sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Aloysio Nunes diz que PSDB-SP ignora a ele e a Serra

O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) usou o Twitter nesta sexta-feira (30) para reclamar que ele e o ex-governador José Serra (São Paulo) foram "ignorados" pelo diretório do PSDB em São Paulo na propaganda política da legenda.

Nunes disse que não foi consultado sobre as peças publicitárias que estão sendo exibidas. "Resolvi passar recibo publicamente porque sequer fui consultado a esse respeito. Há quase uma década sem representação no Senado, o PSDB paulista me ignorou na propaganda política que está no ar", disse o tucano no microblog.

E completou: "A propaganda do PSDB ignora também o líder político com a trajetória e o prestígio popular de @joseserra_ [referência ao perfil do ex-governador]. Vamos bem assim". (Fonte: Folha.com).

Nova taxação do minério avança no Congresso

A Comissão de Infraestrutura do Senado deve votar na quinta-feira o substitutivo apresentado ontem pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) propondo alterações na cobrança dos royalties do setor de mineração. O relatório foi anexado ao projeto do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) que já tramitava na comissão. Pelo texto, a alíquota máxima dos royalties sobe de 3% para 5% e incidirá sobre o faturamento bruto, e não líquido, das empresas de mineração. Além disso, cria-se uma participação especial a ser paga pelas mineradoras, cujos recursos serão reinvestidos nas cidades extrativistas para compensar os danos socioambientais. Na terça será realizada uma audiência pública, em sessão conjunta da Comissão de Infraestrutura e de Assuntos Econômicos (CAE), para debater a matéria. Foram convidados o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão; o governador do Pará, Simão Jatene; o governador de Goiás, Marconi Perillo; o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli; o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia; o diretor do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Marco Antonio Valadares Moreira; o diretor presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Paulo Camillo Vargas Penna; o diretor presidente da Empresa Vale S. A., Murilo Ferreira; e o presidente da Associação dos Municípios Mineradores do Brasil (AMIB), Anderson Costa Cabido. (Fonte: Estado de Minas)

Treinador incentiva a garotada bicolor

IGUALDADE DE CONDIÇÕES Djalma é tratado da mesma forma que titulares (Foto: Mário Quadros)

O grupo do Paysandu é formado por jogadores de diferentes faixas etárias. Dos mais novos, como, por exemplo, o terceiro goleiro do time, Paulo Victor, 19 anos, aos mais experientes, entre eles o volante Sandro Goiano e o atacante Zé Augusto. O técnico Edson Gaúcho garante que todos recebem o mesmo tratamento por parte da comissão técnica bicolor.

A equipe titular é formada basicamente por jogadores mais velhos, com rodagem no futebol brasileiro, como o atacante Josiel, o meio-campista Luciano Henrique, além do zagueiro Márcio Santos e o lateral-direito Sidny. No entanto, o treinador do Papão garante olhar para todos na hora de escalar o time principal. “Penso que se der atenção apenas aos medalhões não teremos equipes, e sim apenas alguns atletas. O Djalma, por exemplo, tem o mesmo valor que o Sandro, o Zé (Augusto) e o Fávaro, que têm mais história aqui”, valoriza Gaúcho.

Para o comandante bicolor, a garotada do grupo alviceleste já é uma realidade, mas precisa de fundamento. “A minha função é orientar. Por isso, eles repetem e repetem os lances nos treinos. Treinamento é aperfeiçoamento. Cobro deles e mantenho-os trabalhando forte porque a oportunidade vai aparecer, cedo ou tarde”, promete o treinador, que pede confiança aos atletas”. Temos que fazer eles acreditarem que tem qualidade. Trabalhamos e mostramos para eles que podem fazer. Hoje, tenho mais elogios do que reclamações. A equipe está pegando e não são só os jogos que mostram isso, e sim os treinos do dia a dia. Há uma conscientização geral deles que podem ir mais longe”, completa o elogio.

CHANCE No treino de ontem, a novidade foi na lateral-direita, com a improvisação do meio-campista Djalma, embora o lateral Cláudio Allax estivesse à disposição do técnico, treinando entre os reservas. (Fonte: Diário do Pará)

Horário de verão começa no dia 16 de outubro

O horário de verão vai começar no dia 16 de outubro e valerá para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A mudança de horário ocorre sempre no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. No ano passado, o horário diferenciado resultou na redução de 4,4% da demanda de energia no horário de pico entre o fim da tarde e o início da noite, quando o consumo é mais alto nas regiões onde o sistema foi adotado, de acordo com o Ministério de Minas e Energia.

O horário de verão é adotado sempre nesta época do ano por causa do aumento na demanda por energia, motivado pelo calor e pelo crescimento da produção industrial às vésperas do Natal. No verão, os dias são mais longos por causa da posição da Terra em relação ao Sol e a luminosidade natural pode ser melhor aproveitada adiantando a rotina das cidades em uma hora. (Fonte: Fonte: Agência Brasil)

Vale planeja produzir à plena capacidade em 2012

A Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, planeja operar à plena capacidade em 2012, refletindo o otimismo de a China, seu maior mercado, poderá lidar com qualquer potencial desaceleração em economias desenvolvidas.

No entanto, a mineradora brasileira alertou nesta quinta-feira que a incerteza sobre a economia global manterá os preços do minério de ferro voláteis por agora, apesar de ainda não ter recebido nenhum pedido de clientes chineses ou europeus para cancelar ou adiar embarques.

"Temos recebido queixas de produtores de aço chineses de que os custos de produção estão altos e que os preços domésticos de aço não estão bem, mas não há atrasos ou cancelamentos à vista", afirmou o diretor-executivo de vendas e marketing, José Carlos Martins, durante uma conferência na cidade de Qindgao.

"Acreditamos que como a crise de 2008, os mercados emergentes vão sair ainda mais fortes do que saíram da crise anterior", disse Martins.

Muitos economistas em bancos de investimento e membros do governo chinês minimizaram temores sobre um pouso forçado da economia da China, segunda maior do mundo, afirmou que o país pode crescer mais de 9% em 2011 antes de desacelerar para expansão de cerca de 8% nos próximos cinco anos.

Martins afirmou que a Vale planeja utilizar toda a sua capacidade de produção de minério de ferro em 2012 e que está projetando vendas de cerca de 130 milhões de toneladas para a China, uma meta anual que a empresa mantém desde 2009.

Esse volume representa mais de 40 por cento da produção total de minério de ferro da Vale, de 308 milhões de toneladas em 2010. A meta da Vale para 2011 é de produção de 310 milhões de toneladas.

A Vale está tocando um ambicioso programa de investimento de US$ 24 bilhões que dever ser completado no primeiro trimestre de 2012 e deve aumentar sua produção de minério de ferro para 469 milhões de toneladas em 2015. (Fonte: Folha.com)

CNI/Ibope: popularidade de Dilma supera as de Lula e FHC

A foto oficial da presidente Dilma Rousseff, de autoria do fotógrafo da Presidência da República, Roberto Stuckert Filho

A avaliação positiva da presidente Dilma Rousseff é maior do que as dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) nas terceiras pesquisas de popularidade CNI/Ibope das suas gestões. Enquanto 71% aprovaram Dilma Rousseff à frente do governo neste mês, 69% aprovaram a maneira de governar de Lula na terceira pesquisa do seu primeiro mandato. Em relação a FHC, 57% o aprovaram como presidente em setembro de 1995.

A avaliação do governo Dilma também supera a das gestões dos ex-presidentes. Enquanto o governo da presidente Dilma foi avaliado como ótimo ou bom por 51% dos entrevistados em setembro, em setembro do primeiro ano do governo Lula, o percentual foi de 43%. No mesmo período do primeiro ano de FHC, sua gestão recebeu aprovação de 40%.

O gerente-executivo de pesquisa da Confederação Nacional da Indústria, Renato da Fonseca, destacou que a presidente Dilma herdou a popularidade de Lula. Na última pesquisa de popularidade do seu governo, em dezembro de 2010, Lula atingiu 87% de aprovação pessoal. (Fonte: CNI/Ibope).

Dono diz que "trabalho" de Gretchen foi só para promover restaurante

Gretchen trabalhando como garçonete nos EUA

A cantora e dançarina Gretchen, que trabalhou como garçonete para promover restaurante nos Estados Unidos

O novo "emprego" de Gretchen, 52, não durou mais que dois dias.

Com 104 kg vou ficar com bumbum da Carla Perez, diz Vesgo
Rihanna exige depilação de emergência durante a madrugada
Grávida, Beyoncé fica enjoada com cheiro do marido

A cantora e dançarina não está mais trabalhando no Netto's Cafe, em Orlando.

Na verdade, ela nunca trabalhou realmente no local.

Cláudio Zani Silva, 48, disse que ela botou o uniforme apenas para "incorporar" uma personagem.

Amigo dela há algum tempo, ele pediu para que ela passasse dois dias por lá para fazer propaganda do local.

"Ela fez de graça, para chamar os brasileiros aqui da região", contou. "A gente não esperava que fosse ter essa repercussão toda."

Gretchen também negou que estivesse trabalhando no local. "Eu vou ter que ficar rebolando o resto da vida? E se tivesse trabalhando de garçonete?"

"Se eu tinha dúvidas de que era famosa não tenho mais [falando da reação das pessoas]", disse a cantora ao F5.

Gretchen deu até entrevista confirmando que estava trabalhando de garçonete e que não tinha vergonha disso.

Ela chegou a criticar o preconceito das pessoas com relação à função.

Perguntado se Gretchen chegou a trabalhar efetivamente, Cláudio disse que ela "fez o que quis".

A estratégia deu certo: segundo ele, hoje há uma fila para entrar no local, que só comporta 48 pessoas por vez.

"Está que não dá para entrar", afirmou ele, que disse que a amiga Gretchen deve passar no local ainda hoje, mas apenas como visitante.

Após a propaganda gratuita, o Netto's Cafe, que existe há quatro anos, deve entrar no roteiro turísticos dos brasileiros que passarem pela cidade. (Fonte: Folha Online)

terça-feira, 27 de setembro de 2011

TSE aprova registro nacional do PSD, partido de Gilberto Kassab

Por 6 votos a 1, TSE aprovou criação do PSD, 28º partido do Brasil (Foto: Nelson Jr./ASICS/TSE)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta terça-feira (27) o registro nacional do PSD (Partido Social Democrático), fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. A decisão, por 6 votos a 1, permite que a nova sigla filie candidatos e concorra nas eleições municipais de 2012.

Além da relatora do processo, ministra Nancy Andrighi, votaram a favor do registro os ministros Marcelo Ribeiro, Teori Zavascki, Arnaldo Versiani, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski. Contra, apenas o ministro Marco Aurélio Mello.

Com a criação do PSD, o Brasil passa a ter 28 partidos políticos em atividade. Com a decisão desta terça, o partido de Kassab poderá disputar as eleições municipais, sob o número 55. Mas ainda há riscos aos planos do prefeito de São Paulo para o pleito do ano que vem.

O advogado do DEM, Fabrício Medeiros, disse que vai recorrer contra a criação do PSD no Supremo Tribunal Federal (STF). Diante de denúncias de fraudes na coleta de assinaturas de apoio de eleitores, que marcaram o processo de nascimento do PSD, a nova sigla corre também o risco de ter seu registro impugnado caso alguma irregularidade seja comprovada na Justiça.

Depois de uma sessão marcada por embates na última quinta-feira (22), o julgamento foi retomado nesta terça a partir do voto do ministro Marcelo Ribeiro, que havia pedido vista. O impasse se criou diante das dúvidas de alguns ministros quanto à autenticidade das assinaturas de apoio, exigidas por lei e alvo de questionamentos durante o processo de registro.
saiba mais

A lei exige a assinatura de no mínimo 491 mil eleitores e o PSD apresentou 538.263 assinaturas, porém divididas em listas autenticadas apenas por cartórios eleitorais e outras que foram consolidadas por TREs.

A divergência principal ocorreu porque a Lei dos Partidos, de 1995, determina a comprovação do apoio por meio dos cartórios eleitorais, mas uma resolução, editada pelo TSE no ano passado, determina que os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) devem emitir documentos para comprovar que o partido obteve o apoio necessário. Mas a maioria dos ministros entendeu que as assinaturas certificadas apenas por cartórios deveriam ser aceitas para comprovar os apoios em nível naciona, o que a lei permite.

Em seu voto, o ministro Ribeiro afirmou que não seria possível rejeitar as assinaturas de apoio certificadas apenas pelos cartórios eleitorais, porque a lei permite esse tipo de comprovação. Na interpretação do ministro, a única razão para que os TREs consolidem as assinaturas é a criação do diretório eleitoral no estado. Para Ribeiro, se o objetivo era apenas comprovar em nível nacional o número de apoios, bastavam as certidões de cartórios eleitorais.

“Os TREs não consolidam apenas por consolidar. Não os compete examinar para atestar apenas a sua regularidade. Exercem tal função como meio para atingir a finalidade que é aprovação de juízo de valor sobre o diretório regional. Nessa hipótese não vejo por quê aplicar a lei. A meu juízo não só a lei prescreve que as certidões cartorárias serão entregues ao TSE como a resolução não contraria tal regra”, afirmou Ribeiro.

O voto do ministro foi seguido pela maioria dos colegas. O ministro Teori Zavascki já havia se pronunciado na primeira parte julgamento, sugerindo que fossem investigadas as denúncias de irregularidades. Nesta quinta, no entanto, ele mudou de voto e aprovou a criação da legenda.

“Para efeito de registro de diretório faz sentido que o tribunal [regional] consolide, mas para efeito de comprovar o caráter nacional se exige muito mais e é aqui que entraria a lei. E não há como negar que a lei admite essa prova mediante certidão direta de cartório”, afirmou Zavascki.

Na primeira parte da sessão, a relatora do caso no TSE, ministra Nancy Andrighi, já havia votado pela liberação do registro e, ao verificar as assinaturas, afirmou ter feito uma “uma operação matemática” para afastar possíveis duplicidades de assinaturas.

De acordo com a contagem da relatora, o PSD apresentou 514,9 mil assinaturas válidas. A ministra disse que mais de 27 mil apoios foram retirados por problemas de formato das certidões dos cartórios eleitorais.

Nancy Andrighi afirmou que não analisou as denúncias de fraude apresentadas durante o processo. Segundo ela, o Ministério Público poderá investigar se houve crime eleitoral, depois de criado o partido.

“Eventuais índicos de ilícitos no processo de coleta de apoiamento estão submetidos ao crivo do Ministério Público Eleitoral, titular da ação penal, que poderá requerer a instauração de inquérito criminal”, disse a ministra relatora.

Contrário
Único a votar contra a criação do PSD, o ministro Marco Aurélio Mello não aceitou as assinaturas apresentadas pelo partido de Kassab sem a verificação dos TREs. Para Mello, a nova legenda teria de ter seguido as regras tanto da lei, quanto da resolução do TSE. O ministro defendeu a extinção do processo de criação do PSD.

“Aprendi desde cedo que é muito difícil consertar o que começa errado e sempre tive presente que no Direito, com princípios, institutos, o bem justifica o fim, mas não o fim ao meio e que a segurança jurídica é o preço módico que pagamos inclusive para viver em um estado democrático de direito e que a segurança jurídica pressupõe o respeito irrestrito às regras”, disse Mello.

Fraudes
Entre as fraudes apontadas estavam troca de assinaturas por cestas básicas, duplicidade de assinaturas e a inclusão de eleitores que já morreram na lista de apoiadores exigidos por lei. A defesa negou as irregularidades (leia abaixo).

A vice-procuradora-geral eleitoral, Sandra Cureau, se posicionou contra a criação do PSD na última quinta. Ela afirmou que as supostas fraudes denunciadas serão investigadas pelas procuradorias eleitorais dos estados de São Paulo, Bahia, Distrito Federal, Tocantins e Rio de Janeiro.

Depois de verificar todas os documentos do processo, Sandra Cureau voltou a dizer que o PSD não apresentou o número mínimo de assinaturas, exigidos por lei. Segundo ela, o partido de Kassab trouxe menos da metade da quantidade necessária de apoios.

“Tanto para a Lei da Compra de Votos como para a Lei da Ficha Limpa, se conseguiu após muitos meses 1 milhão de apoiamentos e ouço do partido requerente que pretende aqui dizer que conseguiu em 6 meses 1 milhão de assinaturas. É pelo menos estranha essa afirmativa levando em conta situações em que o cidadão brasileiro estava extremamente envolvido”, disse a vice-procuradora.

Os partidos DEM e PTB, que contestaram o registro do PSD, também falaram no plenário contra a criação do partido de Kassab, ex-DEM. Segundo as legendas, o PSD não cumpriu as regras eleitorais.

Defesa
Ainda na primeira parte do julgamento, na última quinta, o advogado do PSD, Admar Gonzaga atribuiu as denúncias à “infiltração de adversários” para atrapalhar o processo de criação do partido de Kassab.

“Algumas pessoas de má conduta, espertos querendo resolver logo o problema, fizeram o que não deviam. Mas para isso há procedimento próprio após o registro do partido par verificar se houve mesmo. Temos prova de houve forte processo de infiltração de adversários no processo de coleta de assinaturas. [Essas pessoas] Se apresentavam em nome de pessoas já falecidas, com título de eleitor”, disse Gonzaga.

O advogado citou ainda uma lista de dificuldades que, segundo ele, teriam atrasado os procedimentos de registro da nova sigla. Entre os problemas, foram mencionadas a falta de preparo para dos cartórios eleitorais, a demora no cumprimento do que determina as regras, e a falta de método para a checagem das assinaturas nos estados.
(Fonte: G1.com).

Vale deve distribuir US$ 9 bi a acionistas em 2011

A Vale deve distribuir US$ 9 bilhões aos acionistas em 2011, maior valor da história da mineradora e três vezes a cifra do ano passado. Nesta segunda-feira, a companhia anunciou, em comunicado, a proposta da diretoria de pagamento adicional de US$ 1 bilhão em remuneração aos acionistas.

A proposta será encaminhada ao Conselho de Administração da mineradora e compreende o pagamento da segunda parcela de remuneração mínima aos acionistas em 2011, no valor de US$ 2 bilhões, e a remuneração adicional de US$ 1 bilhão.

A Vale já pagou remuneração extraordinária aos acionistas no início do ano e a primeira parcela de dividendos mínimos a partir do fim de abril, além de remuneração adicional no fim de agosto. Somando os valores pagos anteriormente aos US$ 3 bilhões agora - US$ 2 bilhões de remuneração mínima e US$ 1 bilhão adicionais -, chega-se ao total de US$ 9 bilhões.

Além disso, a Vale está no meio de um programa de recompra de ações de até US$ 3 bilhões que vai até 25 de novembro. "O retorno de caixa aos acionistas de até US$ 12 bilhões evidencia nosso compromisso em otimizar a alocação de capital e a maximização do retorno para o acionista", destacou a mineradora.

A remuneração ao acionista agora de US$ 3 bilhões é equivalente a US$ 0,579472982 por ação ordinária ou preferencial em circulação. O Conselho da Vale apreciará a proposta da diretoria na reunião agendada para 14 de outubro. Todos os investidores com ações da Vale na Bovespa em 14 de outubro terão direito à remuneração. Para os donos de ADRs em Nova York e na Euronext Paris, a data será 19 de outubro. Para os detentores de HDRs em Hong Kong, a data de corte também será 19 de outubro. (Fonte: Terra.com).

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Instituto de Mineração discute medidas para setor

A mineração é o setor industrial de maior expressão no Estado do Pará. Mais de 90% da pauta de exportação paraense é referente a venda de minérios ao mercado internacional. Até 2014, o setor será responsável pela injeção de mais de U$ 50 bilhões em investimentos na economia do Estado. Discutir a mineração como forma de crescimento mundial é o objetivo do 14º Congresso Brasileiro de Mineração, iniciado nesta segunda-feira, 26, na capital mineira, em Belo Horizonte.

O congresso, que acontecerá até a próxima quinta-feira, 29, é promovido pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) que realiza, concomitantemente ao evento, a Exposição Internacional de Mineração – Exposibram.

Durante a abertura do evento, o presidente do Ibram, Paulo Camillo Vargas Penna, afirmou que o setor vem conquistando números bastante significativos para a economia brasileira, sendo responsável por 4% do Produto Interno Bruto (PIB) e 25% das exportações paraenses e que, apesar da atual crise financeira mundial, espera um crescimento médio de 4%.

“Havia, até o final do ano passado, um déficit no mercado transoceânico, entre oferta e demanda de 90 milhões de toneladas. Ocorre que surgiu um fato novo, o terremoto japonês. Isso, juntamente com o crescimento econômico de alguns países, como a China, implicará num crescimento médio de 4% no setor, o que não ocorre desde os anos 70”, ressaltou Paulo Camillo.

Apesar do conjunto de impostos, taxas, tributos e compensações que impactam na competitividade do setor, contribuindo para a variação de 49% no valor exportado do minério de ferro bruto paraense na comparação deste ano com 2010, o dirigente do Ibram disse que o cenário mundial é de demanda em alta. “O crescimento de algumas economias mundiais e o terremoto japonês aqueceram a demanda pelo minério de ferro. Isso quer dizer que, apesar das sobretaxas, este produto continuará em alta no mercado internacional, não apresentando riscos para a economia paraense”, analisou.

Legislação - Na ocasião da abertura do congresso, o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Cláudio Scliar, que representou o ministro Edison Lobão, foi enfático ao declarar que a proposta da nova legislação discutida em âmbito do executivo federal “não vai criar problemas para a competitividade das empresas”.

A nova legislação, que vem sendo organizada pelo governo para apreciação e votação no Congresso Nacional, deverá trazer três projetos de lei: o de alteração da Contribuição Financeira pela Exploração dos Recursos Minerais (CFEM), o que substituirá o atual Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM pela Agência Nacional de Mineração e o que cria o novo marco regulatório da mineração.

Sustentabilidade - Além de debater medidas que dêem maior competitividade ao setor mineral, o congresso apresenta ações que promovam a sustentabilidade ambiental. O segmento da mineração é pioneiro, no Brasil, no desenvolvimento Inventário de Gases de Efeito Estufa do Setor Mineral.

“A mineração evoluiu muito nos últimos anos. Absorveu tecnologia e várias práticas de atuação com sustentabilidade, nos dias atuais, nos dá segurança em dizer que é possível você trabalhar o conceito de geodiversidade juntamente com o conceito de biodiversidade no momento do uso do solo. Isso tem sido feito e os resultados estão sendo sentidos não só pelas mineradoras, mas também nas comunidades do entorno, que saem ganhando com essas boas práticas. O inventário é um exemplo dessas práticas sustentáveis”, enfatizou o coordenador executivo do Ibram Amazônia, André Reis.

O inventário, desenvolvido pelo Ibram, é uma espécie de diagnóstico da emissão de gases por atividade mineral, de forma que, com base nesse documento, o segmento possa planejar a melhor maneira de reduzir os impactos ambientais.

Nesta terça-feira, 27, a secretária de Estado de Meio Ambiente do Pará, Tereza Cativo, participará do workshop “As novas dinâmicas do licenciamento ambiental”. Ela apresentará o processo de licenciamento ambiental no Estado do Pará, destacando os desafios e as perspectivas para reduzir os custos e a complexidade dos procedimentos ambientais. (Fonte Ascom Fiepa)

Paysandu: bom começo na luta pelo acesso à Série B

Rafael Oliveira aproveitou a bola na área e fuzilou a rede adversária (Foto: Cezar Magalhães)

O Paysandu começou muito bem a briga pelo acesso à Série B do Campeonato Brasileiro de 2012, ao vencer o América (RN) por 1 a 0, ontem à tarde, na Curuzu, num jogo muito disputado, em que o gol que garantiu os três pontos ao Papão só foi marcado aos 41 minutos do segundo tempo. A vitória também dá ao time alviceleste o primeiro lugar do grupo E da Terceirona, uma vez que a partida entre as outras duas equipes da chave, CRB (AL) e Rio Branco (AC), terminou empatada em 0 a 0, no sábado (24).

No início do jogo, o Paysandu teve dificuldades para quebrar o sistema do adversário, que atuou com três zagueiros e marcou bem os jogadores do Papão, sobretudo os meias. Mas depois dos 15 minutos iniciais as jogadas começaram a ser criadas, embora os atacantes Josiel e Rafael Oliveira não tenham concluído com êxito as melhores oportunidades dos bicolores na primeira etapa. Os visitantes levaram pouco perigo ao gol de Alexandre Fávaro, que só teve trabalho num chute cruzado e em outros dois lances de jogadas aéreas, uma vez que o América possui um grupo formado por jogadores de alta estatura.

A equipe bicolor não conseguiu voltar para o segundo tempo no mesmo ritmo dos 45 minutos iniciais. Com isso, o time potiguar aproveitou para sair mais ao jogo, sem perder o poder de marcação no campo defensivo. O jogo ficou ainda mais aberto quando o técnico Edson Gaúcho colocou Robinho, Thiago Potiguar e Heliton, jogadores de velocidade, que colocaram o Paysandu ainda mais presente no campo de ataque, embora as chances de gols para os donos da casa tenham diminuído na etapa final da partida.

Quando a disputa ainda estava em 0 a 0, aos 40 minutos, o América perdeu a melhor chance de gol, com Max, que recebeu livre de marcação na área bicolor, mas chutou desequilibrado e desperdiçou. Um minuto depois o Papão respondeu de forma crucial. Rafael Oliveira recebeu lançamento, passou pelo marcador e chutou sem chances de defesas para o goleiro Fabiano, garantindo a vitória bicolor na estreia da 2ª fase.

DISPENSA
O goleiro Dida faltou o treinamento do último sábado (24) alegando uma diarreia, mas a justificativa não foi convincente e o atleta acabou demitido pela diretoria a pedido de Edson Gaúcho. Com isso, o goleiro Paulo Victor, revelado pelo clube, assume a condição de terceiro arqueiro bicolor.

O artilheiro sempre surge na hora certa
Ele já marcou 25 gols na temporada 2011, mas ontem à tarde precisou balançar as redes apenas uma única vez para dar ao Paysandu a vitória e a liderança do grupo E da Série C. Pelo terceiro jogo consecutivo o atacante Rafael Oliveira deixou a sua marca na competição, desta vez um gol na abertura do quadrangular da Terceirona, o que colocou o Papão um passo à frente dos outros três concorrentes na briga por uma vaga à Série B.

Na análise do jogador foi o jogo mais difícil do time neste campeonato, mas ele espera por partidas ainda mais complicadas. “A primeira batalha já foi. Agora faltam mais cinco para a gente conseguir o acesso”, lembra Rafael, que comenta a vitória apertada. “Eles vieram para se defender e assim é complicado de jogar. O calor também estava imenso, mas dentro de casa nós tomamos uma atitude e jogamos pra frente”, ressalta.

Depois de se destacar na primeira fase do Paraense deste ano, Rafael teve uma média de gols muito baixa no returno da competição. No início da Série C ele também seguiu sem balançar as redes, mas agora acredita que reencontrou o caminho do gol. “Eu nunca baixei a cabeça, sempre trabalhei. Agora é melhorar mais ainda”, diz. (Fonte: Diário do Pará)

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Em nota, CNBB apoia manifestações contra corrupção

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) acaba de divulgar uma nota de apoio às manifestações contra a corrupção que têm ocorrido no País, entre elas a marcha ocorrida em Brasília no dia 7 de Setembro. De acordo com a nota, essa "crescente interpelação da sociedade para melhor qualificar, social e eticamente, os seus representantes e outros poderes constituídos" representa uma "nova forma significativa do exercício da cidadania".

A CNBB volta a reformar no documento divulgado a necessidade de aplicação da Lei da Ficha Limpa, cuja criação contou com o apoio das pastorais sociais da Igreja Católica. O texto chama a atenção dos movimentos para que insistam na defesa de medidas efetivas no combate à corrupção, sem "moralismos estéreis". Uma dessas medidas seria a reforma política. (Fonte: Estadão.com.br)

Túlio Maravilha: "Meu maior arrependimento foi ter saído do Botafogo"

Atacante guarda milésimo gol para a volta ao Alvinegro

O acerto entre Túlio Maravilha e o Bonsucesso, clube recém-promovido à Primeira Divisão do estadual, pegou o futebol carioca de surpresa e trouxe o simpático time da Leopoldina, antes esquecido pela mídia, de novo para os holofotes. Túlio chegou com o bom humor de sempre, anunciando que "o Rei do Rio voltou". O artilheiro tinha um objetivo ousado: marcar cerca de 20 gols e ajudar a equipe a vencer a Copa Rio, competição que dá vagas para o Campeonato Brasileiro da Série D e a Copa do Brasil. O milésimo gol - ele está hoje com 973 - ele guarda para marcar pelo clube que o consagrou: o Botafogo.

Em paralelo com a competição, a equipe vem realizando amistosos. Além de ajudar o experiente atacante de 42 anos a alcançar a marca histórica, o que se tornou uma obsessão pessoal, as partidas servem para o clube testar jovens jogadores, que participam de uma espécie de “Big Brother” para conseguir uma vaga no elenco que disputará o próximo Cariocão.

>> Garçons do Bonsucesso recebem "gorjeta" a cada gol de Túlio.(Fonte: JB Online)

Jatene: caso da jovem violentada será solucionado

Jatene disse à comitiva dos direitos humanos que adotará medidas (Foto: Wagner Almeida)

O governador Simão Jatene reiterou ontem que a presença de adolescentes ou mulheres na Colônia Agrícola Heleno Fragoso não era de conhecimento da Secretaria de Segurança Pública. O governador disse, no entanto, que a situação de precariedade da casa penal era conhecida, mas criticou o que chamou de política do ‘ao...ao’. “Temos que acabar com essa coisa de que ao se mandar um documento informando a situação a pessoa se exime de responsabilidade. Isso de mandar ‘ao...ao’ e pronto”.

Jatene garantiu que o caso da adolescente abusada sexualmente na colônia agrícola não ficará sem solução. “Esse governo não varre coisas para baixo do tapete”, disse.

O governador também recebeu uma comissão formada pela representante da secretaria nacional de Direitos Humanos, Deise Benedito, e por Domingos Silveira, ouvidor Nacional de Direitos Humanos da presidência da República. “Entendemos que esse não é um caso pontual, é um caso sério de repetição de situações”, disse o ouvidor, referindo-se a um caso similar ocorrido em Abaetetuba em 2007, quando uma adolescente foi colocada junto a presos numa delegacia por 26 dias. “A nossa vinda é para cobrar providências e auxiliar nas soluções”, disse Silveira.

SUGESTÕES
Apesar de se dizer feliz com a presença da comissão, o governador mostrou-se nitidamente contrariado com o fato de estar vendo o governo ser colocado contra a parede no caso da adolescente. “Não coloco em cheque o diagnóstico que foi feito (a respeito da situação carcerária), mas espero também que haja sugestões. O orçamento do Estado está disponível”, disse. Jatene reiterou que o problema não é só do Pará. “É geral e é hipócrita quem diz que não”, afirmou.

A comissão do Senado e os representantes da Secretaria Nacional de Direitos Humanos estiveram anteontem na Colônia Agrícola Heleno Fragoso, acompanhando deputados estaduais. Presos foram ouvidos pelos parlamentares, que se disseram chocados com a situação da colônia.

PROSELITISMO
Jatene fez críticas indiretas aos deputados. “Quando fomos oposição não fizemos proselitismo com o caso semelhante”. O governador disse esperar que dessa vez, haja, por parte do governo federal, uma solução diferente. “Não só nesse caso específico. Precisamos que a Amazônia seja vista pelas suas causas e não pelos seus causos”.

O ouvidor Domingos Silveira disse que o Governo Federal tem um pacote de investimentos para penitenciárias no Brasil. Jatene respondeu que espera ver o ouvidor novamente depois para que percebam a aplicação do dinheiro repassado.
(Fonte: Diário do Pará)

TSE testa urnas eletrônicas para o plebiscito no Estado

Técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estão desde o dia 19 em Belém testando o sistema operacional das urnas que serão utilizadas no plebiscito sobre a divisão do Pará, que vai ocorrer a 11 de dezembro. Ao todo, serão utilizadas 15 mil urnas eletrônicas e 277 pontos de transmissão de dados via satélite. A meta da Justiça Eleitoral é de que a apuração seja concluída até a meia noite.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Marco Antonio Fagundes de Moraes, o teste de campo, como é chamado este tipo de treinamento, tem por objetivo simular como o sistema vai se comportar no dia do pleito, desde a etapa de geração das mídias, passando pela preparação das urnas, a transmissão dos dados, totalização e a divulgação do resultado. Para este teste foram utilizadas 16 urnas da capital para efeito de amostragem.

'Na prática estamos vendo como o sistema se comporta. Este teste de campo é importante para que possamos identificar possíveis erros que possam vir a ser apresentados, coletar informações, enfim, saber como o sistema vai suportar a quantidade de dados transmitidos', afirmou. (Fonte: Portal ORM).

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

RN: VEJAM OS GASTOS DOS DEPUTADOS ESTADUAIS EM SETE MESES

Os deputados estaduais Ricardo Motta (PMN) e Vivaldo Costa (PR) foram os campeões em gastos da verba parlamentar nos primeiros sete meses de 2011.

Cada um gastou R$ 168.405,30, com a chamada de gabinete. A média por mês alcançada pelos dois parlamentares foi de R$ 24.057,90. Ou seja, eles gastaram o máximo permitido para ser reembolsado mensalmente pelos cofres públicos.

A terceira colocada no ranking da verba foi a deputada Gesane Marinho (PMN), que recebeu R$ 168.063,88 de reembolso nos primeiros sete meses de 2011. O quarto lugar ficou com o deputado Ezequiel Ferreira (PTB), que contabilizou gasto de R$ 167.756,77.

01. VIVALDO COSTA R$ 168.405,30

02. RICARDO MOTTA R$ 168.405,30

03. GESANE MARINHO R$ 168.063,88

04. EZEQUIEL FERREIRA R$ 167.756,77

05. NELTER QUEIROZ R$ 167.632,81

06. GUSTAVO CARVALHO R$ 166.188,83

07. POTI JUNIOR R$ 165.806,06

08. DIBSON NASSER R$ 164.669,02

09. GILSON MOURA R$ 164.578,41

10. RAIMUNDO FERNANDES R$ 164.095,85

11. TOMBA FARIAS R$ 163.552,20

12. HERMANO MORAIS R$ 163.398,72

13. GEORGE SOARES R$ 161.756,59

14. FABIO DANTAS R$ 160.301,23

15. GETULIO REGO R$ 159.670,55

16. GUSTAVO FERNANDES R$ 159.655,08

17. FERNANDO MINEIRO R$ 156.467,41

18. ANTONIO JACOME R$ 155.058,59

19. MARCIA MAIA R$ 154.691,48

20. LEONARDO NOGUEIRA R$ 154.193,65

21. LARISSA ROSADO R$ 151.635,83

22. JOSE DIAS R$ 147.367,22

23. WALTER ALVES R$ 129.546,22

24. AGNELO ALVES R$ 124.483,04

(Fonte:annaruth).

Deputado Paraibano quer quase 50% da Mega-Sena para o combate às drogas

O deputado e vice-presidente da Comissão Especial de Combate às Drogas da Câmara Federal, Wilson Filho (PB), vai insistir no segundo semestre legislativo na aprovação do seu Projeto de Lei 1576/2011, que prevê a realização de um concurso especial da Mega-Sena, em que 47,37% dos recursos arrecadados sejam destinados para o Fundo Nacional de Antidrogas (Funad).

“Nós temos que sair da teoria para a prática e juntar recursos para o combate às drogas, sem o que não será possível enfrentar esse mal que vem destruindo parte da juventude brasileira”, enfatizou Wilson Filho.

Para o autor do projeto, os programas de prevenção às Drogas não dispõem de recursos, por isso, o montante arrecadado na loteria seria fundamental para evitar que mais jovens estejam sujeitos aos apelos de traficantes. A justificativa para o projeto é baseada no agravamento da situação do comércio e da utilização de drogas ilegais no País. “Sua utilização por crianças e adolescentes vem sendo mostrada pela imprensa e tem se agravado com uma rapidez surpreendente”, afirma o parlamentar.

Como exemplo, de acordo com o Relatório Mundial sobre Drogas da ONU deste ano, o Brasil apresenta o maior número de usuários de cocaína da América do Sul, são 900 mil. Junto com a Argentina e o Chile, soma dois terços de todos os usuários da droga no continente.

Nos últimos anos, apreensões de cocaína também têm aumentado significativamente no Brasil. Em 2004 foram apreendidas oito toneladas, e em 2009, foram 24 toneladas métricas. No ano passado, o País apreendeu 2.740 pílulas de ‘ecstasy’. Segundo o escritório contra drogas e crime da ONU, as drogas provocam 20 mil mortes ao ano em todo o mundo.

Para o deputado, contra esse lamentável cenário é que têm se movimentado as vontades políticas e a população se mobilizado na busca de soluções concretas para enfrentá-lo. “Estamos diante de um fenômeno grave e que exige de nós medidas urgentes para a implementação de programas de enfrentamento ao uso de drogas.”
(Fonte: Exatas News).

Jader Barbalho manda cartas para a casa dos ministros do STF

Jader Barbalho (PMDB-PA)

Sem sucesso pela via judicial e sem ver as mensagens que mandou por e-mail aos ministros do Supremo Tribunal Federal surtirem efeito, o senador eleito Jader Barbalho (PMDB-PA) decidiu incomodar. Junto com os jornais da manhã ou com as correspondências que os aguardam ao final do dia em casa, os ministros têm recebido com frequência uma carta do senador, na qual ele pede recomendações sobre que providências deve tomar para assumir seu mandato no Senado.

Somente este mês, foram três cartas com o mesmo teor da mensagem eletrônica que, antes, Jader havia mandado aos gabinetes dos ministros. Uma missiva por semana. As cartas, enviadas por Sedex e com aviso de recebimento, só pararam de chegar depois da greve dos Correios, que hoje completa oito dias.

Parte dos ministros se incomodou com as cartas. Questionam como o senador conseguiu seus endereços e se mostram constrangidos. Alguns afirmaram que réus em inquéritos penais, como é o caso do senador, não deveriam ter acesso a seus endereços residenciais, já que trâmites processuais, até por questão de segurança, devem ser tratados no tribunal.

Jader Barbalho teve o registro de sua candidatura rejeitado antes das eleições de 2010 com base na Lei Complementar 135/10, a chamada Lei da Ficha Limpa. Como em março o Supremo decidiu que a lei não poderia ser aplicada às eleições passadas, teoricamente seu registro foi deferido e, com 1,79 milhão de votos, ele deveria tomar posse do cargo.

O senador foi o segundo mais votado nas eleições, atrás de Flexa Ribeiro (PSDB), com 1,81 milhão. Depois de Jader, ficaram Paulo Rocha (PT), com 1,73 milhão de votos, e Marinor Brito (PSOL), que teve 727 mil. É Marinor quem hoje exerce a segunda vaga do Senado destinada ao estado do Pará, porque Jader e Rocha tiveram os registros indeferidos antes das eleições.

Na carta, Jader Barbalho compara a situação de seu processo no Supremo à atuação da Comissão Verificadora de Poderes da República Velha, conhecida como Comissão da Degola: "Recuso-me imaginar, face sua história, que o Supremo Tribunal Federal ao manter no Senado como representante do Pará, de forma ilegítima, a última colocada nas eleições, regrida historicamente ao início da República Velha, quando a famigerada Comissão de Depuração do Senado, conhecida também como "Comissão da Degola", transformava eleitos em derrotados e derrotados em eleitos, em flagrante desrespeito à cidadania e à democracia."

Vai e volta
O recurso de Jader Barbalho contra a Lei da Ficha Limpa ficou parado por conta da licença médica do ministro Joaquim Barbosa, relator do processo. Barbosa saiu de licença médica em 15 de junho para se submeter a uma cirurgia no quadril.

A licença terminou em 4 de julho e não foi renovada por conta do recesso do Supremo e dos tribunais superiores. Em julho, os tribunais não fazem sessões e o presidente fica de plantão para decidir apenas os casos urgentes. Em 1º de agosto, o ministro renovou a licença por 30 dias. O ministro voltou ao trabalho no tribunal em 30 de agosto, mas ainda sem participar das sessões.

Nesse meio tempo, Jader Barbalho teve quatro pedidos liminares rejeitados por outros ministros e o presidente do Supremo, ministro Cezar Peluso, chegou a tirar o recurso da relatoria de Joaquim Barbosa e redistribuí-lo junto com o de Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), que está na mesma situação de Jader Barbalho.

Com a volta do ministro Barbosa ao trabalho, Peluso devolveu a ele a relatoria dos recursos em 2 de setembro. Até agora, não houve qualquer manifestação do ministro nos processos. Nesta terça-feira (20/9), Mais uma liminar foi negada a Jader Barbalho, desta vez pelo ministro Luiz Fux. (Fonte: Folha.com).

Neto de Mário Covas pode disputar prefeitura de São Paulo

O neto de Mário Covas é apontado como o preferido de Geraldo Alckmin

O secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas (PSDB) disse ontem à cúpula do partido que vai transferir seu título eleitoral de Santos para a capital paulista. A mudança eleitoral é um requisito fundamental para que ele possa concorrer à eleição paulistana.

Esse ato foi encarado como um sinal de que ele vai entrar na disputa interna pela candidatura do PSDB à sucessão do prefeito Gilberto Kassab. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
O neto de Mário Covas é apontado como o preferido de Geraldo AlckminO neto de Mário Covas é apontado como o preferido de Geraldo Alckmin

A movimentação foi iniciada por aliados do governador Geraldo Alckmin após recusas do ex-governador José Serra e do senador Aloysio Nunes. Covas tem 6% das intenções de voto segundo última pesquisa do instituto Datafolha. (Fonte: JB Online).

Furnas terá de contratar terceirizado aprovado em concurso para a própria vaga

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a agravo de instrumento interposto por Furnas Centrais Elétricas S. A. contra decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP) que determinou a contratação de um candidato aprovado em concurso público para exercer na empresa a mesma função que já exerce na condição de terceirizado. O relator, ministro Walmir Oliveira da Costa, rejeitou a argumentação da empresa de que o concurso se destinava apenas a formação de cadastro de reserva.

O autor da ação foi aprovado em maio de 2004 no concurso realizado por Furnas para exercer o cargo de especialista em manutenção eletroeletrônica – o mesmo que ocupava por meio de empresa interposta –, mas não foi convocado para exercê-lo. Interpôs mandado de segurança inicialmente negado pelo juízo de primeiro grau com o entendimento de que a aprovação no concurso gera apenas “expectativa de direito”, sobretudo no caso de concurso para formação de cadastro de reserva.

O TRT-SP, porém, ao julgar recurso ordinário contra essa decisão, determinou a formalização do contrato. A decisão levou em conta decisão prolatada em ação cautelar proposta pelo Ministério Público do Trabalho, que dava conta de que a empresa mantinha em sua estrutura, sem aprovação em concurso, 2.133 trabalhadores atuando em sua atividade-fim.

Para o Regional, a aprovação, diante da existência efetiva de vagas, ocupadas irregularmente por terceirizados, dava ao candidato o direito subjetivo de ser contratado – ainda mais quando, como no caso, a vaga estava sendo ocupada, de forma terceirizada, por ele mesmo. “Como regra geral, a nomeação depende da existência de vagas e da conveniência da administração. O direito à nomeação é inconteste, entretanto, no caso de preterição”, afirma o Regional, citando a Súmula nº 15 do Supremo Tribunal Federal, segundo a qual, “dentro do prazo de validade do concurso, o candidato aprovado tem direito à nomeação quando o cargo for preenchido sem observância da classificação”.

A empresa interpôs então o agravo de instrumento com a pretensão de ter seu recurso de revista examinado pelo TST. Insistiu que o objetivo do concurso era apenas formar o cadastro de reserva, e que a contratação do candidato não respeitaria a ordem de classificação, o que violaria diversos dispositivos legais e constitucionais.

O ministro Walmir observou que, de fato, a aprovação em concurso, em si, não gera o direito à nomeação: exige-se, cumulativamente, que a aprovação se dê dentro do número de vagas e que se verifique a ordem de classificação. No caso, o relator constatou serem incontroversas tanto a aprovação quanto a existência de vagas, e lembrou que a decisão do TRT teve como fundamento a Súmula nº 15 do STF, que trata da preterição. Rejeitou, assim, a alegação de violação a dispositivos constitucionais e, ainda, as decisões supostamente divergentes apresentadas por Furnas, por serem inespecíficas. (Fonte: Carmem Feijó/TST)

Mega-Sena sorteia R$ 31 milhões nesta quarta-feira

Se colocado na poupança, valor pode render até R$ 220 mil por mês.

Apostas podem ser feitas, até as 19h, nas 11 mil lotéricas do país.

A Caixa Econômica Federal (CEF) sorteia as dezenas do concurso 1.321 da Mega-Sena nesta quarta-feira (21), em Curitiba. O prêmio acumulado estimado é de R$ 31 milhões
saiba mais

Segundo a Caixa, o prêmio de R$ 31 milhões pode render cerca de R$ 220 mil por mês, caso o vencedor invista o valor na poupança.

O valor ainda é suficiente para comprar uma frota de quase 1,2 mil carros populares.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) desta quarta-feira, em qualquer uma das 11 mil lotéricas do país. (Fonte: Uol.com).

Nova denúncia na AL envolve 422 servidores

Mônica é acusada de ser uma das cabeças do esquema de fraudes na AL (Foto: Mauro Angelo/Arquivo)

Sob a lupa do Ministério Público do Estado (MP) e da Receita Federal (RF) há quase oito meses, o setor de pessoal da Assembleia Legislativa do Pará (AL) continua sendo alvo de denúncias de irregularidades. E, mais uma vez, as denúncias vêm da ex-chefe do setor, Mônica Pinto. Em novo depoimento, Mônica contou ao promotor Arnaldo Azevedo que 422 servidores estão ocupando, ainda hoje, cargos que foram extintos pela lei que instituiu o Plano de Cargos, Carreiras e Salários da casa, aprovado em junho do ano passado.

Se comprovada a denúncia, significa que não há previsão legal para pagar os salários desses servidores, o que pode levar o atual presidente da AL, deputado Manoel Pioneiro (PSDB), a ser obrigado a devolver aos cofres públicos os recursos usados para o pagamento.

A novela que ainda promete muita dor de cabeça à atual gestão da AL começou em 2009. Na época, o então presidente da AL, Domingos Juvenil, promoveu uma minirreforma na estrutura de pessoal da AL. A mudança foi registrada no decreto de número 45, publicado no dia 18 de novembro daquele ano. O principal alvo foram os cargos em comissão. O decreto continha dois anexos com uma lista de cargos. O anexo dois listava os 422 cargos com DAS de um a três (salários que variam de R$ 1.600,00 a R$ 2.700,00).

Em junho do ano passado, foi publicado o Decreto Legislativo número 6, que implantou o famoso Plano de Cargos, Carreiras e Salários. No artigo 23 do PCCS foi determinado que seriam incorporados parte dos decretos legislativos 70 de 1990 (o plano de cargos anterior) e parte do decreto 45 - aquele que vinha com dois anexos. Apenas um dos anexos foi incorporado e com isso, acabaram sendo extintos os 422 cargos (do anexo 2), mas, em depoimento, Mônica Pinto garantiu que todos continuam ocupados. O DIÁRIO ouviu servidores do setor de pessoal que também confirmaram a informação.

O promotor Arnaldo Azevedo, que investiga as fraudes na AL, diz que será necessário apurar se os cargos extintos continuam mesmo ocupados. “Pode ter ocorrido também de as mesmas pessoas terem continuado na AL, mas em outros cargos. Precisamos avaliar”, disse. (Fonte: Diário Online).

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Vale abre inscrição para 1.129 vagas de estágio em dez Estados; bolsa-auxílio chega a R$ 900

A Vale está com inscrições abertas para seu programa de estágio que oferece 1.129 vagas destinadas a estudantes de ensino técnico e superior. As oportunidades estão distribuídas entre os Estados da Bahia (9), Espírito Santo (322), Goiás (5), Maranhão (44), Mato Grosso do Sul (2), Minas Gerais (565), Pará (93), Rio de Janeiro (50), São Paulo (30) e Sergipe (9).

Requisitos
Os estudantes de ensino técnico precisam ter formação prevista para dezembro de 2012 ou formado na parte teórica que ainda não tenha cumprido a carga horária de estágio obrigatório. Já os estudantes de ensino superior devem ter formação prevista entre dezembro de 2012 e dezembro de 2013, conhecimentos de inglês e de informática.

Cursos

Ensino técnico
Edificações, administração, automação, elétrica, eletromecânica, eletrotécnica, eletrônica, eletroeletrônica, enfermagem, estradas, geologia, informática, instrumentação, logística, mecânica, mecatrônica, metalurgia, mineração, portos, química e segurança do trabalho.

Ensino superior
Administração, análise de sistema, biblioteconomia, ciência da computação, ciências contábeis, ciências econômicas, economia, comunicação social, contabilidade, ciência da computação, direito, economia, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia da computação, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia mecatrônica, engenharia mecânica, engenharia metalúrgica, engenharia de produção, engenharia química, engenharia de controle e automação, engenharia de segurança, engenharia de materiais, engenharia de minas, engenharia de sistemas, geologia, gestão ambiental, informática, jornalismo, sistemas da computação, sistemas de Informação ou engenharia de software, publicidade e propaganda, relações públicas, secretariado e tecnologia da nformação.

Bolsa e benefícios
Os estagiários receberão bolsa-auxílio mensal que varia de R$ 600 a R$ 900, dependendo do curso e da carga horária (quatro ou seis horas). A empresa também oferece assistência médica, seguro de vida, vale-transporte e vale-refeição.

Inscrição
Os interessados devem se inscrever, até o dia 9 de outubro, no site www.vale.com/oportunidades.

Seleção
O processo seletivo será composto por prova on-line, dinâmica de grupo e entrevistas. Os estagiários iniciarão as atividades a partir de fevereiro de 2012.
(Fonte: UOL Notícias).

LICITAÇÃO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURIONÓPOLIS

Diário Oficial Nº. 32001 de 19/09/2011

MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURIONÓPOLIS

Número de Publicação: 284053

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURIONÓPOLIS

AVISO DE LICITAÇÃO

MODALIDADE: Tomada de Preços nº 15092011/01. TIPO: Menor Preço Global. OBJETO: AQUISIÇÃO DE TORRE DE FERRO ALTO-PORTANTE PARA INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE TELEFONE NO DISTRITO DE SERRA PELADA MUNICÍPIO DE CURIONÓPOLIS. DATARECEBIMENTO PROPOSTAS: 05 de Outubro de 2011. HORA: 10:30hs. LOCAL DE AQUISIÇÃO DO EDITAL: Sala da CPL, no prédio da Prefeitura, sito a Av. Minas Gerais, nº 190 – Centro – de segunda a sexta – feira de 08:00 as 12:00 hs, até o dia 29/09/2011, não enviamos via: correio, fax ou e-mail – Curionópolis, 15 de setembro de 2011 – Elizabeth Botelho da Silva – Presidente da CPL.

Política - Dilma Rousseff é capa da revista 'Newsweek'

Reportagem aborda o governo, a história política e a vida pessoal da presidente

A presidente Dilma Rousseff, que chegou [ontem] a Nova York para abertura de sessão histórica na ONU, é capa da próxima edição da revista 'Newsweek' internacional e da edição nacional americana. É a primeira vez que há destaque em mais edições da publicação para uma capa sobre o Brasil. A revista deve chegar às bancas nesta semana.

Com o título 'Don't mess with Dilma' (em tradução literal 'Não mexa com a Dilma'), a reportagem principal aborda o governo, a história política e também a vida pessoal da presidente.

A revista cita detalhadamente o crescimento econômico do Brasil e a participação de Dilma nesse processo de mudanças, iniciado com a gestão Lula. O assunto é endossado pela frase do presidente dos EUA, Barack Obama, quando esteve no Rio de Janeiro em março deste ano, dizendo que o Brasil era o país do futuro. Dilma será a primeira mulher a abrir uma Assembleia Geral da ONU, fato descrito como positivo e influente.

Na matéria, a presidente afirma saber do potencial brasileiro e pergunta ao repórter da 'Newsweek' se ele sabe qual é a diferença entre o Brasil e o resto do mundo. A própria Dilma responde dizendo que, em nosso País, os instrumentos de controle políticos existentes são fortes o bastante para combater um crescimento mais lento ou até a estagnação da economia mundial - diferente de outros países.

Segundo Dilma, o Brasil pode cortar as taxas de juros porque fez um empréstimo cauteloso e tem um Banco Central rígido.

Na entrevista, Dilma confessa que, quando criança, queria ser bailarina ou bombeira. Para ela, uma menina querer ser presidente é um sinal de progresso. Dilma também fala sobre sua passagem pela prisão, época em que fazia parte de um grupo revolucionário político, e que, por conta disso, aprendeu a ter esperança e paciência. (Fonte: Estadão.com.br.

sábado, 17 de setembro de 2011

Jean retoma liderança do Prêmio Congresso em Foco

Voto a voto: deputados do Psol protagonizam a disputa mais acirrada no momento

A disputa está apertadíssima. Um dia depois de perder o primeiro lugar entre os melhores deputados, ele volta a aparecer à frente de Chico Alencar. Diferença entre os dois é de 14 votos, segundo a última parcial,

Eles são do mesmo partido e do mesmo estado. Mas protagonizam agora a disputa mais acirrada do Prêmio Congresso em Foco. O deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) retomou hoje (13) a liderança que havia perdido ontem para seu colega Chico Alencar (Psol-RJ) na categoria de deputado que mais bem representou a população no Congresso este ano. De acordo com a última parcial da votação dos internautas, divulgada às 15h04, Jean acumula 4.569 votos, apenas 14 a mais que Chico. Na parcial publicada ontem, a ordem era inversa: o líder do Psol na Câmara vencia a disputa com 26 votos de frente.

ENTRE AQUI PARA VOTAR

Jean Wyllys não conseguiu voltar à liderança na outra categoria em que despontava como o mais lembrado pelos internautas até o último fim de semana. Assim como ontem, a primeira colocação entre os parlamentares de futuro, aqueles com menos de 45 anos, segue com o petista Lindbergh Farias (RJ).

Nas demais categorias, não houve mudança na primeira posição. Cristovam Buarque (PDT-DF) lidera entre os melhores senadores. Chico também é o primeiro na defesa da democracia e da cidadania. Paulo Paim (PT-RS) é o mais votado na defesa do consumidor e na promoção da saúde. Wellington Dias (PT-PI) é o mais lembrado na defesa dos municípios. Alessandro Molon (PT-RJ) está na frente na defesa da segurança jurídica e da qualidade de vida. O internauta tem até o dia 9 de outubro para votar.

Veja quantos votos cada parlamentar acumula, segundo a última parcial (divulgada às 15h04 de 13/09/2011):

Melhores senadores
Cristovam Buarque (PDT-DF) – 6352
Eduardo Suplicy (PT-SP) - 5578
Lindbergh Farias (PT-RJ) – 4581
Paulo Paim (PT-RS) – 4270
Pedro Simon (PMDB-RS) – 3444
Demóstenes Torres (DEM-GO) – 3229
Randolfe Rodrigues (Psol-AP) – 2735
Ana Amélia (PP-RS) – 2565
Pedro Taques (PDT-MT) 2350
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) – 1936
Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) – 1898
Total de votos: 38938

Melhores deputados
Jean Wyllys (Psol-RJ) – 4569
Chico Alencar (Psol-RJ) – 4555
Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) – 3450
ACM Neto (DEM-BA) – 3390
Romário (PSB-RJ) – 3142
Ivan Valente (Psol-SP) – 2971
Luiza Erundina (PSB-SP) - 2947
Delegado Protógenes (PCdoB-SP) – 2677
Vicentinho (PT-SP) – 2457
Marco Maia (PT-RS) – 2393
Dr. Rosinha (PT-PR) – 2274
Erika Kokay (PT-DF) – 2117
Aldo Rebelo (PCdoB-SP) – 2084
Reguffe (PDT-DF) – 2020
Paulo Teixeira (PT-SP) – 2020
Miro Teixeira (PDT-RJ) – 1952
Henrique Fontana (PT-RS) – 1747
Jandira Feghali (PCdoB-RJ) 1744
Roberto Freire (PPS-SP) - 1582
Cândido Vaccarezza (PT-SP) – 1548
Mara Gabrili (PSDB-SP) – 1528
Carlos Sampaio (PSDB-SP) – 1500
Duarte Nogueira (PSDB-SP) – 1478
Domingos Dutra (PT-MA) – 1421
Alfredo Sirkis (PV-RJ) – 1301
Total de votos: 58867

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Pela terceira vez, Cristovam Buarque é eleito o melhor senador pelos jornalistas

Pela terceira vez, Cristovam Buarque é eleito o melhor senador pelos jornalistas

Eles representam sete partidos políticos, da base aliada e da oposição, sete estados diferentes e o Distrito Federal. São os 11 senadores que, na avaliação dos jornalistas, melhor exerceram o mandato este ano e que, por isso, disputarão o seu voto na disputa pelo título de melhor parlamentar na sexta edição do Prêmio Congresso em Foco. A classificação final será definida, aqui em nosso site, na votação que começa na próxima segunda-feira (22).

Pelo segundo ano consecutivo, os jornalistas que cobrem o Congresso elegeram Cristovam Buarque (PDT-DF) o melhor senador, com 108 votos. Ele também havia sido o preferido da categoria na votação de 2008. Pedro Simon (PMDB-RS), com 99 votos, e Paulo Paim (PT-RS), com 74, ficaram na segunda e na terceira colocações, respectivamente.

Além dos três, outros oito senadores seguem na corrida pelo prêmio, que tem como objetivo estimular o eleitor a acompanhar os trabalhos do Legislativo e a refletir sobre a atuação de cada parlamentar.

Uma peculiaridade dos resultados da votação dos jornalistas para os melhores senadores é o grande número de estreantes classificados para a etapa seguinte do prêmio. Dos 11 selecionados (houve empate na décima colocação), cinco chegaram ao Senado pela primeira vez neste ano: Pedro Taques (PDT-MT), Randolfe Rodrigues (Psol-AP), Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Ana Amélia (PP-RS) e Lindberg Farias (PT-RJ) – 35 votos

Veja a relação dos senadores finalistas do Prêmio Congresso em Foco 2011 e os votos de cada um:

Cristovam Buarque (PDT-DF) – 108 votos
Pedro Simon (PMDB-RS) – 99 votos
Paulo Paim (PT-RS) – 74 votos
Demóstenes Torres (DEM-GO) – 66 votos
Eduardo Suplicy (PT-SP) – 54 votos
Pedro Taques (PDT-MT) – 49 votos
Randolfe Rodrigues (Psol-AP) – 45 votos
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) – 43 votos
Ana Amélia (PP-RS) – 39 votos
Lindberg Farias (PT-RJ) – 35 votos
Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) – 35 votos

(Fonte: Congresso em Foco).

Nota deste blogger: Não existe o nome de nenhum dos 3 senadores do Estado do Pará.

Jornalistas elegem os 25 deputados federais que melhor representaram a população em 2011.

Começou mais uma etapa do Prêmio Congresso em Foco 2011. A primeira fase do prêmio contou com a participação de 267 jornalistas que atuam em Brasília cobrindo o Congresso. Estes jornalistas elegeram os 25 deputados federais que melhor representaram a população em 2011. A próxima fase começa nesta segunda-eira (22/08) e será aberta para votação do público.

A votação feita pelos jornalistas listou os 25 melhores deputados que poderão ser votados pelo público. O PT e o PCdoB foram os partidos que tiveram mais nomes eleitos nesta primeira fase. Enquanto o PT teve 8 deputados na lista, o PCdoB contou com 4 nomes (Manuela D´Ávila, Aldo Rebelo, Jandira Feghali e Protógenes Queiroz). Em seguida vem o PSDB (3), PSOL (3), PSB (2), PDT (2), DEM (1), PV (1) e PPS (1). Curiosamente o PMDB, que é o maior partido brasileiro, não contou com nenhum nome eleito para a lista.

Outra curiosidade da classificação diz respeito aos estados de origem dos deputados. Apesar de sua enorme bancada, Minas Gerais não conta com nenhum parlamentar na lista. São Paulo possui 11 parlamentares indicados, Rio de Janeiro 6, Rio Grande do Sul 3, Distrito Federal 2 e Paraná, Bahia e Maranhão contam com um nome cada.

Os 25 nomes irão agora para a votação do público no sítio do Congresso em Foco.

Segue abaixo a lista dos melhores deputados federais na opinião dos jornalistas.

Chico Alencar (Psol-RJ) – 120 votos
Reguffe (PDT-DF) – 118 votos
Jean Wyllys (Psol-RJ) – 74 votos
Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) – 65 votos
Aldo Rebelo (PCdoB-SP) – 41 votos
ACM Neto (DEM-BA) – 37 votos
Domingos Dutra (PT-MA) – 37 votos
Ivan Valente (Psol-SP) – 36 votos
Luiza Erundina (PSB-SP) – 32 votos
Romário (PSB-RJ) – 31 votos
Erika Kokay (PT-DF) – 24 votos
Cândido Vaccarezza (PT-SP) – 22 votos
Marco Maia (PT-RS) – 20 votos
Miro Teixeira (PDT-RJ) – 18 votos
Jandira Feghali (PCdoB-RJ) – 18 votos
Delegado Protógenes (PCdoB-SP) – 17 votos
Dr. Rosinha (PT-PR) – 16 votos
Duarte Nogueira (PSDB-SP)– 16 votos
Vicentinho (PT-SP) – 16 votos
Alfredo Sirkis (PV-RJ) – 15 votos
Henrique Fontana (PT-RS) – 14 votos
Carlos Sampaio (PSDB-SP) – 13 votos
Mara Gabrilli (PSDB-SP) – 12 votos
Paulo Teixeira (PT-SP) – 12 votos
Roberto Freire (PPS-SP) – 12 votos

(Fonte: Agência Brasil).

Nota deste blogger: Não existe o nome de nenhum deputado federal do Estado do Pará.

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 25 milhões amanhã

O concurso de número 1.320 da Mega-Sena, que será sorteado amanhã (17), deve pagar R$ 25 milhões para a aposta que acertar as seis dezenas, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal.

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 1.319, sorteadas na última quarta-feira (14), e o prêmio acumulou. Os números sorteados na ocasião, em Alegrete (RS), foram: 04 - 05 - 16 - 18 - 27 - 51.

Ao todo, 103 apostas acertaram a quina e devem levar R$ 17.148,38 cada uma. Outras 7.798 apostas levaram a quadra e ganharão R$ 323,57 cada uma.

A Mega-Sena realiza sorteios duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. As apostas devem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio. A aposta mínima --seis números--custa R$ 2. (Fonte: O Globo.com).

Os impostos de cada produto

Click na imagem para ampliar.

Jucepa seleciona tradutores e intérpretes

A Junta Comercial do Estado do Pará - Jucepa torna público para conhecimento dos interessados, que estarão abertas inscrições do Processo Seletivo para o Ofício de Tradutor Juramentado e Intérprete Comercial. O concurso será executado pelo Instituto Cidades, cabendo à coordenação, através da Comissão Executiva do Processo de Seleção Pública, telefone (85) 3312-1313. O Processo Seletivo de provas destina-se à habilitação de tradutor juramentado e intérprete comercial para os idiomas de alemão, árabe, mandarim, coreano, espanhol, francês, holandês, inglês, italiano, japonês, javanês, latim, polonês, russo e tcheco.

A inscrição será efetuada exclusivamente pela Internet, através do site www.institutocidades. org.br, até às 23h59min do dia 16 de outubro de 2011. O valor das inscrições para todos os idiomas será de R$ 150,00. O concurso terá prova oral e escrita. A escrita será aplicada na cidade de Belém-PA, no dia 20 de novembro de 2011 e a prova oral será previamente divulgada mediante Edital de Convocação. Os locais e horários de realização das provas serão divulgados posteriormente no site. (Diário do Pará)

Com nariz de 8,8 cm, turco mantém recorde de maior narigudo do mundo

Ozyurek mora na cidade de Artvin, na Turquia.

O turco Mehmet Ozyurek permanece como o maior narigudo do mundo. Ozyurek, que ostenta uma 'napa' de 8,8 centímetros, aparece na edição 2012 do Guinness, livro dos recordes, que foi lançada nesta semana. (Fonte: Portal ORM).

Turma mantém indenização a viúva de eletricista assassinado por desinstalar “gatos”

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu de recurso da Enecolpa Engenharia Eletrificação e Construção Ltda. contra condenação ao pagamento de indenização por dano material e moral à viúva de um eletricista assassinado por um morador da cidade de Pacajá (PA) inconformado com o desligamento da ligação clandestina de energia elétrica (gato) em sua casa. O relator do recurso de revista, ministro Walmir Oliveira da Costa, observou que, embora o crime tenha ocorrido fora do expediente, o trabalhador já sofrera diversas ameaças em razão de seu trabalho, e caberia à empresa zelar pela sua segurança.

O eletricista, de 26 anos, era empregado da Enecolpa, prestadora de serviços das Centrais Elétricas do Pará (Celpa). O homicídio aconteceu em agosto de 2007. No dia 30 daquele mês, a equipe de trabalho do eletricista retirou o “gato” constatado numa residência em Pacajá. À noite, quando saía de uma lanchonete na companhia do gerente da Celpa, dentro do carro da empresa, foi abordado pelo dono da casa, que perguntou se ele sabia quem cortou a ligação clandestina de sua casa. O eletricista respondeu que deveria ter sido a sua equipe, que trabalhara naquele dia em sua rua. O morador então disse “Então foi você”, sacou um revólver e disparou dois tiros no trabalhador, que morreu dois dias depois.

Sua companheira, mãe de seus três filhos pequenos, ajuizou reclamação trabalhista na 1ª Vara do Trabalho de Tucuruí (PA) com o pedido de indenização por danos materiais e morais. Alegou que, depois da morte do marido, passou a depender de favores de terceiros para a sobrevivência própria e dos filhos, e foi acometida de “verdadeiro pânico”. O valor pedido a título de danos materiais foi de R$ 370 mil, correspondente ao salário do eletricista até que completasse 65 anos. Pelo dano moral, pediu a quantia equivalente a 200 vezes o salário mínimo vigente, totalizando R$ 93 mil.

A Enecolpa, na contestação, sustentou a ausência de relação entre o crime e a função desempenhada pelo eletricista, afirmando que, no momento em que foi alvejado, ele não estava em horário de trabalho. Alegou ainda que a retirada do “gato” foi totalmente legal, sem configurar arbitrariedade por parte da empresa, e que não houve, de sua parte, qualquer ato contrário às normas de segurança do trabalho ou negligência. Para a empresa, o homicídio foi “uma fatalidade” a que qualquer pessoa está sujeita, não lhe cabendo, portanto, a obrigação de indenizar.

A juíza de primeiro grau acolheu a argumentação da Enecolpa e julgou o pedido da viúva totalmente improcedente. O Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (PA/AP), porém, ao julgar recurso ordinário, reformou a sentença e concedeu a indenização, condenando a Celpa subsidiariamente, na condição de tomadora do serviço.

O acórdão do Regional observa que, de acordo com os depoimentos das testemunhas, o eletricista e outros trabalhadores na mesma função sofriam várias ameaças pelo corte dos “gatos” numa região considerada perigosa. Para o TRT, a morte decorreu do serviço prestado pelas empresas, independentemente de ter ocorrido fora do expediente ou do local de trabalho – mas dentro de um veículo da empresa.

Assinala, também, que não havia provas de que as empresas tomassem efetivas medidas de segurança e proteção para seus trabalhadores nessa situação. “Embora a atividade de eletricista não seja exposta a riscos de violência, no caso os trabalhadores eram expostos a risco iminente, pois eram habitualmente ameaçados pelos consumidores que se sentiam lesados, e as empresas tinham ciência desse fato”, registra o acórdão. “Logo, cabia a elas garantir proteção à sua integridade física ou tentar minimizar os riscos de violência, o que não foi provado nos autos”, concluiu o Regional, fixando a indenização em R$ 265 mil por danos materiais e R$ 93 mil por danos morais.

A Enecolpa recorreu então ao TST questionando o reconhecimento de sua responsabilidade pela morte do empregado e reiterando a argumentação apresentada na defesa. Para a empresa, a decisão regional violaria o artigo 144 da Constituição da República, que atribui ao Estado o dever de garantir a segurança pública.

O ministro Walmir Oliveira da Costa, porém, considerou que a indicação de ofensa a esse dispositivo constitucional não era um argumento adequado para questionar a decisão do TRT, cujo fundamento foi o da omissão da empresa em adotar medidas efetivas de proteção e segurança de seu empregado diante das ameaças sofridas. Ele ressaltou que a condenação não significa atribuir à empresa a responsabilidade pela segurança pública – “que é incontroversamente dever do Estado” -, mas a incumbência de zelar pela segurança do trabalhador está prevista nos artigos 7º, inciso XXII, da Constituição e 157, inciso I, da CLT. (Fonte: Carmem Feijó/TST)

Dilma: 1ª mulher a abrir Assembleia da ONU

(Foto: Valter Campanato/ABr)

A dois dias da viagem para Nova York, onde a presidenta Dilma Rousseff fará o discurso de abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), uma intensa agenda internacional que inclui reuniões privadas com cinco presidentes e discussões que vão desde a crise econômica internacional até energia nuclear e os conflitos nos países muçulmanos aguarda a presidenta. Será a primeira vez que uma mulher fará o discurso de abertura da Assembleia Geral da ONU. Para diplomatas, é o principal evento internacional do ano.

Antes da abertura da assembleia, no dia 21, Dilma vai se reunir com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, na próxima terça-feira (20) à tarde. De acordo com assessores, será a continuidade das conversas que eles iniciaram em março, em Brasília. Depois da conversa, Dilma participa da reunião denominada Governo Aberto – que engloba 60 países que se dispõem a adotar medidas transparentes e de apoio conjunto.

Obama comandará a reunião do Governo Aberto. O tema da reunião que se refere às medidas de transparência foi proposto pelo presidente norte-americano. O porta-voz da Presidência da República, Rodrigo Baena, disse que a próxima reunião do grupo deve ocorrer no Brasil, em 2012. O tema está em discussão na Controladoria Geral da União (CGU).

Um dos temas que deverá ser mencionado na reunião, segundo assessores, é a questão dos conflitos no Norte da África e no Oriente Médio. A presidenta destacará a necessidade de respeito e preservação dos direitos humanos, do fim da repressão e da adoção de medidas que consolidem a democracia na região.

Paralelamente às reuniões conjuntas, Dilma tem conversas reservadas com os presidentes do México, Felipe Calderón, e da França, Nicolas Sarkozy, além de uma previsão de encontro com o nigeriano, Goodluck Jonathan. A presidenta tem ainda reunião agendada com o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron.

Depois dos acidentes radioativos, no Japão, em março, quando houve explosões e vazamentos na Usina Nuclear de Fukushima Daiichi, o assunto entrou na pauta da comunidade internacional. Dilma participará da reunião de alto nível sobre segurança nuclear. O objetivo da reunião, segundo o porta-voz, é desenvolver mecanismos de uso e exploração da energia nuclear com segurança.

Pelo menos seis ministros deverão acompanhar a presidenta na viagem aos Estados Unidos. Dilma seguirá na companhia dos ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota; da Saúde, Alexandre Padilha; do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; dos Esportes, Orlando Silva; da Comunicação, Helena Chagas, e dos Direitos Humanos, Maria do Rosário. (Fonte: Agência Brasil)

Wando e Peninha em dupla romântica


Wando e Peninha fazem show romântico em Natal

Eles são românticos demais, cada um do seu jeito. Wando e Peninha, dois expoentes da canção popular brasileira, juntam repertórios pela primeira vez em apresentação hoje, às 21h, no Teatro Riachuelo. Cada artista fará seu show em separado, sendo que para o final está prometida uma surpresa para fãs de ambos. Fogo e paixão em forma de música.

Wando vai trazer a sua experiência de cantor da noite para conduzir a apresentação desta quinta-feira. "Quem canta na noite possui um repertório muito variado, tem facilidade para cantar qualquer tipo de música de forma simples e de fácil compreensão", disse. A apresentação é baseada no último trabalho do músico, um acústico e ao vivo repleto de clássicos que todo mundo sabe cantar. No repertório estão Tom e Vinícius ("Eu sei que vou te amar"), o pop-rock de Lobão ("Me chama"), o sertanejo de Chitãozinho e Xororó ("Evidências"), José Augusto ("Sábado"), Elba ("De volta pro aconchego"), e várias de Lulu Santos, entre outras. Wando já afirmou que seu novo show é "sem preconceito, bom para ouvir, feito para todas as idades, cores e sexos." Desde o início fez uma opção clara pelo repertório romântico, que se reflete principalmente nas letras maliciosas, muitas delas com forte conteúdo sensual e erótico. Um bom exemplo é "Fogo e Paixão".

Peninha vem com um show acústico e intimista apropriadamente chamado de "Sonhos e Sucessos". "Vou cantar músicas que fiz e que fizeram sucesso na voz dos meus amigos, além de músicas que gosto de cantar desses artistas que cantam minhas músicas", disse. Peninha é autor de 200 composições gravadas por diversos cantores e recebeu vários prêmios em sua carreira. Entre seus clássicos estão "Sozinho", "Sonhos", "Alma Gêmea" e "Adoro Amar Você".

Serviço:
Wando e Peninha em noite romântica. Hoje, às 21h, no Teatro Riachuelo. Preço: R$ 100 e R$ 50. Vendas na Ótica Diniz (Midway Mall). Desconto para assintantes da TN: 50% à vista em dois ingressos inteiros individuais por assinante. (Fonte: Tribuna do Norte).

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Sucuri de 5,5 metros e 100 kg é capturada na Guiana

Uma equipe estava explorando as florestas tropicais da Guiana, quando encontrou o réptil monstro no rio Rewa. 'Sua força era incrível', disse o biologista Niall McCann, segundo a agência 'Barcroft Media'. (Fonte: G1.com).

Humor - Charge de Chico Caruso

Click na charge para ampliar.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Geddel é cotado para substituir Pedro Novais

A revelação de que manteve sua governanta por sete anos na folha de pagamento da Câmara comprometeu a situação de Pedro Novais no PMDB muito mais do que a Operação Voucher. Correligionários do ministro do Turismo alegam que, enquanto a ofensiva da PF dizia respeito a gestões anteriores da pasta, desta vez, não há como debitar o “malfeito” na conta de terceiros. Há no partido um clima de recriminação ao líder Henrique Alves (RN), responsável pela escolha e manutenção de Novais até hoje. Antes mesmo que o ministro levasse suas explicações ao Planalto, ontem já estava em curso a discussão sobre possíveis substitutos. O preferido da bancada para o Turismo é Marcelo Castro (PI), mas dá-se como certo que ele não resistiria a uma semana de noticiário. Há quem defenda procurar um peemedebista fora da Câmara, como Geddel Vieira Lima (Caixa) ou Moreira Franco (Fonte: Jornal do Brasil).

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Brasil torna-se mercado prioritário para grandes grupos estrangeiros

O cenário de relativa incerteza no Brasil não reduziu, porém, o apetite das gigantes estrangeiras - afinal, a situação nos países desenvolvidos não é cor de rosa. A mais ambiciosa das multinacionais é a europeia EADS, que já está no País desde a década de 70, mas agora se prepara para um salto. O grupo decidiu que, até 2020, 40% de sua receita (que deve chegar a 80 bilhões) terá que vir de fora da Europa. Hoje, esse porcentual está ao redor de 20%. Diante da mudança, o Brasil tornou-se prioridade. A Cassidian, uma das empresas do grupo, vai abrir no Brasil seu primeiro centro de engenharia fora da Europa e pretende desenvolver softwares de defesa e segurança voltados para os problemas enfrentados nos países emergentes. Alguns desses sistemas poderão ser usados não apenas na área de defesa, mas na segurança das cidades e de eventos, como a Copa do Mundo. "Agora, são os emergentes que podem ajudar a Europa em seus problemas. Os países europeus estão enfrentando uma violência que não existia antes, a exemplo dos carros queimados na França e do quebra-quebra nas ruas de Londres", diz Christian Gras, presidente da empresa no Brasil. (Fonte: O Estado de S.Paulo)

Leandro convoca jogadores para encarar o Goiás

Técnico Leandro Campos terá os desfalques de Marcus Vinícius, Bileu, Alessandro Lopes, Diego Barboza e Tiago Garça

A comissão técnica do ABC divulgou na manhã desta segunda-feira (12), após o recreativo realizado no CT, a relação com os jogadores convocados para o confronto diante do Goiás/GO, marcado para esta terça-feira (13), às 20h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO). O treinador Leandro Campos relacionou 19 atletas para a partida.

O técnico segue sem contar os zagueiros Tiago Garça e Alessandro Lopes e o meia Diego Barboza, todos entregues ao Departamento Médico, e com o volante Bileu, que segue intensificando os treinos físicos para recuperar o condicionamento. Leandro também não terá o volante Marcus Vinicius, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A novidade na relação é o retorno do volante Ricardo Oliveira, recuperado de uma lesão muscular.

Confira a relação completa:
Goleiros: Camilo e Welligton;

Laterais: Pio, Nêgo, Samuel e Renatinho Potiguar;

Zagueiros: Rafael Caldeira, Irineu e Leonardo;

Volantes: Esdras, Rômulo, Ricardo Oliveira e Makelelê;

Meias: Cascata e Chimba;

Atacantes: Leandrão, Lins, Éderson e Geílson.

(Com informações do site do ABC).

Nota deste blogger: Técnico Leandro Campos - já foi o treinador do Paysandu Sport Club de Belém do Pará.

Donos de bares do Machadão querem ser indenizados pelo poder público

Machadão será derrubado e donos de bares da praça esportiva cobram compensação por parte do poder público

Os proprietários dos bares que funcionavam no estádio Machadão não querem ficar no prejuízo. Depois de trabalharem no local por quase 40 anos, os comerciantes querem uma indenização do poder público, que fechou as portas da praça esportiva para a demolição e posterior construção da Arena das Dunas.

Na tarde desta segunda-feira (12), os proprietários de bares foram ao encontro do secretário especial da Copa, Demétrio Torres, para discutir a possibilidade de que o estado solucionasse o problema dos comerciantes. De acordo com os trabalhadores, são aproximadamente 300 famílias, entre proprietários e vendedores dos bares, que estão prejudicados com o fechamento dos estabelecimentos.

"O que nós queremos é trabalhar, que nos coloquem em um lugar para que a gente possa continuar ganhando o nosso sustento. Se não for possível, queremos ao menos uma indenização para diminuir o nosso problema", explicou Tarcício Carlos, um dos proprietários de bares.

De acordo com os comerciantes, os contratos para a exploração dos bares do Machadão eram anuais e os proprietários pagavam R$ 50 reais por mês para usar o espaço. No entanto, desde 2007 que os contratos não eram renovados porque a Prefeitura do Natal, de acordo com os comerciantes, pretendiam fazer uma licitação para os bares, o que não ocorreu até o fechamento definitivo do Machadão. Contudo, os proprietários dos bares têm a declaração por escrito de que poderiam continuar explorando o espaço até que a licitação saísse.

"Nós estávamos com a situação regularizada, mas não tiveram consideração com a gente e simplesmente fecharam sem dizer nada, só para tirarmos nossas coisas", informou outro proprietário, que pediu para ter o nome preservado.

Na conversa com Demétrio Torres, o secretário explicou que o Governo do Estado recebeu a administração da praça esportiva da Prefeitura do Natal com a garantia de que não havia pendências, inclusive com os donos de bares. Por isso, segundo os comerciantes, Torres orientou os comerciantes a procurarem a Prefeiutura do Natal para tratar da questão.

"Sempre é uma dificuldade para nós termos uma audiência na Prefeitura, mas vamos tentar. O que queremos é resolver a nossa situação", disse Tarcício carlos, que confirmou que o grupo de proprietários de bares já acionou a Justiça cobrando uma indenização. "Mas o que queremos é um acordo, que nos coloquem em algum lugar para trabalhar, porque sabemos que não vamos ter chances de continuar no novo estádio", concluiu.

A reportagem da Tribuna do Norte entrou em contato com o secretário adjunto da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer de Natal (Sejel), Bruno Costa, mas ele informou que era o titular da pasta, Rodrigo Cintra, que estava tratando diretamente sobre a questão do Machadão. A reportagem tentou o contato com o secretário para saber o posicionamento da Prefeitura, mas não obteve sucesso.

(Fonte: Tribuna do Norte).

Pará é o melhor do Brasil no basquete em cadeiras de Rodas

O time feminino do All Star Rodas Girls de basquete em cadeira de rodas manteve supremacia no Campeonato Brasileiro, que foi realizado em Belém. Ontem, o All Star conquistou pela décima vez o título de campeão da competição ao vencer da ADD Magic/Wheels/SP pelo placar de 98 a 24, depois de 43 a 15 no primeiro tempo. O jogo aconteceu no ginásio Nagib Matni, com arbitragem de Gláucio Molina (RJ), Paula Belian (PE) e André Alves (GO). No jogo preliminar, o Agembe All Star Grils venceu o Irefes do Esipirito Santo por 58 a 33.

O Campeonato começou no dia 7 e encerrou-se ontem com grande festa das paraenses em quadra. Sete times participaram da competição, sendo dois do Pará, dois de São Paulo, além do Distrito Federal, Espírito Santo e Ceará com uma equipe cada um. O Agembe All Star, também paraense, com cinco vitórias ficou em segundo lugar e o ADD Magic Wheels com quatro vitórias levou a medalha de bronze. Lia Maria, do All Star, foi a cestinha da competição com 175 pontos.

A presidente da CBB, Naise Pedrosa, ficou satisfeita com o nivel técnico do Campeonato. ‘’Foi uma boa competição, ressaltando que estavam em quadra todas jogadoras que irão representar o Brasil no Parapan de novembro, no México, e o All Star se prontificou como melhor time brasileiro feminino ganhando bem este campeonato’’, avaliou. Todos os elogios da vitória foram para o All Star Rodas Girls, do técnico Wilson Caju, que de forma modesta contou que as meninas mereceram o título devido o trabalho de preparação. ‘’As meninas treinaram muito. Não pararam nem nos feriados, então, fizeram por onde para merecer vencer o campeonato’’, disse Wilson, 55.

Débora, 22 anos, já participou de uma paraolímpiada e de um mundial paraolímpico. Mas é seu primeiro Parapan. Por isso, está bastante otimista com o sucesso da equipe paraense. ‘’Estou super feliz por ser campeã brasileira’’, diz. A equipe da All Star foi campeã com mérito reconhecido pela CBB.

RELAÇÃO DAS ATLETAS CONVOCADAS PARA O PARAPAN 2011
Andréa Cristina Santos Rosa Farias - 1.0 All Star Rodas / PA
Cintia Mariana Lopes De Carvalho - 1.0 All Star Rodas / PA
Rosália Ramos da Silva - 1.5 CAD/VETNIL/SMEL / SP
Cleonete de Nazaré Santos Reis - 2.0 All Star Rodas / PA
Naildes de Jesus Mafra - 2.0 All Star Rodas / PA
Lucicleia Costa e Costa - 2.5 All Star Rodas / PA
Ana Aurélia Mendes Rosa - 3.5 ADFIRV / GO
Débora Cristina Guimarães da Costa - 4.0 All Star Rodas / PA
Paola Klokler - 4.0 ADD/MAGIC WHELLS / BICBANCO / SP
Lia Maria Soares Martins - 4.5 All Star Rodas / PA
Vileide Brito De Almeida - 4.5 All Star Rodas / PA
Mônica F. Andrade Dos S. Silva - 4.5 CAD/VETNILL/SMEL / SP

COMISSÃO TÉCNICA:
Técnico: Wilson Cajú
Aux. Técnica: Yara Yul

(Fonte: Portal ORM).