana Júlia (PT) no 2º turno, bem como todos os outros candidatos que estão apoiando Dilma (PT) no 1º turno.
Postado por Iremar Araújo às 22:08 do dia 17.08.2010

Dilma abre 20 pontos de vantagem e passa Serra em SP--Datafolha

SÃO PAULO - A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, ampliou a vantagem sobre seu principal adversário, José Serra (PSDB), para 20 pontos, mostrou pesquisa do instituto Datafolha publicada nesta quinta-feira.

Dilma aparece com 49 por cento das intenções de voto, dois pontos a mais do que na pesquisa divulgada no último fim de semana, enquanto Serra caiu um ponto e está com 29 por cento, de acordo com o instituto.

A candidata do PV, Marina Silva, manteve os nove pontos que havia obtido no levantamento anterior. Nenhum dos demais candidatos conseguiu somar 1 por cento da intenção de voto. Quatro por cento afirmaram que votarão em branco ou anularão o voto e 8 por cento disseram não saber em quem votará.

De acordo com a sondagem do Datafolha, encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo e publicada pelo diário em sua edição desta quinta, Dilma aparece com 55 por cento das intenções de voto válido e venceria a eleição ainda no primeiro turno, marcada para 3 de outubro.

As oscilações dos dois principais candidatos aconteceram dentro da margem de erro do levantamento, que é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O Datafolha entrevistou 10.948 pessoas nos dias 23 e 24 de agosto.

O Datafolha também perguntou em quem os eleitores votariam num eventual segundo turno entre Dilma e Serra. A petista ganhou dois pontos em relação ao levantamento anterior e agora tem 55 por cento das intenções de voto num eventual segundo turno. O tucano caiu três pontos e agora tem 36 por cento.

Na pesquisa espontânea, Dilma subiu quatro pontos, para 35 por cento, e Serra cresceu um ponto, para 18 por cento.

DILMA BATE SERRA EM SÃO PAULO
O Datafolha mostrou a candidata petista superando seu principal adversário nas intenções de voto nos Estados com maior número de eleitores do país, incluindo São Paulo, principal reduto eleitoral de Serra, que governou o Estado até março deste ano.

Dilma aparece com 41 por cento da preferência do eleitorado paulista, contra 36 por cento do tucano. São Paulo é o Estado com maior número de eleitores do país, mais de 30 milhões, de acordo com o Tribunal Superior Eleitora;l (TSE).

Em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do Brasil, Dilma tem 48 por cento das intenções de voto, contra 29 por cento de Serra. No Rio de Janeiro, Dilma tem 46 por cento, ante 23 por cento de Serra.

No Estado quarto colocado em número de eleitores, Bahia, Dilma tem 60 por cento, contra apenas 22 por cento de Serra e, no Rio Grande do Sul, a petista aparece com 43 por cento, ante 39 por cento do tucano.

Dilma lidera também em todas as regiões do país. Ela bate Serra por 44 a 32 por cento no Sudeste, 43 a 36 na região Sul, 60 a 21 no Nordeste, e 50 a 29 nas regiões Norte e Centro-Oeste.

De acordo com o Datafolha, Serra é o candidato a presidente com maior rejeição entre os eleitores ouvidos na sondagem, 29 por cento. Dilma é rejeitada por 19 por cento dos entrevistados e Marina por 16 por cento. (Reuters)

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Ana é recebida por pastores




O pastor presidente da Assembleia de Deus em Belém, Samuel Câmara, apresentou a candidata Ana Júlia Carepa (PT) a líderes de 641 igrejas da área metropolitana, durante o encontro dos pastores no templo sede da igreja no Pará, conhecido como "igreja mãe". "Como líderes (da Assembleia de Deus) nós estamos unidos para ver Vossa Excelência no governo do Estado", disse Câmara para a candidata ao governo do Estado pela Frente Popular Acelera Pará.

Ana Júlia foi aplaudida de pé pelos pastores após fazer um balanço das principais ações de governo. Ela citou a inclusão social, com destaque para quase 50 mil Bolsas Trabalho, a inclusão digital por meio do Navegapará, o estímulo ao desenvolvimento com a atração de indústrias e geração de empregos, sendo 17 mil só no 1º semestre de 2010 __ou seja, 10 mil a mais que no 1º semestre de 2010. Ana Júlia falou também do reforço na segurança pública com mais viaturas e equipamentos e quase 4 mil policiais a mais nas ruas até o final do ano, da atração de obras estruturantes, como as eclusas de Tucuruí e hidrovia do Tocantins, a garantia de 10% da energia de Belo Monte para o Pará e obras compensatórias e estruturantes para a população local, entre outros.

"Entendemos que o governo deve prover a necessidade de todos, mas principalmente dos que mais precisam", ressaltou a candidata.( da assessoria da candidata)

Postado por blog do bacana-marcelo marques

terça-feira, 24 de agosto de 2010

CNT/Sensus: Dilma amplia vantagem sobre Serra

BRASÍLIA - A vantagem da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, sobre o adversário do PSDB, José Serra, aumentou de 10 para 17,9 pontos percentuais de acordo com a pesquisa Sensus divulgada nesta terça-feita, 24, pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Dos pontos válidos (excluídos brancos e nulos), Dilma soma 55,3% dos votos, contra 44,7% dos demais candidatos somados. De acordo com esses números, a petista venceria a eleição em primeiro turno. Serra só mantém vantagem sobre Dilma no Sul, aponta pesquisa

Segundo o levantamento, Dilma tem 46% das intenções de voto, contra 28,1% de Jose Serra. A presidenciável do PV, Marina Silva, foi apontada por 8,1% dos entrevistados. Nenhum dos demais seis candidatos à Presidência alcançaram um ponto percentual. Não souberam responder somam 11,7%, enquanto votos brancos e nulos ficaram em 5,1%.

Na última pesquisa, divulgada no dia 5 deste mês, Dilma estava na frente do presidenciável tucano com 41,6%. Serra tinha 31,6% e Marina Silva 8,5%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Serra, a petista ganharia o pleito com 52,9% dos votos, contra 34% do tucano. Não souberam responder: 5,8%. Brancos e nulos: 7,4%. Na pesquisa divulgada no início do ano, os índices eram similares: Dilma venceria o pleito com 48,3% e Serra ficaria com 36,6%.

A pesquisa Sensus também perguntou aos entrevistados quem eles acreditam que vencerá a eleição presidencial, sendo que 61,8% responderam Dilma Rousseff. O número é maior do que os que garantem voto nela, que ficou em 46%. Em contrapartida, o índice de eleitores que acreditam na vitória de Serra (21,9%) é menor do que os que votarão nele (28,1%).

Rejeição Na comparação entre a pesquisa Sensus divulgada em 5 de agosto e o levantamento publicado nesta terça-feira, aumentou o índice de rejeição ao candidato do PSDB à Presidência, José Serra. Enquanto na última pesquisa 30,8% dos entrevistados diziam não votar dele de forma alguma, 40,7% responderam da mesma forma.

A rejeição a Marina Silva também cresceu de 29,7% para 47,9%. A rejeição de Dilma variou entre 25,3% e 28,9% entre uma pesquisa e outra. A margem de erro da pesquisa é de 2% para mais ou para menos.

O coordenador da pesquisa Sensus, Ricardo Guedes, afirmou que o índice de rejeição de Serra indica que a eleição caminha para um desfecho em primeiro turno, uma vez que a rejeição de um candidato a partir de 35% já é 'preocupante'. 'Nunca vimos uma pessoa se eleger com 40% ou mais de rejeição'.

A pesquisa CNT/Sensus também apurou quanto dos entrevistados assistiu ao programas eleitorais dos candidatos veiculados na TV e no rádio a partir do último dia 17. Do total, 42,9% disseram ter assistido ao programa, dos quais 56% avaliaram que Dilma apresentou o melhor programa eleitoral. O programa de Serra foi considerado o melhor por 34,3% dos eleitores, e o de Marina Silva foi eleito o melhor por 7,5%.

Espontânea
Na pesquisa espontânea quando o eleitor responde em quem votaria para presidente sem ter acesso prévio ao nome dos candidatos 37,2% indicaram votar em Dilma Rousseff. Na pesquisa espontânea anterior, 30,4% responderam da mesma forma.

Serra recebeu 21,2% das citações nesta questão. Na última o tucano tinha 20,2%. Marina Silva ficou com 6% na pesquisa espontânea. Na última pesquisa a candidata do PV teve 5%.Os demais seis presidenciáveis não alcançaram 1% das intenções de voto.

O presidente Lula ainda foi citado por 2,1% dos eleitores, contra 5% das intenções de voto que recebeu na pesquisa passada.

Outros 2,1% citaram nomes que não estão concorrendo à presidência. Na pesquisa anterior 1,3% indicaram outros nomes que não estavam entre os concorrentes. Brancos e nulos somam 5,4%, enquanto eleitores que não souberam responder chegam a 25,2%. Na última pesquisa brancos e nulos eram 3,8% e 27,9% não souberam responder.

(O Estadão)

CNT/Sensus: Dilma só perde na Região Sul

Confira os números por região:

Sudeste
Dilma 39,2%; Serra 27,6%; Marina 9,7%. Votos brancos, nulos ou indecisos representam 21,8%.

Sul
Serra 47,8%; Dilma 35,7%; Marina 6,9%. Votos brancos, nulos ou indecisos representam 9,3%.

Nordeste
Dilma 62,1%, Serra 19,8%; Marina 6,4%. Votos brancos, nulos ou indecisos representam 11,1%.

Norte/Centro-Oeste
Dilma 45%; Serra 25,5%; Marina 7,6%. Votos brancos, nulos ou indecisos representam 20,5%.

A margem de erro é de 2,2 % para mais ou para menos.

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e realizada entre os dias 20 e 22 de agosto em 136 municípios de 24 estados. Foram feitas 2 mil entrevistas.

Nota deste blog - nesta terça-feira (24) pude observar um assunto que ainda não tinha verificado - as propagandas do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) do Estado do Pará que são elas de: Bel Mesquita atual deputada federal e candidata a deputada estadual, Ascrubal Bentes deputado federal e candidato a reeleição e Domingos Juvenil atual presidente da Assembléia Legistativa do Estado do Pará e candidato a governador em nenhum momento informam os nomes da candidata a presidenta de República Dilma (PT) e nem do atual deputado federal e presidente da Câmara Federal (PMDB-SP), que é o candidato a vice-presidente da República, com o apoio total da executiva Nacional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

Vale informar ainda, que em todas as propandas constam o nome do atual deputado federal Jader Barbalho (PMDB) candidato a senador nesta eleição de 2010.

Já pensou na hora que o atual deputado federal Michel Temer (PMDB-SP) ficar sabendo desta incoerência dos companheiros do partido do mesmo no Estado do Pará.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

FRASE PARA REFLEXÃO

Raul Seixas

"Um sonho sonhado sozinho é um sonho. Um sonho sonhado junto é realidade."

Dilma tem 16 pontos de vantagem sobre Serra

A candidata petista tem 45% e Serra 29% das intenções de voto, segundo pesquisa do Vox Populi

Pesquisa Vox Populi divulgada ontem aponta a candidata do PT à Presidência, Dilma Rouseff, com 16 pontos à frente de José Serra (PSDB). Segundo o levantamento, a petista tem 45% das intenções de votos, enquanto o tucano está com 29%. Como a verde Marina Silva tem 8% das intenções e os demais não atingiram 1%, Dilma venceria no primeiro turno, segundo a pesquisa.

Dos pesquisados, 5% declararam voto branco ou nulo e outros 12% se disseram indecisos. Na última pesquisa Vox Populi, publicada em 22 de julho, a candidata petista tinha 41%, contra 33% de Serra e 8% de Marina. Outros 4% declararam votar em branco ou anular e 13% estavam indecisos.

A pesquisa, contratada pelo iG e pela TV Bandeirantes, foi feita entre os dias 7 e 10 de agosto. O melhor desempenho de Dilma é na região Nordeste e o pior é na região Sudeste. Em Pernambuco, ela teria 66% dos votos, contra 19% de Serra. Já o tucano tem seu melhor desempenho na região Sul. Em São Paulo, Estado que governou até abril, Serra teria 40% dos votos, contra 33% da petista.

Dilma aparece na frente na pesquisa espontânea, com 32% das intenções de voto. Serra está em segundo, com 18%, e Marina Silva em terceiro, com 5%.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi citado por 3% dos entrevistados. Outros 6% disseram votar nulo ou branco e 34% não sabem em quem votariam.

O Vox Populi entrevistou 3.000 pessoas em 219 municípios de quase todos os Estados, incluindo o Distrito Federal e excluindo Roraima. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 22.956/10. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual para mais ou para menos. (Folhapress)

Datafolha registra nova pesquisa eleitoral

O Datafolha registrou no Tribunal Superior Eleitoral, nesta segunda-feira (16/08), pesquisa sobre avaliação do governo Lula e sucessão presidencial. A pesquisa foi contratada pela Folha de São Paulo. Serão ouvidos 2750 eleitores no dia 20/08. Será a primeira sondagem nacional após o início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV.

De acordo com a legislação, os resultados poderão ser divulgados a partir de sábado (20). Entretanto, considerando o período da coleta dos dados, o mais provável é que sua publicação aconteça a partir de domingo (21/08).

(Brasília em Tempo Real)

terça-feira, 17 de agosto de 2010

PROGRAMA DA JUSTIÇA ELEITORAL DESTA TERÇA-FEIRA (17)

Assisti o programa da Justiça Eleitoral desta terça-feia (17) e pela apresentação dos programas de todos os candidatos a presidência da República Federativa do Brasil para as eleições de 2010, pude notar uma grande diferença do programa da Dilma (PT) - com a participação do atual presidente da República Lula (PT)- em comparação com programa do candidato José Serra (PSDB)- devo dizer sem medo de errar - que ele Jose Serra (PSDB) já se encontra com os dias contados para viajar para os Garimpos do Anun ou do Cuiu-Cuiu - ambos se encontam localizados no Município de Altamira no Estado do Pará. Em outras palavras a candidata Dilma (PT) vai ser a 1ª mulher a ser eleita presidenta da República Federativa do Brasil, com o apoio total do atual presidente da República Lula (PT).

Obs.: Vale informar ainda, que com a eleição da Dilma (PT) no 1º turno ela - junto com o atual presidente da República Lula (PT) - vão ter disponibilidade de tempo para apoiar a atual governadora do Estado do Pará Ana Júlia (PT) no 2º turno, bem como todos os outros candidatos que estão apoiando Dilma (PT) no 1º turno.

Lula volta às fábricas para comícios pró-Dilma

Luiz Inácio Lula da Silva revestirá o figurino de sindicalista, mas, desta vez, voltará às portas de fábricas do ABC paulista para pedir votos para a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff. A direção do PT e a coordenação política da campanha da ex-ministra Dilma Rousseff vão investir em uma série de agendas com o presidente neste mês e em setembro no Estado. Os eventos vão incluir visitas de madrugada a portas de fábricas, como a que Lula fará na próxima segunda-feira, e os tradicionais comícios no ABC paulista e na Grande São Paulo. Nesta sexta-feira Lula fará um comício em Osasco e, no sábado, o PT estuda uma agenda em algum município do ABC paulista. O presidente estará sempre acompanhado de Dilma e do candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante.

(Brasília em Tempo Real)

"Queremos continuar governando", diz Lula em Pernambuco

Durante discurso no ato de inauguração de uma fábrica de dormentes no município de Salgueiro, nesta terça-feira (17), o presidente Lula disse "querer continuar governando" o Brasil. "O Obama disse: nós podemos. Eu digo a vocês: nós não apenas podemos como gostaríamos, como queremos continuar governando este País para vocês. Para melhorar o Nordeste, para melhorar o Brasil", afirmou após relembrar a "burocracia" que enfrentou para iniciar a transposição do Rio São Francisco e fazer a Transnordestina.

O presidente Lula também relembrou a campanha presidencial de 1989, quando disputou e perdeu o cargo para o agora senador Fernando Collor de Melo (PTB). "Naquela época o povo tinha medo de votar em mim. Eu era um Zé Ninguém e fui aprendendo. Não tem ser humano inferior. Hoje vocês confiam em mim porque me veem como vocês. Governar é muito mais que ter um diploma universitário, governar é uma coisa chamada sensibilidade, avaliou o petista.

Ainda segundo Lula, para ser presidente é necessário "ter coragem de conversar com um grande empresário e não ter vergonha de abraçar um desdentado no meio da rua". Além da inauguração da fábrica de dormentes que suprirá às necessidades da obra da Transnodestina, o presidente inaugurou uma escola técnica em Salgueiro.

(Ed Ruas Direto do Recife)

FRASE PARA REFLEXÃO

Henry Ford

"Obstáculos são aquelas coisas medonhas que você vê quando tira os olhos de seu objetivo."

Dilma Dispara

(Blog da Dilma: 13 PRESIDENTE)

Nota deste simples blog - este é o resultado por enquanto da pesquisa do IBOPE - vamos ganhar no 1º turno, ou seja no dia 3 de outubro de 2010 e a futura presidenta da República do Brasil vai ter tempo dinponível para apoiar quem te de apoio desde o início da camapanha de 2010, isto tudo que se encontra acontecendo no Brasil é o resultado real do desempenho do presidente da República Federativa do Brasil LULA, um ex-retirante do Estado de Pernambuco - que tem incomodado muitos que se dizem sábios e intelectuais -.

Arrecadação bate novo recorde

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou, em julho, R$ 67,973 bilhões, de acordo com dados divulgados pela Receita Federal nesta terça. A arrecadação do mês de julho representou mais um recorde neste ano, em que todos os meses a marca foi quebrada. O resultado foi 10,54% superior a junho deste ano (em ternos reais considerando o IPCA) e representou alta (real) de 10,76% em comparação com julho de 2009. A arrecadação administrada pela Receita Federal em julho somou R$ 64,213 bilhões, com alta (real) de 6,64% ante junho e 10,16% sobre julho de 2009. As demais receitas totalizaram R$ 3,759 bilhões, com alta real de 194,3% ante junho e 22,01% sobre julho de 2009.

(Brasília em Tempo Real)

Parauapebas, cidade dos ipês




Fotos: Waldyr Silva

Todo ano nesta época as principais ruas de Parauapebas exibem um belo espetáculo que chama a atenção de quem visita pela primeira vez a cidade e dos próprios moradores do município, que saem aos logradouros para registrar o momento.

O espetáculo consiste na exibição de centenas de árvores de ipês espalhadas pelo centro da cidade com sua floração de diversos matizes.

Os ipês durante a maior parte do ano são árvores frondosas que dão muita sombra e abrigo para as aves. Depois, suas folhas começam a cair e ficam somente os galhos secos e desfolhados, dando a impressão que a árvore está morrendo.

Com o balançar dos ventos, as flores se desprendem dos galhos e fazem um bailado no ar, formando por fim um grande tapete no chão ao redor da árvore.

A cidade, por estar tomada de diversas árvores, assiste ao espetáculo por muito tempo, pois nem todas as árvores floreiam ao mesmo tempo.

Durante todo este mês de agosto, e até a primeira quinzena de setembro, a população tem o prazer de ver, a cada momento, um espetáculo diferente, pois cada árvore tem sua demonstração.

Amantes da natureza, em rodadas de bate-papo informal, já suscitaram a possibilidade de a prefeitura, notadamente a Secretaria Municipal de Cultura (Secult), criar um programa anual, com nome sugestivo de “Semana dos Ipês”, para reverenciar o espetáculo com sugestões para que a população plante em suas portas árvores de ipê.

Enquanto essa eventual proposta ainda não é configurada, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), dispõe de viveiros de plantas e doa muda de ipês para quem solicitar.

“A floração dos ipês já se tornou um espetáculo tradicional e muito atrativo, e a cidade tem se beneficiado com isto, pois a beleza e o espetáculo produzem as mais lindas fotos e filmagens, que são enviadas para os locais mais distantes, como cartão postal, para divulgar a cidade, além de provocar inspiração aos amantes da arte para cantar Parauapebas em verso e prosa”, descreve o jornalista Zinho Bento. Matéria veiculada no jornal Correio do Tocantins, edição deste sábado (14)
(Postado por Waldyr Silva)

Ibope mostra Dilma com 43% e Serra com 32% na disputa pela Presidência

Marina Silva tem 8%. Margem de erro é de dois pontos percentuais.

Pesquisa ouviu 2.506 eleitores em 174 municípios de 12 a 15 de agosto.

A candidata Dilma Rousseff (PT) aparece na frente na corrida pela Presidência da República, segundo pesquisa Ibope de intenção de voto divulgada nesta segunda (16).

A petista aparece com 43% das intenções de voto contra 32% do adversário José Serra (PSDB). De acordo com o Ibope, em terceiro lugar está Marina Silva (PV), com 8%. No levantamento anterior do Ibope, divulgado no último dia 6, Dilma tinha 39%, Serra, 32%, e Marina, 8%.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou menos. Isso indica que Dilma pode ter entre 41% e 45% e Serra, entre 30% e 34%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". O Ibope ouviu 2.506 eleitores com mais de 16 anos em 174 municípios de quinta-feira (12) a domingo (15). Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 23548/2010.

Dos demais candidatos, Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU), nenhum alcançou 1% das intenções de voto.

Os eleitores que responderam que votarão em branco ou nulo somaram 7% e os que se disseram indecisos, 9%.

(Do G1, em São Paulo)

'Mérito Cidadania' homenageará voluntários da 1ª Ação Cidadania

O presidente da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Parauapebas (Acip), José Rinaldo Alves de Carvalho, no final da realização da primeira Ação Cidadania, na Praça de Eventos no bairro Cidade Nova, informou que a Acip iria homenagear com diploma todas as pessoas voluntárias que trabalharam e colaboraram para a realização do evento beneficente.

A homenagem deveria ocorrer em janeiro de 2010, mas, por situações justificáveis, foi adiada. No início de agosto, a diretoria da Acip se reuniu e decidiu que é chegado o momento de homenagear todos os voluntários que se doaram e trabalharam com muito amor e determinação durante os dois dias de evento, bem como as empresas que colaboraram financeiramente com a ação beneficente.

A Acip criou o diploma “Mérito Cidadania” que vai ser entregue a todas as pessoas que trabalharam, como médicos, dentistas, enfermeiras, pessoal da documentação, exames médicos, corte de cabelos, enfim, todos que vestiram a camisa da Ação Cidadania, colaborando para o bem-estar de milhares de famílias.

No evento, também serão entregues placas para 5 a 10 pessoas que mais se destacaram durante e para o sucesso do evento, que atendeu aproximadamente a 10 mil pessoas durante os dias 5 e 6 de dezembro de 2009.

A homenagem deverá ocorrer no auditório da Acip no dia 28 de agosto, às 21 horas, por ocasião da largada para a realização da 2ª Ação Cidadania, cuja comissão organizadora já tem o apoio integral da Justiça do Trabalho 8ª Região, Tribunal de Justiça do Estado, Site Pebinha de Açúcar, entre outras empresas parceiras.

Após a apresentação da segunda edição do evento, será servido coquetel aos participantes e um show de confraternização em que alguns cantores da terra estarão expondo seus talentos voluntariamente.

A Acip pede que todos aqueles que colaboraram nos dias do evento no ano passado entrem em contato com a entidade, por meio do telefone (94) 3356-4040, confirmando endereço e telefone, para que ninguém seja esquecido, embora a Acip já tenha em mãos uma lista dos participantes.

(Foto e texto: Bariloche Silva)

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

TV Liberal inicia rodadas de entrevistas com candidatos nesta segunda

Chegou o momento de ligar mais microfones! Ao invés de somente candidatos falarem, a população, através da TV Liberal, também terá voz. A partir desta segunda-feira (16) começam as rodadas de entrevistas com os candidatos ao Governo do Estado nos telejornais da emissora. A votação para o primeiro turno das eleições acontece no dia 3 de outubro.

Esta primeira rodada de perguntas acontecerá durante a transmissão do Jornal Liberal 2ª edição, que começa às 19h. Ao todo, serão quatro dias de entrevistas, sendo um para cada candidato, com direito a seis minutos de resposta e 30 segundos de prorrogação.

O primeiro dia trará a candidata do PT, Ana Júlia Carepa, da coligação 'Frente Popular Acelera Pará'. Já na terça-feira (17), será a vez do candidato do PSDB, Simão Jatene, pertencente à coligação 'Juntos com o Povo' estar na bancada do telejornal. Na quarta-feira (18), o candidato do PMDB, Domingos Juvenil, responderá às perguntas. Para finalizar a primeira rodada de entrevistas, o candidato do PSol, Fernando Carneiro, estará na bancada.

Em relação à ordem de entrevistas dos candidatos, o diretor de jornalismo da TV Liberal, Álvaro Borges, contou que isto foi o resultado de um sorteio, no dia 27 de julho, com a presença dos representantes dos candidatos.

O candidato do PSTU, Cléber Rabelo, não foi convocado para esta primeira rodada, mas ainda tem chances de ser convocado para a segunda, como explica Borges. 'O candidato será chamado para gravar entrevista na sexta-feira (20) e, caso ele possua ao menos 3% das intenções de voto, será chamado para participar da segunda rodada de entrevistas'.

Aliás, a segunda rodada de entrevistas, que será realizada durante a transmissão do Jornal Liberal 1ª edição, às 12h, está marcada para acontecer entre os dias 13 a 17 de setembro. O tempo destinado aos candidatos, na ocasião, será de 10 minutos, com prorrogação de até 30 segundos. A ordem dos candidatos será definida em sorteio.

As duas rodadas de entrevistas serão transmitidas em tempo real para todo o Pará, através das retransmissoras localizadas em pontos estratégicos do interior Estado.

Debates - A hora de assistir aos candidatos juntos está marcada para o dia 28 de setembro, quando ocorre o debate do primeiro turno das eleições.

Horário eleitoral - Os telespectadores poderão acompanhar as propagandas eleitorais dos candidatos a partir desta terça-feira (17) até o dia 30 de setembro e, durante este período, a grade de programação dos telejornais sofrerá algumas mudanças.

O Jornal Liberal 1ª edição, acostumado a iniciar às 12h, será antecipado para às 11h45. Na sequência, o Jornal Hoje também será antecipado e começará a ser exibido às 12h45. Já pela parte da noite, o Jornal Liberal 2ª edição começará às 18h45 e o Jornal Nacional, às 20h.

Em relação ao tempo destinado a cada candidato, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) determinou que Cléber Rabelo (PSTU) terá um minuto e doze segundos; Simão Jatene (PSDB) disponibilizará de quatro minutos e 50 segundos; Domingos Juvenil (PMDB), ficará com três minutos e 16 segundos; Fernando Carneiro (PSol) falará por um minuto e 16 segundos; e Ana Júlia Carepa (PT) terá direito a sete minutos e 20 segundos.

(ORM)

Pesquisas

Segunda e terça tem mais duas pesquisas eleitorais. Serrinha vai ficando, de leve, assim.

(Postado por blog do bacana-marcelo marques)

Resultados da Vacina - Dia "D"‏

O Secretário de Saúde do Município de Parauapebas, Evaldo Benevides participando da Campanha de Multivacinação.

A Secretaria de Saúde de Parauapebas vem agradecer em nome de toda a equipe da SEMSA, pelo grande apoio na divulgação da 2ª Etapa da Campanha de Multivacinação cujo resultado só no dia D, foi muito importante para o nosso Município.

- Meta prevista até 27 de agosto e resultado alcançado neste sábado (14) da 2ª Etapa da Campanha de Multivacinaçaõ:

- Meta até 27 de agosto é de 17.107 crianças;

- Vacinados no dia D: 11.478 crianças, no horário de 08h as 17h.

Ação conjunta para dar continuidade ao combate às queimadas

Após uma série de medidas e ações preventivas contra as queimadas, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), em caratér de urgência, vai reunir-se amanhã, 17/08/10, com representantes do ICMbio/Ibama, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil, Secretaria de Urbanismo e representante do Gabinete do Prefeito para discutir a seguinte pauta:

Formação de grupo de trabalho para ação emergencial em combate às queimadas no município.

A referida reunião, será realizada às 14h, no Auditório do Centro Administrativo, localizado no Morro dos Ventos – Qd. Especial – Bairro Beira Rio II

(Beatriz Sales/Assessoria de Comunicação da Semma)

Quatro irmãs dão à luz quatro bebês em quatro dias nos EUA

Lilian Sepulveda, Saby Pazos e Leslie Pazos, que deram à luz em Chicago. (Foto: Reprodução/NBC)

Três delas fizeram o parto em Chicago.

Outra irmã deu à luz no estado da Califórnia.

Quatro irmãs deram à luz quatro bebês em quatro dias nos EUA. Três delas -Lilian Sepulveda, de 27 anos, Saby Pazos, de 29, e Leslie Pazos, 24-, inclusive, fizeram o parto com o mesmo obstetra e no mesmo hospital em Chigago.

Lilian, Saby e Leslie deram à luz entre sexta-feira e sábado, enquanto a outra irmã, Heidi López, realizou o parto na segunda-feira no estado da Califórnia. O médico Jean Alexandre, que atendeu as três irmãs em Chicago, destacou que o caso "é bastante incomum".

Apesar da coincidência, as irmãs destacaram, em entrevista à emissora de TV americana "NBC", que não planejaram engravidar ao mesmo tempo.

(Do G1, em São Paulo)

Mulher descasca ovo cozido e encontra outro ovo

Reprodução/Croatian Times - Ovo mutante assustou mulher romena

Veterinário suspeita que mutação do alimento seja fruto de desastre radioativo

Não era um ovo surpresa. Era um ovo comum com casca, clara e gema. Porém, a romena Maria Baldescu levou um susto ao descascar seu café da manhã.

De acordo com a reportagem do jornal Croatian Times, a mulher de 68 anos ia comer o ovo cozido, mas encontrou outro ovo dentro. Abismada com o que se passou, ficou com medo de engolir o dito cujo.

Em vez de terminar sua refeição, procurou um veterinário para solucionar o caso. A explicação do especialista é que o ovo dentro do ovo podia ser resultado da radiação do acidente ocorrido em Chernobyl em 1986. (DoR7)

Saiba como será o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão

A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão divulgará mais de 20 mil candidatos que disputarão as eleições de 3 de outubro a partir desta terça-feira (17) e, para o primeiro turno, irá ao ar até 30 de setembro. Serão dois blocos de 50 minutos, de segunda-feira a sábado, iniciados às 7h e 12h no rádio e às 13h e 20h30 na televisão (horário de Brasília).

Também passarão a ser exibidos 30 minutos diários - seis para cada cargo - divididos em inserções de até 60 segundos ao longo da programação das emissoras, entre 8h e 24h. As inserções também serão transmitidas aos domingos, dia em que não haverá os dois grandes blocos no rádio e na televisão.

A divisão do tempo de rádio e televisão leva em conta os cargos em disputa - Presidência da República, governos estaduais e vagas parlamentares. Às segundas, quartas e sextas-feiras, serão veiculadas as divulgações de candidatos a governador por 18 minutos. Depois, vêm os programas de deputados estaduais (distritais no caso do Distrito Federal), por 17 minutos. Por fim, os postulantes ao Senado terão 15 minutos.

Às terças, quintas-feiras e sábados serão veiculadas as propaganda de candidatos à Presidência da República, por 25 minutos. Em seguida, virão as de deputados federais, por 25 minutos. O tempo para cada coligação é dividido conforme a representação desses partidos na Câmara dos Deputados ou na Assembleia Legislativa.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) determinou a seguinte divisão do tempo de propaganda entre os principais candidatos a presidente da República: 10 minutos e 38 segundo destinados à “Para o Brasil seguir mudando”, de Dilma Rousseff (PT), sete minutos e 18 segundos para "O Brasil Pode Mais", de José Serra (PSDB), um minuto e 23 segundos para o Partido Verde, de Marina Silva.

Plínio Arruda Sampaio (PSOL) terá um minuto e um segundo. Rui Costa Pimenta (PCO), Zé Maria (PSTU), José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Ivan Pinheiro (PCB) contarão com 55 segundos cada.

Nas inserções o critério é o mesmo. De acordo com a distribuição feita pelo TSE, Dilma terá o maior tempo diário: dois minutos e 33 segundos. Serra terá um minuto e 45 segundos. Marina ficará com 19 segundos e Plínio, com 14. Sem representação no Congresso, Pimenta, Zé Maria, Eymael, Fidélix e Pinheiro terão 13 segundos cada.

Normas e proibições
A propaganda deverá utilizar a Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) ou o recurso de legenda. No horário, não é permitida a utilização comercial, ainda que disfarçada ou subliminar. Também é proibida a degradação ou a ridicularização de candidatos. A infração dessa regra pode gerar suspensão da transmissão do próximo programa. É proibida a montagem, trucagem ou técnicas de áudio ou vídeo.

O candidato à Presidência que se sentir ofendido no horário eleitoral encaminhará pedido de direito de resposta ao TSE no prazo de 24 horas após a exibição do programa. Postulantes a outros cargos devem encaminhar a solicitação do seu TRE (Tribunal Regional Eleitoral). O pedido deve mostrar o trecho considerado ofensivo ou inverídico.

São obrigadas a veicular a propaganda eleitoral as emissoras de rádio, inclusive as rádios comunitárias; as emissoras de televisão que operam em VHF e UHF e os canais de televisão por assinatura sob a responsabilidade do Senado Federal, da Câmara dos Deputados, das Assembleias Legislativas e da Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Caso haja segundo turno em 31 de outubro, a propaganda eleitoral gratuita pode começar a partir das 48 horas da proclamação dos resultados do primeiro turno, sendo o dia 16 de outubro a data limite para o início.

(Do UOL Eleições)

Pesquisa DataFolha: o desespero tucano

Na última semana o instituto DataFolha divulgou pesquisa das intenções de votos para Presidente da República, consolidando a liderança de Dilma Rousseff, candidata do PT, oito pontos à frente de José Serra, do PSDB.

Todos que acompanham pesquisas e eleições, sabem que o DataFolha tem histórico de apoio e favorecimento a alguns candidatos, especialmente aos tucanos. Em outras pesquisas lançadas por outros institutos, Dilma já consolidava sua liderança na intenção de voto. Chegou abrir vantagem de 10 pontos em pesquisa lançada recentemente. Na mesma ocasião, o mesmo DataFolha colocava a candidata petista três pontos à frente de Serra, ambos empatados pela margem de erro da pesquisa.

O cenário era claro: Dilma liderava em outros institutos de pesquisa, menos no DataFolha. O referido instituto mantinha artificialmente inflados os números de Serra, haja vista, que não correspondia com a realidade ou com a intenção do eleitorado em votar no tucano.

Na última pesquisa do DataFolha, Dilma aparece com 41% das intenções de votos, contra 33% de Serra. Diferença de oito pontos. Demorou mas não tinha mais como o instituto manter a diferença empatada na margem de erro. Não existe margem de erro tão elástica como da diferença entre os dois candidatos. Seria um absurdo.

O que mais impactou nos números da pesquisa além da confortável diferença foi o espaço que a candidata petista precisa conquistar para vencer ainda no primeiro turno as eleições. O que separa Dilma da vitória são três pontos, no máximo seis pela margem de erro.

Há meses atrás os tucanos lutavam para manter a liderança nas pesquisas até o começo dos debates e o horário eleitoral na TV, agora lutam para levar a disputa para o segundo turno. O fato é que a linha de crescimento de Serra estagnou, chegou ao seu limite, seu teto. Não avançará além dos 35%.

O que poderá manter a disputa para o segundo turno será o crescimento de Marina Silva nas pesquisas. Ai está o problema. Marina dificilmente passará dos 10%. A candidata parece ter chegado ao seu limite, assim como Serra.

O candidato do Psol, Plínio de Arruda, apesar do sucesso de sua participação no debate na Band e na internet, dificilmente conseguirá influência na disputa. O objetivo de Plínio não é ganhar, mas sim passar sua mensagem e dar viabilidade ao seu partido.

O PT deve trabalhar para liquidar a fatura ainda no primeiro, pois há reais chances que isso venha acontecer, evitando surpresas desagradáveis no segundo.

(Pesquisa do DataFolha)

Dilma tira votos de Serra nas capitais, diz Datafolha

A queda de José Serra (PSDB) em seis das sete capitais onde o Datafolha realizou a última pesquisa ajuda a explicar a virada de Dilma Rousseff (PT) na disputa pela Presidência.

As sete capitais concentram 15% do eleitorado, ou 20,3 milhões de eleitores. Nos últimos 20 dias, o tucano passou a ter a dianteira ameaçada até em São Paulo, seu reduto eleitoral e onde o PSDB exerce forte influência na gestão municipal.

Dilma subiu três pontos na capital paulista em relação ao levantamento anterior, passando de 34% para 37%. Ele oscilou um ponto positivamente --tem 40%.

QUEDA EM BH
Os índices apontam que, hoje, os dois estão tecnicamente empatados na cidade, no limite da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A queda mais acentuada de Serra ocorreu em Belo Horizonte, onde perdeu nove pontos --tem 32%. A capital mineira também registrou virada de Dilma, com 34%. Em Salvador, o tucano tem seu pior índice --16%, ante 48% da petista.

No Estado de São Paulo, Serra perdeu três pontos nas últimas semanas --tem 41%--, sinal de que a queda ocorreu no interior, onde o PT faz forte campanha contra o preço dos pedágios. Dilma ganhou quatro pontos no maior colégio eleitoral do país e marca 34%.

O comando da campanha de Serra diagnosticou risco de queda na capital há 20 dias. Desde então, o candidato concentra a agenda em bairros da periferia, como Heliópolis, onde visitou programa habitacional. A campanha avalia que foi essa a faixa em que Dilma cresceu, na esteira da popularidade de Lula. "O que ela tem agora não é por ela", diz o governador Alberto Goldman.

Ontem, em visita à Bienal do Livro, Serra negou que vá intensificar agenda em SP ou fazer qualquer alteração em sua estratégia. (DataFolha)

FRASE PARA REFLEXÃO

Mahatma Gandhi

"A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envovildo. Não na vitória proriamente dita."

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Moisés já está pronto para ir para o Santos

Tudo já foi acertado com o Peixe, inclusive contrato e salário, só falta a Justiça liberar o jogador

O sorriso de Moisés durante os treinos na Curuzu já revela tudo. O Santos, sonho de dez entre dez jogadores que querem uma oportunidade no futebol brasileiro, continua aguardando a definição sobre a liberação do atleta pelo Paysandu para poder contratá-lo. Quem garante a informação é o irmão de Paulo Henrique Ganso, conhecido como ‘Papito’. Foi dele quem partiu o aval para que o Alvinegro Praiano empreendesse a busca pelo atleta.

Em conversa com a reportagem do Bola, o irmão de Ganso explica que foi procurado pelo consultor de futebol do Santos, Fernando Silva, que buscava informações a respeito de Moisés, o artilheiro do Campeonato Paraense. “Não fui eu quem foi levar o nome dele, foi o próprio pessoal do Santos que perguntou o que eu achava do Moisés, aí eu disse que ele era um ótimo jogador, um matador”, observa.

Papito ressalta que o time da Vila Belmiro não pretende comprar a briga judicial entre o jogador, seus procuradores e o Paysandu, mas afirma que o clube só aguarda o desenrolar da audiência para contratar o promissor atacante, que continua sem conversar com a imprensa. “O Santos não vai se meter nessa briga jurídica e só vai contratá-lo depois que ele resolver isso. Já foi feita a proposta oficial, já está certo o salário, o contrato já está pronto, mas assim, só quando ele estiver livre, só quando ele sair”, reitera.

Enquanto aguarda a audiência do próximo dia 26 na Justiça do Trabalho, Moisés segue em exercícios, no maior alto-astral. Ele pede a rescisão contratual do Papão e R$ 2.096.631,89, sob a justificativa que o clube não recolhe FGTS e outras contribuições previdenciárias descontadas de seu salário, além de outras pendências trabalhistas. (Diário do Pará)
Durante entrevista a uma emissora de TV, José Serra (PSDB) disse:

- Precisamos discutir o Brasil pra frente.

Levy Fidelix (PRTB) não perdeu a oportunidade de cutucar mais uma vez o tucano e, em nota no site, disse que essa é só mais uma prova de que o tucano o copia. E que essa seria mais uma tentativa de Serra em plagiar sua campanha que tem como logo “Brasil pra frente, Levy Fidelix presidente”.

No Twitter, Levy Fidelix, postou imediatamente uma mensagem de indignação aos internautas.

- Pois é, gente, o Serra depois reclama que o chamo de copiador dos meus projetos, slogans etc. e tal. Não sei porque paga marqueteiros tão caros! Afinal, os caras só fazem é transcreverem os conceitos e ideias do Levy Fidelix pra depois receberem milhões de reais do Serra.

Fidelix, que estava empolgado, aproveitou para questionar os lucros dos outros candidatos.

- [...] Porque os três grandes candidatos se negam a discutir sobre os mais de R$ 60 bilhões de lucros que os dez maiores bancos tiveram só nesse semestre?

(Julia Chequer/R7)

Horário em rádio e TV começa terça, com presidenciáveis

O horário eleitoral em rádio e televisão, definido pela Justiça Eleitoral, começa às 7 horas da terça-feira, dia 17. Terá candidatos à Presidência e à Câmara dos Deputados às terças, quintas-feiras e sábados. No rádio, serão apresentados às 7 horas e ao meio-dia. Na televisão, às 13 horas e às 20h30. O tempo total, de 50 minutos por bloco - o que dá um total de 1h40 por dia - será dividido por igual: 25 minutos para os presidenciáveis e outros 25 para as vagas para a Câmara. Os candidatos a governador, a senador e a deputado estadual terão sua propaganda exibida às segundas, quartas e sextas-feiras, nos mesmos horários.

(Brasília em Tempo Real)

‘A relação durou o tempo que tinha que durar’, diz Claudia Raia

Claudia Raia e Edson Celulari com os filhos (foto de arquivo)

Claudia Raia falou pela primeira vez sobre a separação de Edson Celulari à revista “Joyce Pascowitch” deste mês.

“Ninguém se casa ou se separa de uma hora para outra, é tudo um processo. A relação durou o tempo que tinha de durar. Somos extremamente companheiros, amigos, cultivamos o respeito e o carinho, e deixamos uma enorme prova de amor que tivemos um para o outro: os nossos filhos”, contou a mãe de Enzo e Sophia.

A publicação também ouviu Edson Celulari: “Foram 17 anos de uma vida intensa e feliz, plena de alegrias, de torcida, de carinho e muito trabalho. Buscamos com nossa cumplicidade não um modelo de relação perfeita, mas sim equilíbrio para que pudéssemos focar o melhor para nossos filhos. Hoje o formato pode ter mudado, mas continuamos fiéis e unidos aos nossos propósitos de pai e mãe e é isso que verdadeiramente importa. Claudia merecerá, sempre, o meu respeito e admiração”.

(Do EGO, no Rio)

'Economist' vê 'dificuldades' em Serra tirar vantagem de Dilma

A revista "Economist" traz na sua edição desta semana um artigo em que analisa as "dificuldades" que o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, enfrenta para tirar a vantagem que a candidata do PT, Dilma Rousseff, começa a registrar nas pesquisas eleitorais. ( Leia também: Dilma terá 3 minutos a mais que Serra na propaganda na TV )

Intitulado "Glória Refletida" - em referência ao principal ativo de Dilma na campanha, a transferência de apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva -, o artigo avalia que a candidata petista "está no caminho de herdar a Presidência" de Lula.

Para a revista, a transferência de votos de Lula para sua candidata é "o problema" de Serra na campanha.

Por isso, embora demonstre, "no papel", qualidades para "vencer a eleição presidencial sem suar", o candidato tucano "tem tido dificuldades para se manter na corrida".

A "Economist" ressalta que Serra tem sido obrigado a prometer a continuação de certas políticas do governo Lula, como o Bolsa Família.
Estratégia

Resumindo as estratégias dos dois principais candidatos, o cientista político Rubens Figueiredo, ouvido na reportagem, expõe: "Para a Dilma é simples: convencer os eleitores de que ela representa Lula. Já Serra precisa lembrá-los de que Lula não é o candidato - e fazer isso de maneira a não se opor, e se possível até sem mencionar, Lula".

" A liderança de Dilma não é invencível. Se Serra impedir-lhe uma vitória no primeiro turno, pode ter alguma chance no segundo "

Para a publicação britânica, avançar de maneira "estável", como vem fazendo Dilma, "é melhor para quem está no poder que para quem está na oposição".

"Porém, a liderança de Dilma não é invencível", considera a revista. "Se Serra impedir-lhe uma vitória no primeiro turno, pode ter alguma chance no segundo turno. E no Brasil há sempre a possibilidade de um escândalo ou gafe."

Por outro lado, diz a "Economist", Dilma ainda pode ganhar votos entre os 8% de eleitores que dizem optar pelo candidato de Lula, mas não a conhecem pelo nome.

Além disso, a candidata petista terá mais tempo do que Serra de campanha eleitoral gratuita no rádio e na TV, que começa na próxima terça-feira, dia 17.

"A vantagem pode acabar sendo decisiva", analisa o artigo.

(BBC BRASIL).

Norma condena exame anti-HIV

A diretora do Departamento de Normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Cleopatra Doumbia-Henry, criticou ontem a exigência de testes anti-HIV como critério para seleção de emprego. "Os exames devem ser voluntários. A norma (editada pela OIT) busca garantir o direito do trabalhador à confidencialidade e ao respeito a sua privacidade", afirma Cleopatra. Em 17 de junho deste ano, a OIT aprovou o primeiro instrumento internacional de direitos humanos dedicado especificamente ao tema HIV/aids.

A norma condena a exigência de teste anti-HIV para os trabalhadores no processo de seleção a um posto de trabalho. No Brasil, a norma ratifica portaria do Ministério do Trabalho e Emprego, publicada no dia 31 de maio, deste ano. A portaria proíbe que as empresas submetam trabalhadores a exames de HIV, de forma direta ou indireta, na admissão, mudança de função, avaliação periódica, retorno, demissão ou qualquer outro procedimento ligado à relação de emprego.

A recomendação da OIT abrange todos os trabalhadores formais ou informais, sejam aprendizes ou estagiários, os que estão buscando emprego, ou ainda os que estão afastados ou licenciados. Cleopatra salienta ainda que os trabalhadores das forças militares, bem como policiais, também estão incluídos na norma. A norma da OIT não obriga os países a transformá-la em lei, apenas destaca a importância do tema e serve de sugestão para a criação de legislações e políticas públicas sobre o tema.

O objetivo é reforçar o acesso universal à prevenção e ao tratamento do HIV. O texto salienta ainda a importância de os governos reforçarem o papel do Judiciário no desenvolvimento e na implementação de medidas de proteção ao trabalhador. "O Judiciário tem papel importante: avaliar e garantir que não haja discriminação aos trabalhadores", analisa Cleopatra. O ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Lélio Bentis, também destacou a importância do Judiciário e do Ministério Público para evitar discriminações no campo do trabalho.

"O papel do Judiciário e do Ministério Público deverá ser valorizado inclusive por meio do treinamento de procuradores, juízes e fiscais do Ministério do Trabalho para que saibam lidar de forma mais adequada e garantir a efetividade dos direitos dos trabalhadores." Na última terça-feira, o Ministério Público assinou um protocolo de intenções para qualificar os procuradores do trabalho em relação às normas e convenções da OIT.

(por Agência Brasil/TST)