terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Prazo para justificar ausência no segundo turno das Eleições 2010 termina dia 30 de dezembro

Justificativa Eleitoral

O eleitor que não votou nem justificou a ausência no segundo turno das Eleições 2010, ocorrido no último dia 31 de outubro, tem até o dia 30 de dezembro para apresentar Requerimento de Justificativa Eleitoral ao juiz da zona eleitoral onde está inscrito. Quem se encontrava no exterior no dia da eleição e não participou da votação para presidente da República também deve justificar sua ausência no máximo 30dias após o retorno ao Brasil.

Para obter o formulário de Requerimento de Justificativa Eleitoral, que é gratuito, basta que o eleitor se dirija a um dos cartórios eleitorais ou postos de atendimento ao eleitor ou, ainda, imprima o documento nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e dos tribunais regionais eleitorais (TREs) de cada estado. Depois de preenchido, o formulário deve ser endereçado ao juiz da respectiva zona eleitoral.

Na justificativa o eleitor precisa informar os seguintes dados: nome completo, data de nascimento, filiação, número do título eleitoral, endereço atual e o motivo da ausência à votação. Deve ainda ser apensada ao formulário uma cópia de documento oficial que comprove sua identidade. Se o requerimento for entregue com dados incorretos ou que não permitam a identificação do eleitor, não será considerado válido para justificar a ausência às urnas.

Os endereços dos cartórios eleitorais podem ser obtidos nas páginas dos TREs na internet, que podem ser acessadas aqui.

1° turno
O eleitor que não votou no primeiro turno, no dia 3 de outubro, nem justificou a ausência às urnas teve até o dia 2 de dezembro para apresentar o Requerimento de Justificativa Eleitoral ao juiz da zona eleitoral onde está inscrito. Vale lembrar que a ausência a cada turno do pleito deve ser fundamentada isoladamente.

Consequências para quem não justificar
Quem não apresentar a justificativa dentro do prazo, isto é, não regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral, deverá pagar multa de aproximadamente R$ 3,50. A não regularização acarretará impedimento para obtenção de passaporte ou carteira de identidade, recebimento de salários de função ou emprego público, participação em concorrência pública ou administrativa, obtenção de certos tipos de empréstimos e inscrição, investidura e nomeação em concurso público.

Também não poderá renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda, obter certidão de quitação eleitoral e obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Quem não votar em três votações consecutivas, não justificar sua ausência e não quitar a multa devida terá sua inscrição cancelada e, após seis anos, excluída do cadastro de eleitores. A regra não se aplica aos eleitores aos quais é garantido o voto facultativo – analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e maiores de 70 anos. Também não se aplica aos portadores de certos tipos de deficiência física ou mental que requererem sua justificação pelo não cumprimento daquelas obrigações.

Mais informações sobre a justificativa eleitoral podem ser obtidas no Portal da Justiça Eleitoral: www.justicaeleitoral.jus.br. (LC/TSE)

Lula anuncia 315 milhões para obras de saneamento no Pará

Governadora Ana Júlia e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de anúncio de novos investimentos do PAC para os estados

O Pará foi um dos estados selecionados para receber recursos do PAC 2. O governo federal vai destinar 315 milhões de reais para investimentos em obras de abastecimento de água nas cidades de Belém, Santarém, Marabá, Ananindeua, Castanhal, Breves, Marituba, Paragominas e Parauapebas.

A informação foi divulgada na cerimônia que anunciou os projetos aprovados para a 2ª versão do Programa de Aceleração do Crescimento - o PAC 2 - nas modalidades Social e Urbano, nesta segunda-feira (6), em Brasília. O evento reuniu centenas de autoridades, entre elas, a governadora Ana Júlia Carepa.

O eixo social e urbano obteve um aumento de recursos de 63% em relação à primeira edição do PAC. Agora consta de 13 temas, com ampliação da capacidade de investimento em infraestrutura urbana no país para ações de educação, saúde, segurança, esporte e lazer, desenvolvimento social, entre outros.

Durante a cerimônia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva alertou prefeitos e governadores que, caso queiram acessar recursos federais para obras em seus respectivos municípios e estados, têm de ir a Brasília com bons projetos e não com "choradeira".

Em discurso feito um pouco antes de Lula, a coordenadora do PAC, Miriam Belchior fez um balanço positivo da primeira edição do programa, que aumentou os investimentos públicos e privados em infraestrutura e deixou um importante legado ao País: a retomada do planejamento dos investimentos. "O PAC conseguiu cumprir todos os seus objetivos", disse ela.

Com Dilma, que coordenou o PAC por cinco anos, e Miriam (atual coordenadora), a discussão de projetos será muito mais proveitosa, afirmou Lula. As duas estão preparadas para discutir com prefeitos e governadores e fazerem as coisas fluírem melhor. "O PAC II é o aperfeiçoamento do PAC I, com muito mais dinheiro e recursos", disse Lula.

O presidente recomendou ainda que prefeitos e governadores dedicassem maior atenção à elaboração de projetos para conseguir recursos para obras do que a emendas parlamentares. "Tudo isso ajuda, mas se você quiser uma coisa estruturante, perca tempo fazendo projeto. Compensa", afirmou Lula.


(Com informações de Levi Menezes - Gabinete da Governadora Ana Júlia)

Democratas de Parauapebas deve ter em breve uma nova comissão proísória

Em poucos dias ou meses os Demoscratas (DEM) de Parauapebas pode ter uma nova comissão provisória.

A disputa pela atual legenda em Parauapebas é muito grande e já tem muitos políticos deste Município que não estão perdendo tempo e já fizeram contactos com várias lideranças estaduais e nacionais desta agremiação partidária.

SDI-1 decide sobre adicional de transferência de empregado do BB

Por maioria, a Seção I Especializada em Dissídios Individuais do Tribunal Superior do Trabalho (SDI-1) não considerou como “definitiva”, para pagamento de adicional de transferência, permanência por mais de dois anos de bancário em local de trabalho diferente do qual foi contratado. Para a SDI-1, “as sucessivas transferências” e a sua “pouca durabilidade”, no caso, confirmaram que os deslocamentos tiveram caráter provisório.

Essa decisão reformou julgamento anterior da Sétima Turma do TST, contrário ao pagamento do adicional de transferência, e restabeleceu o entendimento do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), favorável ao ex-empregado do Banco do Brasil S.A.

No caso, nos 24 anos de contrato de trabalho, o bancário foi transferido cinco vezes. As últimas transferências, referentes ao período não prescrito (ainda no prazo legal para reivindicar o adicional na Justiça), foram em agosto de 2002, da cidade de Ivaiporã para Grandes Rios (PR), e em fevereiro de 2005, para Paranacity (PR), onde permaneceu até o final do contrato, em julho de 2007.

Para o Tribunal Regional, confirmada a prestação de serviço em local diferente daquele onde ocorreu a contratação do bancário, seria devido o pagamento do adicional pretendido.

Inconformado, o banco recorreu ao Tribunal Superior do Trabalho, com a alegação de que as últimas transferências duraram mais de dois anos e, por isso, teriam caráter “definitivo” e não “provisório”. O banco citou a Orientação Jurisprudencial nº 113-SDI-1, segundo a qual, só é devido o pagamento do adicional quando a transferência é provisória.

Os argumentos do banco foram aceitos pela Sétima Turma do TST que retirou o adicional de transferência da condenação do processo. “Mostra-se evidente o caráter definitivo da transferência do reclamante para as cidades de Grandes Rios (PR) e Paranacity (PR), onde permaneceu até a dispensa”.

Quando julgou o recurso do trabalhador contra essa decisão, a ministra Maria de Assis Calssing, relatora do processo na SDI-1 do TST, inicialmente conheceu o recurso baseado em uma decisão anterior do ministro Barros Levenhagen, apresentada junto com o documento e o com o entendimento de que “não se pode considerar definitiva transferência que dure menos de três anos”.

Ao analisar o mérito do recurso, a SDI-1 entendeu que “a sucessividade das transferências, agregada a outros fatores, entre os quais se destacam a pouca durabilidade dos últimos deslocamentos e o local da rescisão diverso daquele previsto para a execução do contrato de trabalho, conduzem a ilação de que as transferências tiveram caráter provisório”.

(RR-71600-69.2008.5.09.0020) (Augusto Fontenele/TST)

domingo, 5 de dezembro de 2010

Uma história de sucesso

Noel Tavares, Valter Silveira, deputado estadual João Salame (PPS) e Magleano Baess que é o 1º da direita para esquerda da foto acima.

No ano 1983, deixaram sua terra natal Araguari, Minas Gerais, Magnon e sua família e foram para Arapoema no Estado do Tocantins, atraídos por terras doadas pelo Governo da época, que mantinha projeto de incentivo ao povoamento de área pouco habitada. Seu objetivo era começar com a criação de gado leiteiro, mas os sonhos eram maiores, então resolveram seguir para a região o Sul do Pará.

No ano de 1985 chegou no Sul do Pará, com muitos sonhos e projetos a realizar. O Sr Magno Coelho de Carvalho e sua esposa Eliane Costa Baesse Carvalho, e seus 03 (três) filhos, Magleano Baesse Carvalho, Maxlano Baesse Coelho Carvalho e Magno Coelho Baesse Carvalho, conhecida hoje como a família Carvalho e Baesse.

Na época Parauapebas e região, estavam em meio a um grande desenvolvimento, ofereciam de princípio, grandes oportunidades de investimento, tanto na pecuária, como no comercio, daí por diante começava uma trajetória de vida de sucesso.

No começo da década de 90 nasceu a empresa Carvalho & Baesse Ltda. (Cimag). Era uma pequena loja, distribuidora de cimento, com o decorrer do tempo foi crescendo e se expandiu significativamente se tornando a principal fornecedora de cimento da região.

Estando o ramo de material para construção e os negócios prosperando, logo veio a idéia de diversificar os investimentos, surgindo assim a Empresa “M. B. C. CONTRUÇÕES LTDA” do Grupo Cimag. Sua função é a Terraplenagem, Transportes e Locação de Equipamentos. Aí veio o 1º caminhão, a 1ª máquina: uma FB 80 retro escavadeira adquirida no ano de 1994 que tudo começou nesse ramo.

Já no ano de 2005, se destacou por ser a primeira empresa no sul do Pará, a possuir máquinas de última geração para obras de médio porte, conforme publicação da revista Na Obra nº18 da NEW HOLLAND. Investindo e se destacando pela qualidade e seriedade dos trabalhos desenvolvidos na região, sobre a administração de um jovem promissor - um dos filhos - o Sr Magleano Baesse Carvalho avançou com metas e objetivos maiores que os anteriores.

Hoje o Grupo Cimag, destaca-se pelo atendimento ao cliente, já se comporta como uma empresa de Grande porte, em qualidade, competência na conclusão dos serviços prestados, sem perder os princípios básicos que levou o grupo até aqui, que é a simplicidade e valorização do ser humano.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Carta de renúncia de Jader é lida no plenário da Câmara

Deputado Jader Barbalho (Foto: Agência Câmara)

Leitura é um dos passos da oficialização da renúncia do parlamentar.

Ele deixa o cargo após ter sua candidatura ao Senado barrada pela “ficha limpa”.

A carta de renúncia do deputado Jader Barbalho (PMDB-PA) foi lida no plenário da Câmara no início da sessão desta terça-feira (30). Coube à deputada Vanessa Graziotin (PC do B-AM), que presidia a sessão fazer a leitura.

O rito faz parte da oficialização da renúncia do parlamentar. Agora resta apenas a publicação da decisão, que deve acontecer nesta quarta-feira (1). Será convocada para assumir o cargo de deputada a suplente Ann Pontes (PMDB-PA).

O deputado federal Jader Barbalho (PMDB-PA) entrou nesta terça-feira com pedido de renúncia ao mandato na Câmara.

Ele se candidatou a senador pelo Pará neste ano, obteve os votos suficientes para se eleger, mas, com base na Lei da Ficha Limpa, teve a candidatura barrada em todas as instâncias, inclusive no Supremo Tribunal Federal (STF).

Barbalho foi barrado pela Lei da Ficha Limpa por ter renunciado em 2001 ao mandato de senador para escapar de um processo de cassação. Na ocasião, ele era investigado por supostos desvios de recursos no Banpará e na Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). Ele sempre negou as irregularidades.

Agora, ele atribui a renúncia ao mandato de deputado federal ao que chamou de uma "extravagante situação".

“Estou face à decisão do STF na extravagante situação de ser ao mesmo tempo elegível e inelegível”, afirma na carta de renúncia. O deputado reclama que o mesmo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o diplomou deputado em 2006 agora o considera inelegível com base em um fato anterior àquela data.

O G1 entrou em contato com o gabinete de Barbalho, mas os funcionários não souberam dar informações sobre a renúncia. Também procurou o deputado por meio de um telefone celular, que estava desligado.

O julgamento de Jader no Supremo foi permeado por um impasse. A votação terminou empatada em 5 a 5 sobre a aplicação da Lei da Ficha Limpa já nestas eleições. Posteriormente, no entanto, a maioria dos ministros entendeu que não houve maioria para derrubar a decisão do TSE que barrava Jader e, portanto, mantiveram o registro indeferido.

A carta de renúncia de Barbalho tem duas páginas e foi registrada em cartório ainda na segunda-feira (29), apesar de ter sido protocolada por dois assessores somente às 10h24 desta terça.

Nela, o deputado destaca o fato de ter recebido cerca de 1,8 milhões de votos na eleição para o Senado. Segundo ele, esses eleitores “rejeitaram a decisão do Tribunal Superior Eleitoral”, que decidiu pela inelegibilidade dele.

O parlamentar destaca que, o mesmo TSE que rejeitou a sua candidatura agora, o diplomou deputado em 2002 e 2006, já posteriormente à sua renúncia ao Senado. Barbalho, portanto, justifica a sua renúncia agora na Câmara como se fosse um protesto.

“Nada mais tenho a fazer na Câmara dos Deputados, já que para exercer o cargo tenho que ser um cidadão elegível, mas o TSE e o STF decidiram que, no momento, sou também inelegível e estou impedido de ocupar a cadeira para a qual fui eleito ao Senado Federal. Ambas as Casas Legislativas formam o Congresso Nacional. Portanto, fui declarado um cidadão híbrido, isto é, elegível para exercer o mandato de deputado federal e inelegível para o exercício do cargo de senador da República”, diz Barbalho.

Ele afirma ainda que vai retornar ao Pará e que acredita na “via judicial” para corrigir a “violência política” de que se considera vítima.

Segundo a Secretaria-geral da Câmara, a carta de renúncia tem de ser lida em sessão plenária para que a decisão seja definitiva. Isso deve ocorrer ainda nesta tarde. Para o lugar de Barbalho, será convocada a suplente Ann Pontes (PMDB-PA). (G1.com)

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Raimundo Cabeludo faz aniversário no dia 27 de novembro

Quem está aniversariando neste sábado (27) é o empresário de Comunicação que é Diretor da Rádio Arara Azul FM de Parauapebas Raimundo Cabeludo. Ele é um dos pretensos candidatos a prefeito em 2012 - pelo Partido Verde (PV) e tem realizado um amplo trabalho de cunho social nos bairros deste município.

Este blogger deseja um feliz aniversário ao aniversariante.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Senado aprova isenção fiscal para estádios da Copa de 2014

Ministro dos Esportes, Orlando Silva, visita obra da Arena Amazônia em Manaus. Crédito: Arnoldo Santos/Especial para Terra

O plenário do Senado Federal aprovou a medida provisória (MP) 497, que concede isenção de contribuições sociais e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de bens e serviços usados na modernização, construção, reforma e ampliação dos estádios que receberão jogos da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de 2014.

Os benefícios também serão destinados aos chamados "estádios de apoio" que servirão para treinamento das seleções durante as competições. O texto segue para sanção presidencial.

A estimativa é que o governo renuncie a um total de R$ 350 milhões em impostos com o incentivo fiscal - dinheiro que deixará de arrecadar com os incentivos fiscais e redução de impostos. Nesta conta não estão incluídas as desonerações dos estádios de apoio.

A renúncia fiscal será compensada pelo aumento da arrecadação decorrente da diminuição do redutor das alíquotas do Imposto de Importação para peças automotivas. Na MP aprovada nesta quarta, a alíquota redutora de 40% foi válida até 31 de agosto deste ano; o redutor de 30% vai valer até 30 de novembro; a redução de 20% será válida até 31 de maio do ano que vem.

O relatório aprovado determina que o governo encaminhe ao Congresso e publique a prestação de contas do Mundial até 1º de agosto de 2016. No documento, deverá ser especificado o valor total de recursos renunciados, o total de turistas estrangeiros que foram aos estádios assistir aos jogos, custo total das obras, empregos diretos e indiretos, entre outros dados.

A MP 497 também prevê isenção de PIS-Cofins para a empresa concessionária do Trem de Alta Velocidade (TAV), que ligará Campinas ao Rio de Janeiro, sobre a receita obtida com a venda de passagens.

O texto aprovado nesta quarta também determina regras mais claras para a aplicação de faixas de renda previstas na lei do programa Minha Casa, Minha Vida.

Pelo relatório, além da comprovação da renda, a concessão do financiamento habitacional deverá levar em consideração as políticas estaduais e municipais do setor e tempo de residência ou trabalho do candidato. (Jornal do Brasil)

STF permite à Receita acessar dados de empresa sem ordem judicial

Ministros Ricardo Lewandowski, Ayres Britto e Ellen Gracie (a partir da esquerda) durante sessão do STF nesta quarta (Foto: Carlos Humberto/SCO/STF)

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quarta-feira (24), por 6 votos a 4, liminar que impedia a Receita Federal de ter acesso, sem autorização judicial, aos dados bancários de uma empresa investigada pelo Fisco. A decisão, que pode servir de parâmetro para casos semelhantes que cheguem ao STF, só vale para investigações feitas pela própria Receita.

O julgamento desta quarta-feira envolvia uma empresa que mantinha, desde 2003, uma liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello para que seus dados bancários não fossem acessados pela Receita.

A liminar era baseada no artigo da Constituição que assegura a inviolabilidade do sigilo da correspondência, comunicações telegráficas, dados e comunicações telefônicas sem que haja ordem judicial.

Em seu voto, a ministra Ellen Gracie disse que o acesso de dados pela Receita não configura quebra de sigilo, mas "transferência de sigilo".

“Tratando-se do acesso do Fisco às movimentações bancárias de contribuinte, não há que se falar em vedação da exposição da vida privada ao domínio público, pois isso não ocorre. Os dados ou informações passam da instituição financeira ao Fisco, mantendo-se o sigilo que os preserva do conhecimento público”, disse.

Votaram pela derruba da liminar os ministros Joaquim Barbosa, Ayres Britto, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Carmen Lúcia Antunes Rocha e Ellen Gracie. Defenderam a manutenção da liminar os ministros Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Cezar Peluso.

(Do G1.com)

Crise no Faustão

oãoMiguel Júnior/Globo - Faustão durante apresentação do Domingão

Um empresário de bandas fez uma denúncia para a cúpula da Globo.

Disse que cobraram dele R$ 60 mil para um grupo musical se apresentar no Domingão do Faustão.

O assunto está sendo tratado de forma sigilosa na emissora, ninguém confirma nada.

Todo o núcleo musical do programa está em crise.

Às vezes, por causa de uma ou duas pessoas, uma equipe toda paga o pato.

O bicho está pegando...

Faustão não tem nada a ver com isso. Ele não concorda com esse tipo de coisa.

(Do R7.com)

Anglo American apresenta exemplos de boas práticas socioambientais

Patrocinadora Ouro da EXPOSIBRAM Amazônia 2010, a Anglo American apresenta em seu estande os casos bem-sucedidos de desenvolvimento sustentável trabalhados ao longo de mais de 30 anos de atividade mineradora no Brasil. A empresa tem operações instaladas em diversas localidades no país, sempre preocupada não apenas em preservar os recursos naturais nas regiões onde está presente, mas utilizá-los de forma racional e desenvolver ações que busquem melhorias efetivas na relação da indústria com o meio ambiente e a sociedade, prezando pelo envolvimento das comunidades que vivem próximas às suas instalações.

O Projeto Barro Alto, da Unidade de Negócio Níquel, é um exemplo de como aplicar boas práticas à mineração. Na planta será realizado o reuso total da água, que passará pelo circuito fechado de toda a operação -. A unidade conduz ainda estudos de viabilidade nas reservas de Jacaré (PA) e Morro Sem Boné (MS) A Anglo American Brasil está investindo US$ 1,8 bilhão no Projeto Barro Alto, em Goiás, para ampliar a produção de ferroníquel da empresa, que já conta com operações em Niquelândia, no mesmo Estado. O startup do Projeto deve acontecer no primeiro trimestre de 2011.

As obras de implantação do Projeto Minas-Rio, da unidade de Negócio Minério de Ferro do Brasil, também levam em conta as boas práticas ambientais. Exemplo é o cuidado na obra de implantação do mineroduto em passagens de rios. A Anglo American está utilizando a técnica construtiva de furos direcionais (HDD – Horizontal Directional Drilling) - que consiste na passagem da tubulação abaixo do leito do rio e que tem como principal vantagem a não agressão ao meio ambiente. O projeto Minas-Rio, é o maior investimento da Anglo American no mundo, com aportes de US$ 4,5 bilhões. Quando entrar em operação, o projeto terá capacidade de produzir 26,5 milhões de toneladas anuais de minério de ferro (pellet feed).

Além do projeto Minas-Rio, a Unidade de Negócio Minério de Ferro do Brasil também é formada pelo Sistema Amapá, em operação desde 2007. Neste ano, a empresa irá produzir 4 milhões de toneladas de minério de ferro. Atualmente, o faturamento da Anglo American representa 15% do PIB do Estado, e 65% das exportações do Amapá.

A sustentabilidade do negócio em operação é comprovado pela atuação da empresa no Amapá. Em 2009, a Anglo American investiu R$ 4 milhões em projetos socioambientais desenvolvidos no Estado. A empresa apoia 16 projetos sociais focados na educação e geração de renda, que beneficiam cerca de 7 mil pessoas na região.

(Fonte: IBRAM)

Dilma terá de frear o apetite do PMDB

Os obstáculos que a presidente eleita, Dilma Rousseff, enfrentou para escolher os responsáveis mais diretos pela política econômica do governo são pequenos perto do que está por vir, mostra matéria do Correio Braziliense. Na fase em curso, a de escolha dos ministros dos partidos combinada com aqueles cargos em que ela deseja nomear pessoas de sua estrita confiança, Dilma começa enfrentando resistência do PMDB, que não aceita ceder os ministérios das Comunicações e o da Saúde. Isso mesmo que os titulares cotados para as pastas sejam nomes ligados diretamente à presidente Dilma, como o chefe da transição, Antonio Palocci, e o atual ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha. Mas Dilma, por enquanto, não se mostra disposta a ceder. Ontem, por exemplo, ela se reuniu com o presidente do PSB, Eduardo Campos, considerado na transição como alguém que pode auxiliá-la na operação de enquadramento do PMDB. (Brasília em Tempo Real)

Lula diz que pode deixar para Dilma indicação de ministro para o STF

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (24) que poderá deixar a indicação do 11º ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) para a presidente eleita, Dilma Rousseff. O novo ministro ocupará a vaga deixada por Eros Grau, que se aposentou em agosto deste ano. Lula disse que conversou com o presidente do Congresso Nacional, José Sarney (PMDB-AP), para saber se há condições de que o indicado pelo presidente seja sabatinado antes do recesso legislativo, a partir de 17 de dezembro. "Se não for possível votar agora, prefiro deixar para a companheira Dilma indicar", disse o presidente em entrevista a blogueiros, concedida no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira. (Brasília em Tempo Real)

Campeão 2010: ABC de Natal conquista Campeonato da Série "C"

Em um jogo emocionante com todas as características de uma grande final, o ABC empatou com o Ituiutaba-MG em 0 a 0 na tarde deste sábado e se sagrou de forma inédita para o futebol do Rio Grande do Norte, campeão Brasileiro da Série C 2010.

O capitão alvinegro Ricardo Oliveira foi o responsável por erguer a taça de campeão. Após o jogo a imensa torcida alvinegra que lotou mais de 16 mil lugares do Frasqueirão foi às ruas comemorar o título junto com os jogadores e trio elétrico sem hora para acabar a festa.

A partida começou tensa e bastante disputada em lances divididos e passes errados. A melhor chance de gol do ABC foi aos 33 minutos, em cobrança de falta de Pio que raspou a trave de Luiz Henrique, mas o jogo foi para o intervalo em 0 a 0.

No segundo tempo o jogo continuou disputado e com muitas faltas até que aos 14 minutos, o lateral Ituiutaba Cláudio fez falta dura em Sueliton e recebeu cartão vermelho. Com um homem a mais, o ABC passou a pressionar em busca de abrir o placar, mas Jackson e Leandrão em chances consecutivas esbarraram no goleiro mineiro Luiz Henrique.

Aos 33 minutos, João Paulo entrou em campo e aos 40 minutos quase marcou o gol do títulomas a bola acertou a trave. Nos minutos finais a torcida alvinegra cantou o hino e começava a soltar o grito de campeão. Aos 48, o árbitro apitou o fim de jogo e o coro de “É campeão” ecoou no Frasqueirão e nas ruas de Natal.

Ficha Técnica:
ABC: Welligton, Suélinton, Leonardo, Tiago Garça e Renatinho Potiguar; Basílio, Ricardo Oliveira, Pio e Jackson; Cascata (João Paulo) e Leandrão

Ituiutaba: Luiz Henrique, Totonho, Ferron, Cléber Carioca, Stanley, Walison, Claudinei, Dê, Olívio; Gilsinho e Fabiano.
Gols:
Renda: R$ 369,890,00
Público: 16.735 torcedores

(Agora Esportes)

Quase 20 anos depois da demissão, trabalhador não perdeu direto de ação

Por unanimidade de votos, a Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho afastou a prescrição do pedido de indenização por danos morais e materiais decorrente de acidente de trabalho feito por ex-mestre cervejeiro da Ambev (Companhia de Bebidas das Américas) e determinou que o caso seja julgado pelo Tribunal do Trabalho do Rio de Janeiro (1ª Região).

O empregado alega que adquiriu doença profissional (alcoolismo) porque tinha a função de degustar a cerveja em todas as etapas de produção na empresa, e a doença equipara-se a acidente de trabalho para fins de ação de indenização. Sustenta ainda que, durante o seu contrato de trabalho, entre 05/01/1976 e 30/12/1991, a Ambev não tomou os cuidados necessários para evitar o problema.

Nessa fase, o relator do acórdão, ministro José Roberto Freire Pimenta, ao julgar o recurso de revista do empregado no TST, não analisou o direito do trabalhador à indenização, mas apenas se a ação tinha sido proposta dentro do prazo legal e merecia ser examinada pela Justiça. O ministro concluiu que o pedido do mestre cervejeiro não estava prescrito.

O juiz de primeiro grau tinha rejeitado a tese da prescrição, no entanto, considerou improcedente o pedido do trabalhador. O TRT, por outro lado, entendeu que o prazo de prescrição aplicável a créditos salariais era de até dois anos após o fim do contrato, conforme o artigo 7º, XXIX, da Constituição Federal. Para o Regional, portanto, o direito estava prescrito, na medida em que a ação havia sido ajuizada na Justiça Comum em 21/06/1999 - cerca de oito anos depois da demissão sem justa causa do empregado.

Durante o julgamento na Segunda Turma, o ministro José Roberto reconheceu que o processo diz respeito a dano de natureza trabalhista, proveniente da relação de emprego, e que, nessas situações, os prazos de prescrição estão previstos no artigo 7º, XXIX, da Constituição (de cinco anos até o limite de dois anos após o fim do contrato).

Contudo, o relator destacou que, na época em que a ação foi proposta na Justiça Comum (21/06/1999), estava em vigor o Código Civil de 1916, que estabelecia prazo prescricional de 20 anos. Além do mais, somente em janeiro de 2005 - data da entrada em vigor da Emenda Constitucional nº 45/2004 (que alterou o artigo 114, IV, da Constituição) - ficou expressamente estabelecida a competência da Justiça do Trabalho para apreciar e julgar “as ações de indenização por dano moral ou patrimonial, decorrentes da relação de trabalho”.

Segundo o ministro, antes da EC nº 45/2004 prevalecia o entendimento de que a competência para julgar pedidos de reparação de danos morais, inclusive aqueles decorrentes da relação de trabalho, era da Justiça Comum, logo também deve ser observada a prescrição prevista na lei civil – na hipótese, a prescrição vintenária do artigo 177 do Código Civil de 1916.

Mesmo que atualmente o processo esteja sendo julgado na Justiça do Trabalho, afirmou o relator, a segurança jurídica não pode sofrer abalos com a aplicação de uma regra criada posteriormente ao ajuizamento da ação na Justiça Comum e que seria contrária ao interesse do trabalhador. Por todas essas razões, o relator afastou a prescrição e garantiu ao empregado o direito de ter seu pedido analisado na Justiça do Trabalho.

Desde 1967, a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o alcoolismo uma doença e recomenda que o assunto seja tratado como problema de saúde pública pelos governos. No Brasil, de acordo com dados do Ministério do Trabalho e Emprego, o álcool contribui para 50% das faltas ao serviço e é responsável por 40% dos acidentes de trabalho.
(RR-7000-40.2006.5.01.0082) (Lilian Fonseca/TST)

Licença ambiental do projeto deverá ser emitida em breve e os trabalhos no projeto da mina devem ser iniciados em 2011

Licença ambiental do projeto deverá ser emitida em breve e os trabalhos no projeto da mina devem ser iniciados em 2011

A Vale cumpriu todas as exigências do Estado do Pará para obter o licenciamento para o seu projeto de minério de ferro de Serra Sul, disse nesta terça-feira a governadora do Estado, Ana Júlia Carepa. A licença ambiental do projeto deverá ser emitida em breve e os trabalhos no projeto da mina devem ser iniciados em 2011, informou a governadora, durante evento de mineração na capital do Estado. "Não há nenhum impedimento para a Vale prosseguir com o projeto.

O Pará precisa desenvolver o Serra Sul", destacou. O projeto, localizado na região de Carajás, atraiu críticas de alguns grupos ambientais, porque será desenvolvido em parte em uma área de preservação. O Serra Sul, com capacidade prevista para produzir 90 milhões de toneladas por ano, praticamente dobrará a produção de minério de ferro com alto teor da Vale. A mineradora também está expandindo a capacidade de produção da mina que já possui em Carajás, de 100 milhões para 130 milhões de toneladas por ano. As informações são da Dow Jones.

Nota deste blogger: Para os menos avisados o projeto localizado na região de Carajás - se encontra no Município de Parauapebas no Estado do Pará - que foi fundado no dia 10 de Maio de 1988 e que segundo o IBGE: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística tem aproximadamente 150 mil habitantes, todavia acho que esta contagem se encontra completamente furada, pois aqui resido desde o dia 3 de janeiro de 1993 e o movimento do nosso Município suplanta muito o de outros Municípios de vários Estados do Brasil - que apresentam um número muito maior do que existe na nossa realidade.

(Infomine Brasil)

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Café da manhã com lideranças em Canaã dos Carajás


Noel Tavares, Valter Silveira, João Salame e Magleano Baess
A convite do Partido Popular Socialista (PPS) de Canaã dos Carajás e o do deputado estadual João Salame (um dos oito que foram reeleitos para a próxima legislatura), foi oferecido café da manhã do último domingo (14) no salão social da Câmara Municipal de Canaã dos Carajás.

Além da presença do deputado Jõao Salame, estavam prestigiando o evento o presidente do PPS Municipal, Noel Tavares; o secretário Salaminho; a segunda secretária Michele; o vereador Ronilton Grilo; o presidente da Câmara eleito para o próximo biênio, Walter Diniz; e o convidado de Parauapebas Magleano Baess.

As conversas resumiram em apresentações e conversações para alianças visando as eleições municipais de 2012. Magleano manifestou seu desejo em colocar seu nome à disposição, momento em que o deputado e todo o PPS de Canaã se colocaram à disposição para participar das articulações.

Haverão outros encontros daqui por diante para aperfeiçoamento das alianças, prometeu Salame, que ficou entusiasmado com o perfil de Magleano Baess - que tem pretensão de ser candidato a prefeito de Parauapebas em 2012.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

NOMES DOS POSSÍVEIS CANDIDATOS A PREFEITOS DE PARAUAPEBAS EM 2012

O Município de Parauapebas com aproximadamente 150 mil habitantes, pode ter em 2012 o maior número de pretensos e possíveis candidatos a prefeitos em 2012, desde a sua fundação que aconteceu no dia 10 de maio de 1988.

Nomes dos pretensos candidatos a prefeitos em 2012:

01 - Candidato do prefeito Darci Lermen (PT) - nome ainda a ser definido;

02 - Valmir da Integral (PDT);

03 - José Rinaldo que tem pretensão de ser candidato pelo PSDB do governador Simão Jatene (PSDB);;

04 - Vereador Massud (PTB);

05 - Vereadora (o) Francis e Odilon (PMDB);

06 - Raimundo Cabeludo (PV);

07 - Magleano Baess atualmente filiado no PRTB, todavia busca novo partido;

08 - Alex do Novo Óleo (PR), que tem no nome do ex-deputado estadual Cláudio Almeida o seu maior aliado e coordenador político;

09 - Toizinho (PTdoB);

10 - Dr. Hipólito Reis (PSC);

11 - Dr. Charles Borges (PRB).

- Dos provavéis candidatos a prefeitos já mencionados - existem alguns que se encontram em plena atividade de visita a amigos e futuros coreligionários;

- Os nomes de Rui Vassourinha (PRB) e Josemir da Imobiliária - são fortes candidatos a vereador em 2012 - já que o número de vagas vai ter um aumento muito significante;

- Não podemos esquecer dos nomes da atual deputada federal Bel Mesquita (PMDB) e do vereador Faisal Salmen (PSDB) - que tiveram uma votação pequena em 2010 em Parauapebas, no entanto o apoio dos mesmos podem somar de forma significativa para qualquer candidato acima mencionado, já que os mesmos tiveram mais 14 mil votos só neste Município. Vale ainda informar que Faisal Salmen (PSDB) foi 1º prefeito de Parauapebas, deputada estadual por 8 (oito) anos e atualmente é vereador no 2º ano, enquanto que a atual deputada federal Bel Mesquita (PMDB) - já foi prefeita deste Município no período de 01 de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2004 ou seja a exatos 8 (oito) anos e que no 31 de dezembro de 2010 completa 4 (quatro) anos de deputada federal.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Lixão se transforma em aterro controlado e vira modelo para o estado

Projeto serve de piloto e vai ser adotado em outros municípios paraenses.

Urubus, insetos, sujeira pra todo lado. Se essa é a idéia que você faz de um aterro, é melhor começar a rever seus conceitos. Em Marabá, no Sudeste do estado, a realidade é bem diferente. Com uma população que ultrapassa a casa dos 200 mil habitantes, e em franca expansão devido à instalação de uma nova siderúrgica e outros projetos de infraestrutura, o município produz cerca de 130 toneladas de resíduos sólidos por dia. Até o começo do ano, todo esse lixo era depositado em área localizada em uma estrada vicinal, a pouco mais de 4 km da rodovia PA-150. A decomposição do material orgânico atraía urubus, o que representava um sério risco, já que o terreno fica próximo ao aeroporto da cidade.

"Quando eu assumi a prefeitura, essa área era um problema", conta Maurino Magalhães, prefeito de Marabá. "Havia mais de oito mil urubus rondando por aí". A partir de uma parceria entre a Prefeitura Municipal e a Fundação Vale, que investiu R$ 593,6 mil para contratação de empresa especializada, foi realizado um diagnóstico do sistema de limpeza urbana e um projeto para readequação e implantação do aterro.

Agora o lixo passa pelas etapas de compactação, drenagem do chorume - aquele líquido que é liberado na decomposição da matéria - e cobertura de terra. "Ainda não é um aterro sanitário", diz Bárbara Fechter, bióloga e consultora de sustentabilidade da Fundação Vale, "porque ainda não estamos tratando o chorume, nem os gases emitidos por esse lixo. Pode-se chamar de aterro controlado. Mas implantar essas outras etapas é a nossa meta e faz parte do projeto original", afirma.

Mesmo sem o projeto concluído, o local já é outro. Não há lixo à vista, o terreno é plano e os urubus voaram para longe. Mas para chegar à solução, foi realizado um estudo que mapeou toda a cidade, identificando, por exemplo, quantos caminhões operam na coleta e qual a periodicidade do trabalho. "Depois, foi engenharia pura", diz Bárbara. "A obra de um aterro é contínua e funciona 24 horas". Além disso, é preciso treinar os funcionários, pois o cuidado é necessário até na hora de o caminhão descarregar o que foi coletado. Por isso, cerca de 500 funcionários da limpeza urbana serão capacitados no próximo ano e outros 16 que trabalham no aterro já estão recebendo cursos de capacitação, com duração de um ano.

O projeto, considerado piloto, já serve de inspiração para iniciativas semelhantes que serão implantadas em Ourilândia do Norte e Tucumã, municípios vizinhos também no sudeste do estado. A intenção é que as cidades compartilhem a gestão de um mesmo aterro, que atenderia a população de ambas. A capacitação de mão-de-obra seria realizada em parceria com as Estações Conhecimento, outro projeto da Vale que já funciona na região, e oferece, além de cursos profissionalizantes, aulas gratuitas de esporte e atividades culturais para a população local. Atualmente, o novo projeto está em fase de licenciamento pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

Stephania Amorim (Gaby Comunicação)

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Aniversário do dono da noite: MC Lobato

Preparem-se para viver grandes emoções…Na maior festa da dance music!

Uma noite mágica, cenário magnífico, efeitos tridimensionais, show de iluminação, 3 top DJs, 3 bandas, e performace de poli dance. Numa mega produção cinematográfica…

VEM AÍ O ANIVERARIO DO DONO DA NOITE… Dia 19 de novembro sexta feira na pirâmide music.

ESTRELANDO:

1 – DJ Carol Ralchide do Rio Grande do sul.
2 – DJ Lú Cóche do rio grande do sul.
3 – DJ Michele ravésque de BH.
4 – Banda malicia do Pará.
5 – Dona Clotilde.
6 – Forrozão chocolate.
7 – E performance de poli dance com IVY CELVA do Rio De Janeiro!

Aniversário do M.C Lobato Bato..Bato o dono da noite…
Sexta 19 de novembro na pirâmide music!
Ingressos antecipados a 20 reais.
Essa festa vai ser bunitiiiiinhaaaaa…
Parabéns cultural: radio arara azul FM e zedudu.com.br

(Publicado no Blog do Zé Dudu)

Nota deste Blogger: M. C. Lobato Bato..Bato - deverá ser candidato a vereador em 2012 pelo Partido Verde (PV) do Raimundo Cabeludo e seguirá sem dúvida nenhuma os mesmos passos do comediante da Rede Record Tiririca (PR) que foi eleito o deputado federa mais votado do Brasil, quando obteve mais 1,3 milhão de votos no dia 3 de outubro de 2010. Com o jargão já conhecido de todos os ouvintes da Rádio Arara Azul FM: Que bonitinho - MC Lobato não está de brincadeira e deseja ocupar uma vaga na Câmara Municipal de Parauapebas - a partir do dia 1º de janeiro de 2013.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Bancário usado como refém em assalto ganha indenização por danos morais

O Banco Itaú deverá pagar indenização por danos morais a um ex-funcionário usado como refém em assalto à instituição. A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho reformou decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP) e condenou a empresa a pagar uma indenização de R$ 100 mil.

Segundo a petição inicial, em janeiro de 1999 o trabalhador, ao sair de sua residência em direção ao Itaú, foi abordado por criminosos que tinham conhecimento de sua condição de bancário.

Os criminosos, então, mantiveram a sua família em cativeiro enquanto obrigaram o bancário a dirigir-se à agência, onde, enfim, efetuaram o assalto. Devido ao trauma psicológico decorrente desse fato e por conta de constantes ameaças, o bancário e sua família tiveram que mudar de domicílio. Não bastasse isso, o bancário alegou que, após o evento, o gerente da agência acusou-o de forma injusta, com a seguinte frase: “se cuida, porque você entregou o dinheiro aos criminosos”.

Diante disso, o bancário, após sua dispensa, propôs ação trabalhista contra o Itaú, requerendo uma reparação por danos morais. O trabalhador alegou culpa do banco por não lhe ter oferecido condições de segurança, já que o alvo dos criminosos teria sido a instituição bancária e não ele, o trabalhador.

Ao analisar o pedido do bancário, o juízo de primeiro grau indeferiu o pagamento de indenização por danos morais. O juiz entendeu que o banco não deu causa ao evento e, além disso, prestou assistência necessária após o evento, o que afastava a responsabilidade da instituição nos supostos prejuízos morais ao bancário.

O trabalhador, então, recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP), alegando a responsabilidade objetiva da empresa no assalto, com base no artigo 927 do Código Civil de 2002, segundo o qual haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem (teoria do risco do empreendimento, que não depende de prova de culpa de quem deu causa ao evento ilícito).

O TRT, entretanto, discordou do bancário e manteve a sentença que indeferiu a indenização. Para o Regional, o fato narrado se equiparou a acidente de trabalho, cuja responsabilidade objetiva é do órgão previdenciário. A responsabilidade do empregador ocorreria apenas nos casos de dolo ou culpa (artigo 7°, XXXVIII da CF), aspecto não identificado no processo, conforme ressaltou o acórdão do TRT.

Inconformado, o bancário interpôs recurso de revista ao TST. O trabalhador alegou que o Itaú não comprovou ter tomado todas as medidas de segurança necessárias diante do risco inerente às atividades desempenhadas pelos bancários no manejo e guarda de moedas. Para o trabalhador, essa responsabilidade seria do banco, segundo a Lei n° 7.102/83, que trata da segurança em estabelecimentos financeiros.

O relator do recurso na Sexta Turma do TST, ministro Augusto César Leite de Carvalho, deu razão ao bancário e condenou a empresa a pagar uma reparação no valor de R$ 100 mil.

Segundo o ministro, o artigo 4° da Lei n° 7.102/83 atribuiu ao banco a responsabilidade pela segurança dos empregados e usuários da respectiva agência. Esse artigo estabeleceu que o transporte de numerário em montante superior a vinte mil Ufir, para suprimento ou recolhimento do movimento diário dos estabelecimentos financeiros, será obrigatoriamente efetuado em veículo especial da própria instituição ou de empresa especializada.

Portanto, destacou o ministro, existiu sim culpa do banco, pois o sistema de segurança mostrou-se falho, ao permitir que o trabalhador, na condição de refém, entrasse na agência, acompanhado por assaltante e lhe entregasse dinheiro. Além disso, ressaltou o relator, não fosse o trabalhador empregado do banco, não teria sofrido a situação vexatória à qual foi submetido.

Augusto César Leite de Carvalho destacou ainda que, embora não houvesse culpa do banco, haveria como condenar a instituição a uma reparação, com fundamento na responsabilidade objetiva do parágrafo único do artigo 927 do Código Civil.

Assim, a Sexta Turma, ao acompanhar o voto do relator, decidiu, por unanimidade, dar provimento ao recurso de revista do bancário e condenar o Itaú a pagar uma indenização por danos morais no valor de R$ 100 mil. (RR-112000-04.2002.5.02.0062)

(Alexandre Caxito/TST)

Segundinha do Parazão: definidos os confrontos da semifinal

O departamento técnico da Federação Paraense de Futebol realizou na tarde desta quinta-feira (11) os sorteios que definiram os confrontos da fase semifinal da segunda divisão do futebol paraense de 2010.

Na ocasião, também foram definidas a ordem, as datas e os horários destes confrontos. As duas equipes que se classificarem deste mata-mata estarão automaticamente garantidas na primeira fase do Paraense de 2011, que começará a partir do dia 01/12.

Tabela da terceira fase da segundinha

Grupo G
Dia 13/11 (sábado): Bragantino x Paraupaebas, às 16 horas, no Estádio Diogão (Bragança)

Dia 17/11 (quarta-feira): Parauapebas x Bragantino, às 19h30, no Estádio Rosenão (Parauapebas)

Grupo H
Dia 14/11 (domingo): Gavião Kyikatejé x Abaeté, 17 horas, no Estádio Zinho Oliveira (Marabá)

Dia 17/11 (quarta-feira): Abaeté x Gavião Kyikatejé, às 19h30, no Estádio Humberto Parente (Abaetetuba)

(Adilson Brasil – Rádio Clube do Pará)

Ciro Gomes é nome forte para assumir BNDES

Começa a ganhar força nas discussões da montagem do novo governo da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) a indicação do nome do deputado Ciro Gomes (PSB) para assumir a presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com uma fonte com acesso à Dilma, mesmo depois de ter sido alijado da disputa presidencial a pedido do presidente Lula, Ciro continuou um aliado fiel e no segundo turno atuou na coordenação política da campanha da petista. Por isso, deve ser contemplado com um cargo na nova administração. De acordo com esse interlocutor, a presidente eleita também acredita que Ciro possa dar uma contribuição ao setor, pois tem boa formação e pulso firme, qualidades consideradas necessárias para gerir o órgão. (Brasília em Tempo Real)

Definidos juiz e valores para os ingressos na finalíssima

Definido e esperando apenas o momento da bola rolar para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Brasileiro da Série C, o ABC conheceu ontem o nome do árbitro do confronto no estádio Parque do Sabiá. O paulista Luiz Flávio de Oliveira é quem comandará o confronto na cidade de Uberlândia/MG. Mas está não foi a única novidade do dia, já que a diretoria alvinegra também divulgou os nos valores do preço de ingressos para final da competição, marcada para o dia 20 de novembro, no Frasqueirão. As arquibancadas vão custar R$ 40,00 e as cadeiras R$ 100,00.

A majoração no preços dos ingressos, a segunda realizada num prazo de 30 dias, desagradou parte dos torcedores, que ainda assim prometem comparecer em bom número para presenciar este momento histórico para o clube e para o próprio futebol potiguar. O reajuste tem como justificativa a própria importância do evento, encarada pela diretoria como uma oportunidade diferenciada para o público, uma chance para os alvinegros fazerem parte de uma bela parte da história do clube.

“É o jogo mais importante da história do clube. Podemos ser campeões brasileiros. É uma oportunidade ímpar para a Frasqueira, que esteve participando desse novo momento do clube, fazendo o ABC muito forte, dentro e fora de campo. O preço do ingresso sofreu alteração nesse duelo, mas eu não tenho dúvida que a nossa Frasqueira vai corresponder lotando o Frasqueirão no sábado, dia 20”, ressaltou o presidente abecedista Rubens Guilherme. (Tribuna do Norte)

Visando final, ABC treina no Machadão

O ABC de Natal está preocupado com as dimensões do estádio João Havelange, onde ocorre a primeira partida da final do campeonato brasileiro da série C. Buscando a adaptação a um gramado com dimensões maiores, o alvinegro abriu mão de treinar no CT Alberi Ferreira de Matos e vai realizar um trabalho específico no Machadão, nesta quarta-feira (10).

O motivo da mudança é proporcionar aos jogadores uma melhor adaptação às dimensões do gramado, onde o ABC enfrenta o Ituiutaba no próximo sábado (13). O treinamento, inclusive, será o último da equipe em antes da viagem para Minas Gerais. (Tribuna do Norte)

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Dilma monta governo junto com Lula

A presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), terá um Ministério com a cara dela, mas vai discutir todas as escolhas com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Um dia depois das eleições, algumas certezas já circulavam entre auxiliares de Dilma e de Lula, entre elas os nomes que estarão no governo a partir de 1º de janeiro: o ex-ministro Antônio Palocci, o atual ministro Guido Mantega, o ministro Paulo Bernardo e Sergio Gabrielli, presidente da Petrobras. Palocci, porém, não deverá ter cargo dentro do Palácio do Planalto nem na equipe econômica. Lula e Dilma preferem o ex-ministro da Fazenda no Ministério da Saúde. Do grupo dos quatro, é praticamente certo que Gabrielli continue na Petrobras, pelo menos na primeira fase do governo, para concluir a criação da nova estatal do pré-sal. Já Paulo Bernardo e Guido Mantega não estão garantidos em suas pastas atuais, Planejamento e Fazenda, respectivamente. Paulo Bernardo é o preferido da dupla Lula-Dilma para a Casa Civil. (Brasília em Tempo Real)

Temer será coordenador político da transição do governo

Ricardo Stuckert/PR - vice-presidente eleito Michel Temer, ao lado de Dilma e do presidente Lula na noite da eleição

Equipe será liderada também pelos petistas Dutra, Palocci e Cardozo

A assessoria da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) informou nesta terça-feira (2) que o peemedebista Michel Temer (vice-presidente eleito), também fará parte da coordenação política da equipe de transição do governo presidencial. Ontem, já haviam sido confirmados os nomes de José Eduardo Dutra (presidente do PT) e dos deputados petistas Antônio Palocci e José Eduardo Cardozo.

De acordo com a nota, Dilma encaminhou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma lista dos nomes que deverão integrar a "equipe técnica" de transição. Após a homologação da eleição, que deve ser feita pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nos próximos dias, os nomes da equipe serão publicados no "Diário Oficial da União".

Ontem, Dutra e Palocci já haviam sido apontados pela imprensa como comandantes de transição. Hoje, além de oficializar esses dois nomes, Dilma divulgou ainda que Temer e Cardozo farão parte da coordenação do processo.

Durante a manhã e o início da tarde, ela participou de reunião com três desses quatro coordenadores - apenas Temer não estava presente -, em Brasília. Ainda não está prevista a reunião entre Dilma e o vice, que deve jantar hoje à noite com o presidente do PT.

Já Dilma deve conceder mais entrevistas a programas de TV pela noite. Amanhã, ela deve viajar para descansar por alguns dias. (Do R7.com)

Dilma encaminha ao presidente lista da equipe de transição

Dilma Rousseff definiu o nome dos 30 funcionários que farão a transição do governo Lula para o seu. Crédito: Agência Brasil

A presidenta eleita, Dilma Rousseff (PT), encaminhou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a relação de cerca de 30 pessoas que deverão integrar a equipe de transição. Não foram divulgados os nomes.

Conforme a lei, a equipe de transição será nomeada pelo presidente e publicada no Diário Oficial da União. O início dos trabalhos está previsto para a próxima segunda-feira (8).

A equipe será subordinada à coordenação política da transição, liderada pelo vice-presidente eleito Michel Temer (PMDB), e também formada pelo ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci; pelo presidente do PT, José Eduardo Dutra; e pelo secretário-geral do partido, José Eduardo Cardozo. Todos estão reunidos em Brasília, à exceção de Michel Temer.

Dilma Rousseff viaja amanhã (3) para Porto Alegre, onde vai descansar, e deverá voltar a Brasília no próximo fim de semana. (Agência Brasil)

LASANHA DO BAIANO TCHÊ

Sabores de lasanhas que estão sendo vendidas através da LASANHA DO BAIANO TCHÊ: Bolonhesa, Frango, Camarão e Presunto e Mussarela.

Molho será ao gosto do cliente.

As escomendas devem ser feitas através dos telefones: (94) 8153-9633 - falar com a Silvana e (94) 8148-4212 - falar com o Eduardo.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

VENDE-SE UMA CAMIONETA F-4000 ANO 2006


Ano 2006 - quitada e completa e com toda documentação regularizada. Falar com Iremar Araújo - Fone: (94) 9118-6450 e/ou através do e-mail: iremar2008@hotmail.com - preço - R$ 73.000,00 (Setenta e três mil reais).

domingo, 31 de outubro de 2010

Dilma vence e é eleita a primeira mulher presidente do Brasil

Agência Estado - Candidata de Lula, petista será a primeira mulher a governar o país

sábado, 30 de outubro de 2010

Auxiliar de enfermagem que teve mão esmagada ganha R$ 220 mil

A Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba terá que pagar a um auxiliar de enfermagem R$ 190.672,00 por danos materiais e R$ 30 mil por danos morais em virtude de acidente de trabalho sofrido nas dependências do hospital sob sua direção. A condenação foi mantida pela 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, após analisar recurso da entidade que reclamava do “severo valor arbitrado”.

O empregado foi admitido no hospital, inicialmente, como auxiliar de serviços gerais em 17 de novembro de 1997. Um ano depois passou a auxiliar de enfermagem, e ficou encarregado de cuidar dos doentes na UTI, com salário de R$ 495,00. No dia 17 de outubro de 2002, ao movimentar a cama hospitalar para facilitar a medição da pressão arterial de um paciente, teve a mão esquerda esmagada pelo equipamento que suspendia a perna do enfermo.

O auxiliar de enfermagem contou que foi hospitalizado e passou por mais de 15 cirurgias. Durante o tempo em que ficou internado, contraiu uma grave infecção hospitalar que quase causou-lhe a perda de todo o braço esquerdo, tendo atingido músculo e nervos da mão. Por conta disso, perdeu o movimento dos dedos e o tato. Na petição inicial afirmou que o acidente teve como causa a má conservação do aparelho de sustentação que desabou sobre sua mão. Pediu indenização por danos materiais, morais e estéticos. A empresa, em contestação, culpou o empregado por manusear “desajeitadamente” o equipamento.

A Vara do Trabalho de Curitiba, após produção de prova pericial e testemunhal que indicaram a má conservação do aparelho e a perda total do uso das mãos do trabalhador, condenou a empresa a pagar ao empregado R$ 193.708,00 por danos materiais e R$ 30 mil por danos morais e estéticos. O valor do dano material foi reduzido para R$ 190.672,00, em razão do recurso ao Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR).

Insatisfeita com a condenação imposta em Primeira Instância, a Sociedade Evangélica recorreu ao TST, sem sucesso. Questionou tanto a sua responsabilidade no acidente quanto o valor da condenação. O relator do acórdão, ministro Aloysio Corrêa da Veiga, destacou em seu voto que não há como admitir a violação de lei apontada pela empresa, tendo em vista que o TRT deixou claro o nexo causal entre as lesões sofridas pelo trabalhador e as atividades por ele desempenhadas, agravada com a contaminação por infecção hospitalar. Segundo ele, a responsabilidade civil imposta foi obtida por meio de prova pericial, testemunhal e documental.

Quanto ao valor da indenização, o ministro destacou que o valor a título de dano material foi definido de acordo com a importância do trabalho para o qual se inabilitou o trabalhador, de forma proporcional à redução constatada, e nos termos da Tabela para Cálculo da Indenização em Caso de Invalidez Permanente da SUSEP. “A avaliação do juízo a quo deve ser respeitada quando proferida dentro dos limites da razoabilidade. Qualquer tentativa de inviabilizá-la implica, necessariamente, novo exame de toda a situação fático-probatória dos autos, procedimento vedado por óbice da Súmula nº 126 do TST”, disse ele. Da mesma, foi mantido o valor da indenização por danos morais. A decisão da 6ª Turma foi unânime. RR - 9951000-08.2005.5.09.0001

(Cláudia Valente/TST)

Investimento de US$ 24 bi é "o maior da história da mineração", diz Vale

O presidente da mineradora Vale, Roger Agnelli, disse nesta quinta-feira que o montante de US$ 24 bilhões que a empresa pretende investir em 2011 constitui "o maior plano de investimentos da história da mineração".

De acordo com Agnelli, plano de investimentos da empresa realizado no ano passado também foi o maior do mundo para o setor.

A afirmação foi feita pelo executivo durante teleconferência em que comentou o resultado financeiro da companhia no terceiro trimestre.

Na quarta-feira, a Vale anunciou lucro líquido recorde de R$ 10,554 bilhões de julho a setembro, um salto de 253,4% frente aos R$ 2,987 bilhões apurados no mesmo trimestre de 2009.

"É o maior plano de investimentos da história da mineração. É recorde. Boa parte dos investimentos vão ser canalizados para o Brasil, destinados a logística", disse o executivo, que citou a intenção da companhia de duplicar a ferrovia de Carajás.

Ainda de acordo com Agnelli, o dinheiro para os investimentos sairá totalmente da geração de caixa da companhia.

Variação do dólar
Para Agnelli, as previsões da companhia para o mercado são positivas para os próximos 12 meses e uma das principais preocupações da Vale para executar os investimentos é o comportamento do câmbio que, ao mesmo tempo em que favorece a alta no preço dos minérios, aumenta o custo da produção.

"De um lado podemos ter o preço (das commodities caindo mas o custo caindo, de outro o preço subindo mas o custo subindo também", afirmou.

Plano de investimentos(
A Vale vai destinar a maior parte dos US$ 24 bilhões em investimentos previstos para o ano que vem na expansão de sua principal atividade: a extração de minério de ferro.

Conforme o orçamento aprovado para 2011, a área de minerais ferrosos deverá receber aportes de US$ 8,522 bilhões, ou 35,5% do total - seguindo uma meta do grupo em alcançar a produção de 522 milhões de toneladas de minério de ferro até 2015. Já em 2011, o plano é produzir 311 milhões de toneladas desse insumo.

Os investimentos da empresa ainda incluem US$ 1,588 bilhão para as operações de carvão e US$ 4,310 bilhões (18% do total) aos negócios em metais base, como níquel e cobre.

Em fertilizantes - a mais recente investida do grupo dentro da estratégia de diversificação do portfólio de produtos -, serão investidos US$ 2,505 bilhões, o que corresponde a 10,4% de tudo que será desembolsado no ano que vem.

"Outra área que pretendemos alavancar são os fertilizantes, porque acreditamos que o mundo vai precisar aumentar a produção de alimentos por hectares e consumir mais fertilizantes", afirma.

A Vale também planeja investir US$ 5,014 bilhões em logística e US$ 677 milhões na área de siderurgia. Outros US$ 794 milhões serão destinados a projetos em energia.

A empresa salientou o foco em crescimento orgânico, afirmando que 81,3% do orçamento será alocado para financiar pesquisa e desenvolvimento, projetos greenfield (novos) e brownfield (expansões), contra a média de 74,4% nesses itens nos últimos cinco anos.

A empresa espera que o ritmo de crescimento de produção atinja taxa anual de 16,3% entre 2011 e 2015, que seria superior aos 9,8% ao ano registrados entre 2003 e 2008.

A produção de minério de ferro, de longe o principal produto da empresa, poderá superar 500 milhões de toneladas por ano até 2015, de acordo com o comunicado. Na quarta-feira, a Vale anunciou resultados financeiros recordes no terceiro trimestre.
(G1.com)

Bush mandou derrubar aviões sequestrados no 11 de Setembro

Scott M. Lieberman/19.10.2010/AP - O ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush mandou a Força Aérea abater aviões sequestrados no 11 de Setembro, de acordo com livro

Livro de memórias do ex-presidente dos EUA deve ser publicado em novembro

O ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush mandou a Força Aérea derrubar qualquer avião sequestrado depois que as primeiras aeronaves de passageiros atingiram o World Trade Center, em Nova York, no dia 11 de setembro de 2001.

A revelação, parte das memórias do ex-presidente que serão publicadas no livro Decision Points (Pontos de Decisão), em novembro, vazou nesta sexta-feira (29), de acordo com o jornal britânico The Guardian.

Segundo o diário, Bush inicialmente pensou que o voo United Airlines 93, que havia sido sequestrado e caiu na Pensilvânia, fora abatido por caças da Força Aérea. Somente mais tarde o presidente soube que passageiros invadiram a cabine tomada pelos terroristas, que então derrubaram a aeronave.

De acordo com o Guardian, o livro de memórias de Bush começa com uma pergunta do presidente a si mesmo, sobre seus conhecidos problemas com bebida.

- Era uma questão simples: você consegue lembrar do último dia em que não bebeu?

Decision Points também aborda outras questões polêmicas, como a recusa de Bush em permitir pesquisas científicas com células tronco - posição reforçada após um encontro do ex-presidente com o papa João Paulo 2º.

Segundo uma fonte citada pelo site Drudge Report, o livro não traz críticas ao atual presidente, Barack Obama.

- Você vai encontrar um presidente [Bush] forte, amante da vida, e em paz com as decisões que tomou. (Do R7.com)

Aposta de Fortaleza (CE) leva prêmio de R$ 5 milhoões da Mega-Sena

Uma aposta feita na cidade de Fortaleza, no Ceará, acertou as seis dezenas do concurso 1.227 da Mega-Sena e vai levar R$ 5.445.377,96.

Os números sorteados neste sábado em Juazeiro do Norte (CE) foram: 04 - 28 - 30 - 31 - 35 - 54

Outros 463 bilhetes acertaram a quina e levarão R$ 3.588,23 cada um, enquanto os 5.301 acertadores da quadra vão ganhar R$ 447,71 cada um.

Quem quiser tentar a sorte no próximo concurso, sorteado na quarta-feira (3), deve fazer suas apostas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 2.

Segundo estimativa da Caixa Econômica Federal, o prêmio do concurso 1.228 deve ser de R$ 1,6 milhão. (Folha.com)

Salgueiro empata com ABC de Natal, no Arruda

ABC empata no Recife e decide vaga no final da série "C" no Frasqueirão em Natal - RN

O primeiro dos dois confrontos, que vai definir um dos finalistas da Série C 2010, terminou em 1x1

Em um jogo de dois tempos distintos, Salgueiro e ABC/RN empataram por 1 x 1 no Arruda, no primeiro dos dois confrontos que vai definir um dos finalistas da Série C 2010. A partida, que contou com boa presença de público – de ambos os times – teve um primeiro tempo digno de uma semifinal. No entanto, a partida esfriou na etapa final. O jogo de volta será disputado no próximo sábado, o estádio Frasqueirão, em Natal. A vantagem, no entanto, é potiguar, já que a regra do gol fora de casa está em vigor.

Apoiado pelo torcedor, que veio em bom número do Rio Grande do Norte, o ABC mostrou que não veio ao Recife em busca do empate. Logo no primeiro minuto, o lateral Suelinton cobrou falta da direita e encontrou o zagueiro Tiago Garça livre no segundo pau. O jogador ainda conseguiu dominar com a esquerda, mas bateu pra fora, assustando o goleiro Luciano. A resposta veio no lance seguinte, em lance semelhante. Rogério Rios cobrou falta da direita, na cabeça de Ney Carioca, que cabeceou para a defesa firme de Welligton, no centro do gol.

A partida continuou equilibrada, mas era o Salgueiro quem chegava com mais perigo ao gol adversário. No entanto, os sertanejos acabaram prejudicados por conta de uma decisão ruim do volante Paulinho, que estava substituindo o meia Clébson, que cumpriu suspensão. Aos 21 minutos, o lateral Renatinho, do ABC, arrancou pelo centro e foi derrubado por um carrinho violento do meia do Carcará, próximo ao círculo central. Cartão vermelho. Na cobrança, o meia Pio pegou errado na bola, que desviou no árbitro Arilson Bispo da Anunciação, mal posicionado, e sobrou livre para Jackson que girou e bateu sem chance para Luciano.

O Salgueiro sentiu a expulsão e o gol e passou a errar muitos passes. Ainda Assim, o Carcará chegou ao empate, aos 29. Depois de bate-rebate na zaga potiguar, a bola sobrou no pé do atacante Júnior Ferrim, que girou em cima do zagueiro Leonardo e bateu cruzado. Apesar de não ter sido um chute forte, o Welligton deu rebote e Jackson, desta vez o pernambucano, empurrou a bola para o gol, com um carrinho. O primeiro tempo seguiu com os dois times buscando o desempate, com uma leve vantagem para o Salgueiro.

Na volta do intervalo, no entanto, o ABC subiu com uma alteração e mais ligado. O atacante Éderson entrou na vaga de Leandrão, ex-Sport, dando mais mobilidade ao setor ofensivo alvinegro. A falta de entrosamento por conta das ausências do goleiro marcelo, do volante Rodolfo Potiguar e dos meias Edu Chiquita e Clebson – todos suspensos – se fez presente na etapa final. O jogo voltou a ficar mais equilibrado aos 22 minutos, quando o meia Pio recebeu o segundo cartão amarelo, depois de entrada dura em Jackson. Ainda assim, o Carcará não conseguiu repetir o bom desempenho observado no primeiro tempo.


Se, por um lado, o técnico Leandro Camilo fez alterações que deixaram o ABC mais conservador, Cícero Monteiro, sem opções de qualidade no banco de reservas, fez somente uma mudança. O jogo seguiu truncado no meio de campo,até o apito final. No jogo da volta, que será disputado no próximo sábado, em Natal, o ABC joga pelo empate por 0 x 0.

Ficha do jogo
Salgueiro – Luciano; Rogério Rios, Ney Carioca, Eridon e Serginho; Lismar, Pio, Paulinho e Jackson (Wendell); Fágner e Júnior Ferrim. Técnico; Cícero Monteiro.

ABC – Welligton; Suelinton, Tiago, Leonardo e Renatinho; Basílio, Ricardo liveira (Claudemir), Pio e Jackson (Bileu); João Paulo e Leandrão (Éderson).
Técnico: Leandro Campos.

Local: Arruda (Recife)
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA). Assistentes:Adaílton José de Jesus (BA) e José Raimundo Dias da Hora (BA).

Gols: Jackson (S) Jackson (A)

Cartões Amarelos: Júnior Ferrim, Serginho e Lismar (S) Pio, Leonardo e Bileu (A)

Cartão Vermelho: Paulinho (S) Pio (A)

Público: 5176
Renda: R$ 15.060,00
(Tribuna do Norte)

Lula leva 100 mil às ruas de Recife





Acompanhado do governador reeleito Eduardo Campos, Lula seguiu em carro aberto pelas ruas da capital pernambucana

Mais de 100 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, lotaram as ruas do Centro de Recife no início da noite desta sexta-feira para saudar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O que deveria ser uma caminhada silenciosa de apoio à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, se transformou em uma festa barulhenta de despedida para o presidente na capital do Estado onde nasceu e tem os melhores índices de aprovação.

Ensopado de chuva, Lula parecia emocionado.
A presença de pelo menos três orquestras de frevo e um bloco de maracatu, além do farto consumo de cerveja (vários ambulantes vendiam a bebida no local da concentração), transformaram o ato político numa espécie de carnaval fora de época.

Apesar da instalação de grades em alguns pontos da caminhada, na maior parte do tempo Lula estava em contato direto com a população e a toda hora se esticava para cumprimentar as pessoas. O general Gonçalves Dias, chefe da segurança presidencial, balançava a cabeça em sinal de desaprovação.

Para decepção de muitos militantes, ao chegar no Largo do Carmo, Lula apenas se despediu, entrou no carro e foi embora sem falar. Organizadores tiveram que explicar para os mais desapontados que a legislação eleitoral proíbe discursos nos dois últimos dias de campanha.

De Recife, Lula foi para Brasília. O presidente vai passar o sábado em São Bernardo do Campo, onde vota no domingo de manhã e depois volta a Brasília para acompanhar a apuração ao lado de Dilma.

Durante a caminhada, o cadeirante Antonio Carlos Pereira, não escondeu a emooção. “Mesmo com todas as dificuldades que um deficiente físico passa, estou aqui para prestigiar o presidente Lula. Sempre acompanhei a trajetória do Lula”. Pereira pontuou que a última caminhada do presidente em Pernambuco. “É com muita tristeza que vejo a saída do presidente, mas acredito que a força da mulher irá se fazer presente”.

Irene Freitas, representante do movimento LGBT no Recife, hasteava com bastante alegria a bandeira do movimento. Irene afirma que é com bastante satisfação que acompanha a caminhada do presidente. “Gosto muito do governo de Lula. Acredito que as questões do movimento LGBT foram bastante debatidas. Atualmente, a discussão dos homossexuais não está sendo tratada de maneira certa. Apenas queremos ser iguais”. Durante a caminhada, Irene afirma que o governo de Lula e agora, “se Deus quiser”, o governo de Dilma, tratará as questões dos homossexuais de maneira mais igualitária. “Estou aqui para dizer que o movimento LGBT apóia a candidata Dilma Rousseff”.

O estudante Francisco Shimada vê com bastante entusiasmo essa visita do presidente ao Recife. “Quero, no dia da posse, estar presente para ver os deputados federais, junto com o presidente Lula, entregando a faixa à primeira presidenta mulher do Brasil”. Shimada ainda afirma que desde 2002 acompanha os comícios e os atos públicos de Lula.

Durante o percurso, o presidente ouviu inúmeras declarações de apoio, ganhou presentes – como uma sombrinha de frevo e um chapéu de vaqueiro nas cores de Pernambuco – e um “Parabéns para Você” em razão do seu aniversário celebrado anteontem. (Último Segundo)

“Subimos a rampa juntos e vamos descer juntos”

Presidente Lula visita o vice-presidente José Alencar no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo (SP). Foto: Ricardo Stuckert/PR

Um pouco antes de embarcar para Recife (PE) ontem, o presidente Lula visitou o vice-presidente José Alencar no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde está internado desde segunda-feira (25/10). José Alencar tem câncer na região abdominal e já passou por 15 cirurgias – três delas no ano passado.

Emocionado, o presidente Lula garantiu ao amigo: “Nós subimos a rampa (do Palácio do Planalto) juntos e vamos descer juntos.”

Bispo divulga carta de apoio a Dilma

O bispo Dom Luiz Carlos Eccel, de Caçador, Santa Catarina, divulgou ontem, 29, uma carta de apoio à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, um dia depois que o papa Bento XVI pediu aos bispos que orientassem os fíéis para votar em candidatos "contra o aborto e a favor da vida". É o segundo texto de apoio a Dilma que o bispo divulga. O primeiro data do dia 12 de outubro. No texto divulgado na sexta, o bispo afirma que "o Santo Padre foi muito oportuno e feliz nas suas colocações", mas alerta para "facções sociais, políticas e religiosas" dentro da própria igreja que "estão manipulando o texto do papa, para justificar a sede do poder". Depois, Dom Luiz afirma que viu nos telejornais que tanto Dilma quanto o candidato tucano, José Serra, concordaram com o papa: "Ambos concordaram com as Palavras do Papa, dizendo que é missão dele exortar para uma vida coerente com os valores da fé e da moral, e que as palavras do Papa valem para todas as pessoas de fé, no mundo inteiro". (Brasília em Tempo Real)

Pesquisa CNT/Sensus mostra Dilma com 57,2% dos votos válidos e Serra com 42,8%

Brasília - Pesquisa CNT/Sensus divulgada hoje (30) aponta que a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 57,2% das intenções de votos válidos (não considera os votos nulos e em branco) e o candidato do PSDB, José Serra, com 42,8%.

Na pesquisa de intenções de votos totais, Dilma tem 50,3% e Serra, 37,6%. Brancos e nulos são 4,1%. O levantamento foi feito nos dias 28 e 29 de outubro e a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Os números mostram pequena oscilação em relação à pesquisa anterior, feita entre os dias 23 e 25 de outubro. Nela, Dilma tinha 58,6% dos votos válidos, contra 41,4% do candidato tucano.

Foram entrevistados 2 mil eleitores em 24 estados e 136 municípios. A pesquisa CNT/Sensus está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 37.919/2010. (Agência Brasil)

Comitê de Ana Júlia Carepa é alvo de atentado no Pará

Um dos comitês da campanha de reeleição da governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (PT), foi alvo de tiros durante a última madrugada. Não houve feridos.

Segundo sua assessoria, é a segunda vez nesta semana que a candidata é "violentamente atacada". A campanha atribui os incidentes a "adversários".

O prédio alvejado, que reúne apoiadores evangélicos de Ana Júlia, recebeu oito tiros, dados por pessoas de dentro de um carro. Um banner com o rosto da governadora foi atingido também. No momento (cerca de 3h da manhã), ninguém estava no comitê.

No primeiro turno eleitoral, uma vidraça de outro comitê havia sido quebrada por pedradas de motoqueiros.

O segundo ataque, disse a assessoria, aconteceu em Icoaraci (PA), ainda na segunda-feira, quando um "militante tucano" feriu, com bandeiras, duas militantes petistas, de 31 e 14 anos. Todos os casos são investigados pela Polícia Civil.

Em nota, a campanha "lamenta a violência" e "atribui as ações ao desespero dos adversários diante de uma virada eleitoral detectada por pesquisas internas". (Folha Online)

Ibope mostra Dilma com 56% dos votos válidos e Serra, 44%

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, tem 56% dos votos válidos, segundo pesquisa Ibope divulgada neste sábado. José Serra conta com 44% das intenções.

Na pesquisa divulgada na quinta-feira, a petista contava com 57% dos votos e o tucano, 43%.

Dilma chega ao dia da eleição com 55% das intenções de voto, aponta Datafolha.

Pelos votos totais, Dilma aparece com 52%, contra 40% de Serra. Brancos e nulos somam 5% e indecisos são 3%.

No levantamento anterior, a petista tinha 52% contra 39% do tucano. Brancos e nulos eram os mesmos 5% e indecisos, 4%.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo e jornal "O Estado de S. Paulo", foi realizada no dia 30 de outubro com 3.010 eleitores em 203 cidades. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 37.917/2010. (Uol.com)

É MUITO FÁCIL SER OPORTUNISTA

Em Parauapebas no Estado do Pará é muito fácil ser oportunista, pois no 1º turno das eleições - poucas pessoas estavam ao lado da Jatene (PSDB) - o vereador Faisal Salmen (PSDB) - o Dantas da Rua 14 e alguns empresários que gostam e amam a Baba da Macauba como diz o ex-vereador Wanterlor Bandeira (PT).

Agora no 2º turno e baseado nas intenções de votos - todos são Jatene (PSDB) - desde criacinha., como diz o meu amigo e jornalista Marcel Nogueira.

Para os menos avisados, vale informar que a atual deputada federal Bel Mesquita (PMDB), que teve em 2006 mais de 26 mil votos e que neste ano de 2010 teve exatos 9.044 votos em Parauapebas, ou seja 35% dos votos que conseguiu em 2006 e mais um pouco de 15 mil votos no Estado do Pará, enquanto que em 2006 a mencionada deputada federal teve mais de 44 mil votos. A mencionada deputada federal (PMDB) - já manteve conversa amistosa com Jatene (PSDB), como o vereador Faisal Salmen (PSDB) que teve exatos 5.526 votos em Parauapebas e 6.003 votos no Estado Pará - perdendo para Rui Vassourinho que teve 5.567 votos em Parauapebas e 6.200 votos no Estado do Pará ele já deve se encontrar conversando com a sua ex-exposa Bel Mesquita (PMDB) no intuito de dar um tremendo balão no atual presidente da ACIP José Rinaldo que já informou a vários amigos que também é candidato a prefeito em 2012 e diga-se de passagem quer ser pelo (PSDB) do Jatene.

Informo ainda, que o atual deputado federal Asdrubal Bentes (PMDB) - que foi eleito em 2006 com mais de 42 mil votos - teve mais de 85 mil votos em 2010 - ou seja mais de 102% em relação as eleições de 2006.

Informamos ainda, que em 2012 já existem os seguintes pré-candidatos a prefeitos em Parauapebas: Um candidato do atual prefeito Darci Lermen (PT) que ainda não decidiu que será o seu escolhido, embora tenha em Miltom Zimmer (PT) uma pessoa de sua confiança que foi eleito deputado estadual; Atual deputada federa Bel Mesquita (PMDB) que pode se transferir de MALA E CUIA para o PSDB; Empresários Magleano sem partido e Alex da Novo Óleo - que deve ter o apoio do ex-deputado estadual Cláudio Almeida (PR) - que teve uma votação fraca em Parauapebas; Empresário do ramo de comunicação Raimundo Cabeludo (PV) - que ficou fortalecido pela eleição no 1º turno de Siqueira Campos (PSDB) - do Estado do Tocantins que é seu amigo e ainda da filha do ex-presidente da República José Sarney (PMDB), que também elegeu a sua filha Roseana Sarney (PMDB) no 1º turno; Valmir da Integral (PDT) que teve a maior votação para deputada estadual de Parauapebas também é candidato a prefeito em 2012; O empresário José Rinaldo atual presidente da ACIP já informou aos seus amigos que é candidato a prefeito em 2012 e de preferência pelo partido do Jatene (PSDB); O vereador Massud (PTB) que teve uma boa votação para deputada federal também já lançou candidato a prefeito de Parauapebas; Os atuais vereadores Odilon e Francis Ângela ambos do PMDB - já informaram que também tem pretensão de ser candidato a prefeito em 2012: O Dr. Charles Borges (PRB) que teve uma boa votação em 2010 e o Dr. Hipólito Reis (PSC) - devem ser convidados para composição das eleições de 2012.

Como me informou um ex-vereador com exatos 16 (dezesseis) anos de mandato em Parauapebas - ele me disse que a atual deputada federal Bel Mesquita (PMDB) e o Rui Vassourinha (PRB) - são favoritos para eleição de vereador em 2012.

É MUITO FÁCIL SER OPORTUNISTA

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Ibope divulga número da pesquisa de voto para presidente da República

(Novos números de intenção de voto para presidente. A pesquisa feita pelo Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo. São variações mínimas.

Os institutos pesquisam a intenção de voto. E segundo o Ibope, Dilma Rousseff, do PT, mantém a vantagem sobre José Serra, do PSDB.

De uma pesquisa para a outra a oscilação foi de apenas um ponto percentual, sobre os votos totais. Para o Ibope, Dilma venceria se a eleição fosse hoje. Lembrando que a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Dilma Rousseff tinha 49%, foi para 51% e agora tem 52% das intenções de voto. Com a margem de erro, tem de 50% a 54%. José Serra tinha 43%, depois 40% e agora tem 39%. Com a margem de erro, tem de 37% a 41%.

Brancos e nulos somaram 5%. Indecisos, 4%. Veja, segundo o Ibope, os votos válidos, que excluem brancos, nulos e de eleitores indecisos:

Dilma Rousseff tinha 53%, foi para 56% e agora tem 57% dos votos válidos. Com a margem de erro, tem de 55% a 59%. José Serra tinha 47%, depois 44% e agora tem 43%. Com a margem de erro, tem de 41% a 45%. Na pesquisa encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo, o Ibope ouviu 3010 mil eleitores de anteontem até hoje.
(G1.com)

Show impedível de Stênio no Camon Drink´s

Início do show 21h00 e ingressos antecipados estão sendo vendidos a R$ 10,00 (Dez reais) nos seguintes postos de venda: Evinha Lanches, Droga Rio e Lanchonete Sintonia.

Realização: (HD Produções)

terça-feira, 26 de outubro de 2010

TSE concede direito de resposta a Dilma contra Serra

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral concedeu nesta terça-feira direito de resposta de um minuto à campanha da petista Dilma Rousseff no tempo de campanha do tucano José Serra, por ter reproduzido denúncias veiculadas pela imprensa contra o ex-diretor da Eletrobrás Valter Cardeal.

Reportagem publicada pela Folha mostrou que o irmão de Cardeal, um dos principais assessores da petista no setor elétrico, atua como negociador de projetos de energia eólica.

A propaganda usa o termo "escândalo" e liga os envolvidos no suposto esquema a candidata Dilma Rousseff.

O relator do caso, Joelson Dias, diz que "a propaganda eleitoral sugere ao telespectador o envolvimento da própria candidata com os ilícitos noticiados, o que consubstancia a relevância da fundamentação e, consequentemente, o deferimento da liminar reclamada".

O direito de resposta deverá se limitar a rebater o caso tratado pela campanha de José Serra e deverá ser veiculada na parte da noite.

Serra já conseguiu no TSE dois direitos de resposta contra a petista. (Folha.com)

País pode descer 'serra' abaixo, diz Dilma em Caruaru

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, fez um trocadilho com o nome do seu adversário e disse, nesta terça-feira (26), em rápido discurso em Caruaru (PE), que no próximo domingo --dia da eleição-- o eleitor escolherá entre "continuar o que está dando certo ou descer serra abaixo".

Da carroceria de um caminhão, a petista fez um rápido discurso em grande carreata promovida por seus aliados na cidade. Durante duas horas, a candidata percorreu as ruas da cidade e foi saudada por simpatizantes que lotaram as calçadas.

Pessoas acenaram para a candidata do alto dos prédios e jogaram papel picado na passagem do veículo. Um grupo lançou bolinhas de papel para o alto, em alusão à agressão sofrida pelo candidato do PSDB, José Serra, atingido na cabeça por uma delas durante campanha no Rio de Janeiro. Na ocasião, o tucano também foi atingido por um objeto mais pesado, possivelmente uma bobina de adesivo.

Acompanhada do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e de políticos do Estado, Dilma disse que se emocionou com a receptividade. "Aqui em Caruaru foi de tirar lágrimas, de comover o coração essa efusão, essa força, esse envolvimento da população", declarou.

Questionada sobre a reportagem publicada hoje pela Folha, que comprovou saber com antecedência do resultado de licitações para a construção de novos trechos do metrô paulistano, a candidata afirmou que não comentaria o caso naquele momento.

A candidata alegou que ainda tinha compromisso de campanha na Bahia. Disse que falaria sobre o assunto "com mais tempo" amanhã. (Folha.com)

Dilma tem 12 pontos de vantagem sobre Serra a cinco dias da eleição

Petista aparece com 56% dos votos válidos, contra 44% do adversário do PSDB

A candidata do PT à Presidência aparece 12 pontos à frente de José Serra (PSDB) a cindo dias do segundo turno. Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (26) mostra Dilma com 56% dos votos válidos, contra 44% de Serra – neste cenário, brancos e nulos são descartados. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Na contagem geral, a candidata do PT tem 49% e o tucano aparece com 38%. Brancos e nulos somam 5% e indecisos chegam a 8%, de acordo com a pesquisa. Com este resultado, Dilma seria eleita sucessora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na última sondagem do Datafolha, divulgada no dia 22 de outubro, Dilma aparecia com 12 pontos de vantagem sobre Serra: 56% contra 44% dos votos válidos.

A pesquisa mais recente de intenção de voto para a Presidência foi divulgada na segunda-feira (25) pelo Vox Populi. Ontem, o instituto apontou uma vantagem de 14 pontos para a petista, que aparecia com 57% dos votos válidos, contra 43% de Serra.

O Datafolha ouviu 4.020 eleitores nesta terça-feira. A sondagem foi feita a pedido do jornal Folha de S.Paulo e da Rede Globo. O registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) foi feito no dia 21 de outubro com o número 27.404/2010. (DoR7.com)

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Veja a agenda de Dilma e Serra para esta terça-feira

Dilma Rousseff (PT)
13h - Caminhada em Fortaleza.
16h - Carreata em Caruaru (PE)
19h - Comício em Vitória da Conquista (BA)

José Serra (PSDB)
14h30 - Visita obras do Maracanã, no Rio
19h - Comício em Caxias do Sul (RS)

(Da Folha.com)

Dilma abre 14 pontos sobre Serra a seis dias do segundo turno, diz Vox Populi

Faltando seis dias para o segundo turno das eleições, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, mantém a liderança e tem 14 pontos de vantagem na disputa contra José Serra (PSDB). Pesquisa Vox Populi divulgada nesta segunda-feira (25) mostra a petista com 57% das intenções de voto, contra 43% do adversário, considerando apenas os votos válidos. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual, para mais ou para menos.

Na sondagem geral, quando brancos e nulos são considerados, Dilma tem 49% da preferência do eleitorado, contra 38% de Serra. Brancos e nulos somam 6% e indecisos chegam a 7%, de acordo com a pesquisa.

Na última pesquisa do instituto Vox Populi, divulgada na última terça-feira (19), Dilma tinha 51% das intenções de voto, e Serra aparecia com 39%. Considerando apenas os votos válidos, a candidata obteve 57% da preferência, contra 43% do adversário.

No primeiro turno, Dilma teve 46,91% dos votos válidos – quando brancos e nulos são excluídos. Serra teve 32,61% e Marina Silva (PV) chegou a 19,33%, de acordo com a apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O Vox Populi ouviu 3.000 eleitores do dia 23 ao dia 24 de outubro. A sondagem foi feita a pedido do portal iG. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no dia 20 de outubro com o número 37.059/2010.

O segundo turno das eleições acontece no próximo domingo (31), quando 135 milhões de eleitores voltam às urnas. (DoR7.com)